conecte-se conosco


Cidades

Região noroeste capixaba ganha 3 escolas de tempo integral

Publicado

Águia Branca, Mantenópolis e Vila Pavão vão ter suas escolas de tempo integral a partir do ano que vem

A partir do ano letivo de 2020, os municípios de Águia Branca, Mantenópolis e Vila Pavão, na região noroeste capixaba passarão a contar com escolas em tempo integral. O anúncio foi feito nesta quinta-feira, 17, pelo governador Renato Casagrande. O governador e a Secretaria da Educação (Sedu), anunciaram ainda a implantação de novos modelos, como o Tempo Integral Rural e o Tempo Integral integrado ao Curso Técnico. Além disso, um segundo modelo de Tempo Integral, com carga horária de sete horas diárias, também será colocado em prática em escolas da Rede Pública Estadual.
Para 2020, serão 28 escolas com oferta de tempo integral, dez delas com carga horária de nove horas e meia, 15 com carga horária de sete horas e integrada ao curso técnico, e três escolas rurais, com carga horária de 9h30.
Havia a expectativa de que a Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Governador Lindenberg, em Barra de São Francisco fosse incluída no programa no ano que vem, mas segundo fontes do site ocontestado.com isso não será possível por se as reformas programadas não a tempo.
“Nós estamos dando um salto na oferta na educação de Tempo Integral no Espírito Santo. Em 2020 vamos abrir 28 novas escolas e neste ano abrimos quatro, então são 32 novas escolas e 11 mil novas matrículas em dois anos. É o mesmo número dos últimos quatro anos e isso mostra o nosso compromisso com o Tempo Integral. Acreditamos que o projeto que se estabelece na ampliação das unidades pode ampliar a qualidade, aumentando também as oportunidades, diminuindo a violência e reduzindo a desigualdade de renda. A educação é o instrumento para gerar oportunidades”, disse o governador.
Casagrande destacou ainda a ampliação do Ensino Técnico na Rede Estadual. “As novas escolas, em sua grande parte, vão ofertar o Ensino Técnico como oportunidade. Estamos buscando colocar essas escolas em regiões onde as pessoas mais necessitam, gerando assim oportunidades”, afirmou.
O secretário Vitor de Angelo reforçou que a ampliação do número de matrículas no Tempo Integral é uma meta do governo e também fez parte das premissas dos Planos Nacional e Estadual de Educação. “Assumimos o Governo com o percentual de matrículas nessa modalidade que não perfazia nem 8% do total, fazendo com que no 5º ano de vigência da meta, ou seja, metade do tempo, não tenha sido atingido a metade do objetivo final”, ponderou.
“Muitas das escolas que ofertam o Tempo Integral atualmente estão com ociosidade de matrículas e pouco aproveitamento dos espaços físicos. Dessa forma, entendemos propício expandir a oferta de educação em Tempo Integral pensando em outros modelos que poderiam atender a um número maior de estudantes, inseridos em diferentes contextos”, justificou o secretário. As 36 escolas estaduais que hoje já ofertam educação em Tempo Integral, permanecem como estão, com carga horária de nove horas e meia.
Vitor de Angelo lembrou que recentemente a Sedu recebeu um parecer do Tribunal de Contas do Estado (TCE-ES), destacando que houve favorecimento das unidades escolares que ofertavam tempo integral no momento de implantação da educação em tempo integral nas escolas, gerando prejuízo para as demais. De acordo com o relatório, houve desigualdade na distribuição de recursos no que tange o investimento de infraestrutura, corpo docente e equipes de gestão.
O secretário de Educação destacou também que nas unidades em que forem oferecidos o Curso Integral integrado ao Curso Técnico, com carga horária de sete horas, também será possível o funcionamento do turno parcial no período matutino. O mesmo ocorrerá nas unidades onde serão ofertados o Tempo Integral com a carga horária de nove horas e meia, na medida que haverá a possibilidade de funcionamento da Educação para Jovens e Adultos (EJA) no período noturno.
Os Centros Estaduais Integrados de Educação Rural já ofertavam há muitos anos Educação em Tempo Integral. No entanto, não foram considerados como escolas com oferta de Tempo Integral e, portanto, não foram contemplados com melhorias e atenção da equipe de coordenação do Tempo Integral. Por isso, a partir de 2020, as unidades farão parte da oferta de Tempo Integral da Rede Estadual de Educação no modelo de carga horária de nove horas e meia.

Integral Integrado ao Técnico
Um dos destaques do anúncio desta quinta, segundo o secretário, é a oferta do Tempo Integral integrado ao Curso Técnico. “Hoje temos somente uma escola que oferta o técnico, em Anchieta. Vamos expandir essa oferta para atender um número maior de alunos que tenham o interesse de sair do Ensino Médio já com qualificação técnica”, garantiu. Serão 17 novas escolas para esta modalidade de ensino. Além das 15 unidades de sete horas, temos Baixo Guandu e Liceu Muniz Freire, em Cachoeiro de Itapemirim, que também ofertarão.

Dedicação exclusiva
Priorizando a equidade da Rede Estadual de Educação e entendendo que o investimento deve ser equânime em todas as escolas, os recursos investidos atualmente na remuneração dos professores das atuais escolas em Tempo Integral, pela dedicação exclusiva, serão transferidos, de forma a garantir que não só as escolas de tipologia I (de maior porte), como todas as que ofertam Integral, sejam contemplados com equipe gestora composta por diretor, coordenador pedagógico e coordenador administrativo, financeiro e de secretaria; e que também permite que os diretores que hoje trabalham mais de 25h tenham a possibilidade de extensão de sua carga horária até 40h.
Os professores permanecerão no modelo integral no turno que oferta Educação em Tempo Integral. Para aqueles que possuírem dois vínculos, totalizando 50h, não será mais necessária a desconsideração de um dos vínculos, sendo possível a extensão da carga horária restante em outro turno ou escola.
A Sedu esclarece que o número de vagas abertas por unidade de ensino, as modalidades dos cursos técnicos e outros detalhamentos serão divulgados assim que for definida a data da chamada pública 2020. (Weber Andrade com Secom/ES)

Novas escolas integrais na região
CEIER DE ÁGUIA BRANCA
EEEFM JOB PIMENTEL/MANTENÓPOLIS
CEIER DE VILA PAVÃO/VILA PAVÃO

Como é em 2019
– 36 escolas de Tempo Integral com turno único de nove horas e meia;
– 11.265 alunos atendidos pela oferta de Tempo Integral em 27 municípios;
– As equipes gestoras das Escolas de Tempo Integral possuem quatro profissionais com funções gratificadas: um diretor, um coordenador Pedagógico, um coordenador Administrativo/Financeiro e um Coordenador de Secretaria;
– No modelo atual, os alunos das Escolas de Tempo Integral que ofertam o Ensino Fundamental ou Médio permanecem na unidade de 7h30 às 17h e recebem três refeições;
– Hoje, os diretores das Unidades de Tempo Integral, bem como os coordenadores Pedagógicos, recebem o salário base, uma dedicação exclusiva de 100% das 25hs e uma gratificação. Os professores recebem o salário base, 40% por dedicação exclusiva sobre este valor e extensão de carga horária para 40horas. Já o coordenador Administrativo/Financeiro e o coordenador de Secretaria recebem o salário base de agente de suporte educacional de 40h, acrescido de gratificação.

Como ficará em 2020
– 64 Escolas de Tempo Integral, sendo 46 com carga horária de nove horas e meia, das quais 03 Integradas ao Curso Técnico (carga horária de nove horas e meia); 15 Integradas ao Curso Técnico (carga horária de sete horas); 03 de Tempo Integral Rural (carga horária de nove horas e meia), e previsão de oferta de 11.450 novas vagas pela oferta de Tempo Integral em 34 municípios;
– Além das Escolas de Tempo Integral, as de Tempo Parcial com Tipologia I (de maior porte), terão Equipe Gestora, composta por: um diretor e as funções gratificadas de coordenador Pedagógico, coordenador Administrativo, de Secretaria e Financeiro;
– Para os alunos que optarem pela modalidade de Ensino Médio integral Integrado ao curso técnico, com a carga horária de sete horas diárias, a permanência na unidade de ensino será de 13h às 20h, com duas refeições. Os que optarem pelo Tempo Integral com a carga horária de nove horas e meia, a permanência na unidade será 7h30 às 17h com três refeições;
– O diretor com um vínculo que trabalhar em mais de um turno terá a extensão da sua carga horária para 40h. A extensão também vale para os que atuam nas escolas de tempo parcial.

Leia mais:  Antônio Joaquim de Souza Neto 'Toninho' completa 50 anos de cooperado da COOABRIEL
publicidade

Cidades

VIDEOS I Três pescadores do barco “Petrel” são localizados em Aracruz; um segue desaparecido

Publicado

Embarcação pesqueira estava desaparecida na altura de Vila Velha e à deriva no mar do Espírito Santo desde a última quinta-feira (13)

Três pescadores do barco “Petrel”, que estava desaparecido desde a última quinta-feira (13), foram resgatados na reserva ambiental de Comboios, em Barra do Riacho, Aracruz. A embarcação pesqueira havia apresentado problemas técnicos perto da costa de Vila Velha. Um quarto tripulante segue desaparecido.

Os três pescadores estão sendo atendidos em um hospital de Aracruz, e segundo informações da Capitania dos Portos de Vitória, eles passam bem. 

“Fisicamente eles estão bem. Estão desidratados devido ao período que ficaram expostos, mas não tiveram nada grave”, adiantou o Capitão de Mar e Guerra da Capitania dos Portos, Washington Luiz. 

A expectativa é que após o atendimento médico, os tripulantes serão encaminhados para Vitória para prestar depoimento sobre o acidente. 

Em conversa com o Capitão Washington Luiz, sobre a operação de resgates dos tripulantes.

Segundo ele, uma equipe de fiscalização do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMbio) realizava um patrulhamento rotineiro na reserva de Comboios, em Aracruz, quando viram a embarcação “emborcado”, ou seja, de “cabeça para baixo”.

“Nós tivemos a disseminação do rádio para comunidade marítima, e isso é muito importante. Essa disseminação alertou todos os pescadores da área que conseguiram localizar a embarcação”, explicou Washington. 

Embarcação apresentava problemas técnicos

A Capitania dos Portos informou que a embarcação comunicou sobre problemas técnicos quando estava a 18 km de distância da praia de Itapoã, em Vila Velha, no dia 13 de maio. 

Foram feitas buscas durante dois dias com duas embarcações e houve ainda a participação do helicóptero do Núcleo de Operações e Transporte Aéreo da Secretaria da Casa Militar (Notaer -ES). Até uma embarcação de Macaé, no litoral do Rio de Janeiro, chegou a ser deslocada nessas buscas. 

Fonte: Folha Vitória.

Leia mais:  Palestra sobre venda em mídias sociais acontece para empreendedores de MG e do ES
Continue lendo

Cidades

Banestes lança pacote promocional com condições especiais de crédito e serviços para servidores públicos

Publicado

As ofertas incluem anuidade grátis para cartões Visa, descontos em seguros e taxas de juros com descontos de até 40% no crédito

O Banestes anunciou a disponibilização de um pacote especial, com condições ainda mais atrativas em seus produtos de crédito, cartões e soluções em seguros, para todos os clientes da categoria servidores públicos, tanto municipais quanto estaduais e federais.

“Como o banco do Espírito Santo, o Banestes já tem como tradição o atendimento personalizado em todo o Estado e também a oferta de produtos com condições diferenciadas a todos os capixabas. Neste momento, queremos fortalecer ainda mais o vínculo com nossos clientes servidores públicos que, sem dúvida, encontram no banco estadual as melhores possibilidades de negócios. É dessa forma que alavancamos o desenvolvimento econômico do Espírito Santo”, destaca o diretor-presidente do Banestes, José Amarildo Casagrande.

Dentre as ofertas, estão disponíveis a isenção de uma anuidade dos cartões Banestes Visa, sendo o Visa Platinum o de melhor programa de pontuação do Brasil; descontos de até 20% em seguros; e créditos com descontos de até 40% nas categorias crédito pessoal, para financiamento de veículos, consignado, portabilidade de consignado e de antecipação da restituição do Imposto de Renda (IR).

Confira – Condições especiais do Banestes para Servidores Públicos:

·        Cartões Banestes Visa:

– Anuidade grátis por um ano para os cartões Banestes Visa (tanto para upgrade quanto para novo cartão).

– Cartão Visa Platinum: melhor programa de pontos do mercado.

·        Seguros Banestes:

– 20% de desconto no seguro residencial durante um (01) ano.

– 10% de desconto na contratação do seguro auto.

·        Crédito Pessoal:

– Prazo de até 60 meses, com taxas a partir de 0,79% ao mês.

·        Financiamento de Veículos:

– Prazo de até 60 meses, com taxas a partir de 0,49% ao mês.

·        Crédito Consignado:

– Prazo de até 96 meses, com taxas a partir de 0,99% ao mês.

– Modalidade de Portabilidade de Crédito Consignado disponível. O cliente pode trazer o crédito contratado em outra instituição financeira e obter redução nas taxas de juros.

·        Rest-renda Banestes (Antecipação da Restituição do IR):

– Prazo de até 11 meses, com taxas a partir de 1,99% ao mês.

Os servidores públicos interessados em aproveitar as condições do pacote especial de ofertas devem entrar em contato com uma das agências do Banestes ou registrar uma solicitação pela opção “Fale com o Gerente”, disponível no Aplicativo Banestes. Como toda operação financeira, as contratações estarão sujeitas às análises de crédito e de cadastro.

Aqueles que ainda não são correntistas do banco poderão abrir a conta de forma rápida, prática e gratuita, 100% on-line, pelo Aplicativo Abre Conta Banestes – www.banestes.com.br/appabreconta.

Além disso, realizar a Portabilidade de Salário para a conta do Banestes também é rápido e seguro. Basta acessar o Aplicativo Banestes, clicar no ícone ‘Menu’ e, em seguida, ‘Serviços’ e selecionar a opção ‘Portabilidade de Salário’, e seguir os procedimentos.

Leia mais:  Suzano promove Semana da Celebração da Inteligência Negra
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana