conecte-se conosco


Cidades

Retomada das atividades da Samarco gera expectativas para diversos setores da economia

Publicado

Após o desastre da barragem de Mariana, a mineradora retomou as atividades no Espírito Santo

Mesmo com a capacidade reduzida, comerciantes de Anchieta estão animados com a volta das operações da Samarco. A economia do município do Sul do Espírito Santo foi duramente afetada pela suspensão das atividades, após o desastre da barragem de Mariana, em novembro de 2015. 

Não é apenas em Anchieta que os empresários estão esperançosos com a retomada da mineradora. Empresas prestadoras de serviço em outas cidades do estado também estão com boas expectativas de negócios. Uma delas, que faz estruturas metálicas, em Guarapari, já recebeu encomendas de peças para a usina de pelotização no município vizinho. 

De acordo com o diretor da empresa, Vinícius Del Pupo, novos funcionários foram contratados desde que a Samarco começou a preparar o retorno das atividades. “A mineradora sempre foi uma parceira muito forte da empresa. A consolidação do retorno é importante para gente”, destacou. 

Gessé Gonçalves e Luciano Burack haviam ficado desempregados após o rompimento da barragem de rejeitos de mineração, no município de Mariana, em Minas Gerais. A tragédia suspendeu as operações da mineradora e de várias prestadoras de serviços.

O sócio proprietário de uma das prestadoras, Robinson Luís, precisou demitir 80% dos quadro de funcionários. “Nós tivemos que dispensar muitos funcionários. Ficamos apenas com 20 pessoas. Tivemos que nos reinventar nesse período”, contou. 

Anchieta não foi atingida pela lama, mas sofreu um duro golpe econômico. As operações da Samarco movimentavam outras atividades na região. O dono de uma farmácia no Centro do município, Ilson Mattos, conta que viu o fluxo de clientes diminuir nos últimos anos. 

“A movimentação era muito grande, tinha diversas empreiteiras na cidade. O fluxo de pessoas era muito grande. Mas com a paralisação das atividades, esse fluxo foi diminuindo”, explicou.

A Samarco voltou a operar no dia 23 de dezembro, com produção inicial de 7 a 8 toneladas de minério de ferro por ano. Isso representa apenas 26% da capacidade, mas já é o suficiente para aquecer a economia do município capixaba. 

Os comerciantes estão otimistas com a volta da operação. Com o retorno na operação, a circulação de trabalhadores dispostos a gastar pela cidade deixa os comerciantes otimistas. 

Leia mais:  Banestes inaugura Agência Empresarial de Linhares
publicidade

Cidades

Parceria entre PMVV e FINDES melhora ambiente de negócios em Vila Velha

Publicado

Com o interesse comum de promover o desenvolvimento econômico e apoiar o segmento empresarial, a Prefeitura de Vila Velha e a Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes) celebraram uma parceria de trabalho intitulada Acordo de Cooperação, onde juntas irão implementar ações para fortalecer o ambiente de negócios em Vila Velha.

A Findes tem muito a contribuir nas áreas de inovação, empreendedorismo, capacitação profissional, desburocratização, produtividade, educação tecnológica, atração de investimentos, estudos e pesquisas, que são muito relevantes para a competitividade das empresas. Por representar as demandas do segmento empresarial, irá promover um alinhamento importante no ambiente de negócios.

A expectativa é melhorar a competitividade das empresas, a capacitação dos trabalhadores, aumentar o número de empregos, atrair novas empresas ou manter as empresas operando no município. 

Para isso, estão previstas as seguintes entregas, que beneficiarão diretamente nossas empresas:

• Criação de um espaço em Vila Velha que acolherá atividades de inovação;

• Articulação das demandas para conectar com empresas altamente inovadoras, como as startups. Esta ação terá o apoio técnico do Findeslab, que auxiliará na modelagem e na gestão do ambiente;

• Atividades de educação tecnológica nas escolas públicas municipais, para formar uma nova geração de empreendedores, voltados para solução de problemas nesta nova era da economia digital. Através do SESI/SENAI, serão realizadas oficinas de maker, robótica, programação e empreendedorismo para inovação;

• Cursos de formação profissional de trabalhadores, de acordo com as demandas das indústrias, e interlocução com o segmento empresarial, para incentivar a contratação de mão-de-obra local. Esta ação terá a participação direta do SENAI;

• Atividades para auxiliar as empresas quanto à transformação digital e Indústria 4.0, com implantação de métodos e tecnologias que as tornem mais ágeis, modernas e produtivas. Com o apoio do IEL e do SENAI, cursos e capacitação serão oferecidos para as empresas do município; 

• Apoio na atração de empresas com a promoção do Município de Vila Velha, considerando sua vocação econômica e encaminhamento de empresas para se beneficiar do programa municipal de incentivos fiscais para realização de investimentos. 

A gestão municipal também irá se beneficiar desta parceria, por contar com informações socioeconômicas do município e também estudos e análises da economia de Vila Velha. O IDEIES ajudará no planejamento governamental e na avaliação de políticas públicas.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Everaldo Colodetti, considera a parceria um grande avanço: “Mais um passo fundamental para que tenhamos um melhor ambiente de negócios em Vila Velha “, disse.

A Findes vem contribuindo com a gestão dos municípios, implantando metodologias contemporâneas para simplificação e desburocratização dos serviços.

Leia mais:  Cursos on-line gratuitos para profissionais do turismo estão com vagas abertas
Continue lendo

Cidades

Projeto da prefeitura de Barra de São Francisco garante alimentação para mais de 8 mil pessoas

Publicado

Em 12 dias servindo alimentação as famílias carentes de Barra de São Francisco, desde de seu início em 29 de março de 2021, até esta sexta-feira (09), 8.213 pessoas se alimentaram no Centro de Apoio Alimentar da prefeitura de Barra de São Francisco.

A iniciativa de oferecer alimentação as famílias carentes, é da prefeitura de Barra de São Francisco. O alimento (marmitex), é fornecido de segunda a domingo, inclusive feriados.

É obrigatório o uso de máscaras ao chegar no local para pegar o alimento. É feito higienização nas mãos das pessoas que chegam para pegar o marmitex.

Pessoas atendidas até o presente momento:

Segunda feira (29/03/2021) 440 pessoas

Terça Feira (30/03/2021) 612 pessoas

Quarta Feira (31/03/2021) 750 pessoas 

Quinta feira (1º/04/2021) 750 pessoas 

Sexta feira (02/04/2021) 610 pessoas 

Sábado (03/04/2021) 760 pessoas 

Domingo (04/04/2021) 720 pessoas 

Segunda Feira (05/05/2021) 728 pessoas 

Terça feira (06/04/2021) 700 pessoas 

Quarta feira (07/04/2021) 764 pessoas

Quinta feira (08/04/2021) 819 pessoas  

Sexta feira (09/04/2021) 560 pessoas 

Leia mais:  Banestes inaugura Agência Empresarial de Linhares

Total: 8. 213

 

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana