conecte-se conosco


Cidades

Saiba os serviços da Saúde que funcionam durante o Carnaval

Publicado

A partir deste sábado (22), as festas carnavalescas começam a se espalhar por diversas cidades capixabas. Com isso, algumas instituições de saúde administradas pela Secretaria da Saúde (Sesa) sofrerão mudanças nos atendimentos.

O Hemocentro do Espírito Santo (Hemoes), em Vitória, irá funcionar todos os dias de folia em horário normal. Já os hemocentros regionais de Colatina, Linhares e São Mateus abrem até esta sexta-feira (21) e retomam os atendimentos na próxima quinta-feira (27).

Os serviços da Sesa que atendem por agendamento ou que não realizam serviços de urgência e emergência também funcionarão até esta sexta-feira (21) e retomarão o atendimento na quinta (27).

São eles: Farmácias Cidadãs Estaduais (Vitória, Vila Velha, Serra, Cariacica, Cachoeiro de Itapemirim, São Mateus, Colatina, Nova Venécia, Linhares, Venda Nova do Imigrante, Aracruz e Guaçuí); Centro de Reabilitação Física do Espírito Santo (Crefes), em Vila Velha; e os Centros Regionais de Especialidades (CREs) de Cariacica, São Mateus, Colatina e Cachoeiro de Itapemirim.

Já a Vigilância em Saúde do Estado manterá um plantão para emergências relacionadas a casos suspeitos de coronavírus (Covid-19) e sarampo, e situações de desastres naturais. O contato poderá ser realizado pelo e-mail [email protected].

Leia mais:  Com poucos ônibus nas ruas, paralisação no Transcol continua

 

Serviços de urgência e emergência que mantêm o atendimento durante o Carnaval

– Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192).

– Centro de Informação e Assistência Toxicológica (CIATox-ES): Tanto os profissionais de saúde quanto a população em geral podem ligar para o número 0800-283-9904 para receber orientações de como proceder em caso de intoxicação por medicamentos, plantas, contatos com animais peçonhentos ou outro motivo. A ligação é gratuita.

– Hospitais com pronto-socorro 24 horas por dia:

– Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE), em Vitória;

– Hospital Estadual Antônio Bezerra de Faria, em Vila Velha;

– Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, na Serra;

– Hospital Estadual Infantil e Maternidade Alzir Bernardino Alves (Himaba), em Vila Velha;

– Hospital Estadual Infantil Nossa Senhora da Glória (HINSG), em Vitória;

– Hospital Estadual de Atenção Clínica (HEAC), em Cariacica – emergências psiquiátricas;

– Hospital Estadual Roberto Arnizaut Silvares (HRAS), em São Mateus;

– Hospital Estadual Silvio Avidos, em Colatina;

Leia mais:  Quer ser um microempreendedor individual? Veja como fazer curso gratuito na Serra

– Hospital Estadual João dos Santos Neves, em Baixo Guandu;

– Hospital Estadual São José do Calçado;

– Hospital Estadual Jerônimo Monteiro;

– Hospital Estadual Dr. Alceu Melgaço Filho, em Barra de São Francisco;

– Centro de Atendimento Psiquiátrico Dr. Aristides Alexandre Campos (CAPAAC), em Cachoeiro de Itapemirim – emergências psiquiátricas.

publicidade

Cidades

Jaguaré atrai empresa agroindustrial

Publicado

Bom momento vivido pelo município é atrativo para empresa multinacional; grande produção de café conilon e perfil logístico também são fatores positivos para Jaguaré

Na manhã da última segunda-feira (16), o prefeito Marcos Guerra recebeu a visita dos representantes da empresa multinacional Eisa – Empresa Interagrícola SA. A empresa atua em atividades de armazenagem, industrialização e rebeneficiamento de café cru em grão e vai instalar uma unidade de produção na região norte do Estado. Os diretores apresentaram ao prefeito Marcos Guerra uma Carta de Intenções para a execução da empreitada.

Na oportunidade, participaram da visita o diretor comercial Carlos Santana, o diretor financeiro, Eudélio Oliveira, o gerente comercial em Vitória, Rodrigo Ernani, o presidente da Descamex, empresa de descafeinização do México, Demétrius Mogueira e Alejandro. Também participaram da reunião, o secretário municipal de Finanças João Marcos Preato Deolindo, o secretário de Desenvolvimento Econômico Cayo Casagrande e o controlador municipal interino Sorieldo Engelhardt.

O prefeito Marcos Guerra ressaltou que o município está aberto e que não há obstáculo nenhum para a instalação de novas empresas em Jaguaré e que, o objetivo é a geração de emprego e renda.

“Estamos trabalhando arduamente para atrair o desenvolvimento com geração de emprego e renda para Jaguaré, em especial para a área do Polo Industrial, tornando realidade esse sonho da população do município. Nós precisamos cuidar e manter o que nós temos. Mas, também, precisamos ampliar as possibilidades e, uma empresa como o Eisa, nos permitirá isso. Estamos preparados para o desenvolvimento em parceria saudável com a Câmara de Vereadores e com o Governo do Estado. Os nossos interesses são sempre transparentes e são para o município, tanto que convidamos a imprensa para fazer parte deste momento”, afirmou o prefeito referindo-se à presença de profissionais de imprensa na reunião.

Leia mais:  Prefeitura de Colatina assina contrato de financiamento do Procidades nesta sexta-feira (05)

O investimento

O investimento total para implantação do projeto é de aproximadamente cento e oitenta milhões de reais. Esse valor contempla a construção do armazém, infraestrutura, compra e instalação de maquinas e equipamentos. A Eisa estima a criação de 120 empregos diretos com a implantação do empreendimento e início das operações, com média salarial bruta estimada em R$1,800,00. Estudos mostram que, nesses casos, um emprego direto gera pelo menos 3 empregos indiretos podendo, nesse caso alcançar a geração de mais 360 empregos para prestadores de serviços de oficinas, de siderúrgica, mecânica, entre outros.

O diretor comercial da Eisa, Carlos Santana, destacou que Jaguaré apresenta condições excepcionais para a implantação da empresa. Entre elas o bom ambiente político vivido no momento, com boas relações com o Governo do Estado e a Câmara Municipal.

“Encontramos um ambiente muito sadio com alinhamento entre o Executivo e o Legislativo para a instalação de um investimento de cerca de 30 milhões de dólares na primeira fase. Trata-se do processamento do café conilon com a descafeinização do grão. E Jaguaré é o maior produtor de café conilon do Estado do Espírito Santo, que também produz cafés lavados, os arábicas das regiões serranas, e um bom café natural, além do conilon, ou seja, os três ingredientes que compõem o blend, o Estado produz. Vamos trabalhar com o comércio exterior com venda para vários países, além da venda da cafeína natural para a indústria de cosméticos. E vamos fazer isso com um critério de sustentabilidade muito forte”, destacou.

Leia mais:  Parceria do Sine de Vila Velha com Sebrae vai capacitar empresários

Estrutura

No projeto de instalação da unidade da multinacional, a Eisa planeja instalar um armazém para recebimento, armazenagem e rebeneficiamento de café cru em grãos e uma unidade para processos industriais no segmento de café verde. A capacidade inicial seria para armazenagem de 700 mil sacas de café cru em grãos. O rebeneficiamento será efetuado com máquinas de pré-limpeza, catadoras de resíduos, densimétricas, classificadoras e selecionadoras eletrônicas de grãos. Na área industrial serão utilizados tanques extratores, secadores e decantadores.

A Eisa é parte de uma multinacional, a Ecom, uma empresa agroindustrial de 180 anos, que atua no comércio de commodities e gestão de cadeia de suprimentos sustentável. Opera em 35 países produtores em todo o mundo e concentra a produção principalmente em café, algodão e cacau, além de participar de outros mercados de produtos agrícolas selecionados. A empresa figura entre os maiores comerciantes de café, está entre os quatro maiores comerciantes de cacau e os 5 maiores comerciantes internacionais de algodão.

Continue lendo

Cidades

Detran adequa sistema de Habilitação para emissão do novo modelo de CNH

Publicado

O Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES) informa que, devido à necessidade de parametrizar o sistema para expedição do novo modelo da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), o sistema de Habilitação ficará paralisado temporariamente para o serviço de triagem de processo de Habilitação e não haverá emissão de Carteira Nacional de Habilitação (CNH) entre os dias 26 e 31 de maio em todo o Estado.  

A parada temporária é necessária para a adequação do sistema do órgão com a gráfica que emite o documento no Estado e realização de testes para a adoção do novo modelo da CNH a partir no dia 1º de junho de 2022, conforme estabelecido pela Resolução Nº 886, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). 

A medida não afeta a abertura de novos processos de Habilitação e a aplicação de exames teóricos e práticos, que serão feitos normalmente no período de parada programada. 

Os condutores que abrirem processos de Habilitação entre os dias 26 e 31 de maio terão a CNH emitida já no novo modelo a partir do dia 1º de junho de 2022, assim como poderão baixar a Carteira Nacional de Habilitação Eletrônica (CNH-e) no mesmo formato no aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT) a partir dessa data. 

Leia mais:  Acacci, história que veio de um sonho

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana