conecte-se conosco


Cidades

Saiba quantas doses da vacina contra a covid-19 cada região do ES recebeu

Publicado

A Secretaria de Estado da Saúde começou a distribuição dos imunizantes às quatro Regionais de Saúde nesta terça-feira

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) começou nesta terça-feira (19) a distribuir as doses da vacina contra o novo coronavírus aos municípios capixabas. Ao todo, o Estado recebeu 101.320 doses do Ministério da Saúde, que chegaram ao Aeroporto de Vitória no início da noite de segunda-feira (18). 

Os primeiros profissionais de saúde foram imunizados ainda na segunda-feira, no hospital Jayme Santos Neves, na Serra, principal referência para o tratamento da covid-19 no Estado. Nesta terça, a Sesa encaminhou as doses da CoronaVac, do Instituto Butantan, às Regionais de Saúde para imunização da população-alvo desta primeira etapa.

As doses da vacina foram distribuídas nos seguintes quantitativos: 2.651 à Região Norte (São Mateus), 4.796 à Região Sul (Cacheiro de Itapemirim), 7.029 à Região Central (Colatina), e 17.260 à Região Metropolitana (Vitória).

De acordo com a Sesa, as Regionais Sul e Central receberam as doses no final da manhã desta terça (19). Para a Central, os municípios seguirão um cronograma para a retirada, com previsão de que todas as cidades recebam as doses até o final de quarta (20). Já na Região Sul, todos os municípios já realizaram a retirada na Regional de Cachoeiro de Itapemirim.

Ainda nesta manhã foram distribuídas as doses de Vitória, Cariacica e Serra. De acordo com a Sesa, a Prefeitura de Vila Velha fez um pedido especial e foi até a sede da Vigilância em Saúde, na capital, para retirar suas doses. Os demais municípios que compõem a Região Metropolitana devem retirar as doses diretamente na Rede de Frio, da Sesa.

Municípios por Regionais de Saúde

Regional de Saúde do Sul compreende os municípios de Alegre, Alfredo Chaves, Anchieta, Apiacá, Atílio Vivácqua, Bom Jesus do Norte, Cachoeiro de Itapemirim, Castelo, Divino de São Lourenço, Dores do Rio Preto, Guaçuí, Ibitirama, Iconha, Irupi, Itapemirim, Iúna, Jerônimo Monteiro, Marataízes, Mimoso do Sul, Muniz Freire, Muqui, Piúma, Presidente Kennedy, Rio Novo do Sul, São José do Calçado e Vargem Alta.

Regional Central de Saúde compreende os municípios de Águia Branca, Alto Rio Novo, Aracruz, Baixo Guandu, Colatina, Governador Lindenberg, Ibiraçu, João Neiva, Linhares, Mantenópolis, Marilândia, Pancas, Rio Bananal, São Domingos do Norte, São Gabriel aa Palha, São Roque ao Canaã, Sooretama e Vila Valério.

Regional Metropolitana de Saúde compreende os municípios de Afonso Cláudio, Brejetuba, Cariacica, Conceição do Castelo, Domingos Martins, Fundão, Guarapari, Ibatiba, Itaguaçu, Itarana, Laranja da Terra, Marechal Floriano, Santa Leopoldina, Santa Maria de Jetibá, Santa Teresa, Serra, Venda Nova do Imigrante, Viana, Vila Velha e Vitória.

Já a Regional Norte de Saúde compreende os municípios de Água Doce do Norte, Barra de São Francisco, Boa Esperança, Conceição da Barra, Ecoporanga, Jaguaré, Montanha, Mucurici, Nova Venécia, Pedro Canário, Pinheiros, Ponto Belo, São Mateus e Vila Pavão.

Grupos prioritários

Para esta primeira fase da vacinação, foram definidos como grupos prioritários, pelo Ministério da Saúde, pessoas maiores de 60 anos residentes em instituições de longa permanência, maiores de 18 anos com deficiência residentes em Residências Inclusivas, indígenas aldeados e trabalhadores da saúde. 

De acordo com a Sesa, em relação aos trabalhadores da saúde, todos os 78 municípios capixabas receberão o equivalente a 24% do número de profissionais que historicamente tomaram a vacina da gripe. 

Além disso, para a imunização deste público, foi pactuado e definido pelos municípios os trabalhadores da saúde a serem imunizados. Serão vacinados, primeiramente, os vacinadores de cada cidade, bem como aqueles que atuam na linha de frente no combate à covid-19, como profissionais de UTI’s e salas vermelhas dos Pronto Atendimentos, por exemplo. 

A imunização ocorrerá em duas doses, com intervalo de quatro semanas. Para a aplicação da segunda dose, a previsão do governo do Estado é realizar uma nova distribuição às Regionais na segunda semana de fevereiro. Além disso, de acordo com o Ministério da Saúde, o registro das doses aplicadas em todo o País — que será nominal/individualizado, por meio de CPF ou CNS [Cartão Nacional de Saúde] — deverão ser feitos no sistema de informação que será disponibilizado em breve no portal https://opendatasus.saude.gov.br/.

Ainda de acordo com a Sesa, está prevista, para esta primeira fase, a imunização do público idoso acima dos 75 anos não institucionalizados, em conformidade com os cenários de disponibilidade da vacina.

“O objetivo é poder imunizar, ainda durante a primeira fase, toda a população capixaba que pertença ao público-alvo da campanha. Para esta primeira etapa da primeira fase serão atendidos parte dos trabalhadores da saúde, mas com meta de imunização dos mais de 111 mil profissionais do Estado, a depender da disponibilidade dos insumos”, explicou a coordenadora do Programa Estadual de Imunizações e Vigilância das Doenças Imunopreveníveis da Sesa, Danielle Grillo.

Em relação às próximas etapas de vacinação, a coordenadora ressalta que as informações serão divulgadas pelo Ministério da Saúde.

Leia mais:  Instituto emite alerta de chuva intensa e ventos fortes para mais de 30 municípios do ES
publicidade

Cidades

Estado anuncia novas obras de infraestrutura e de macrodrenagem em Vila Velha

Publicado

O Governo do Estado segue transformando a vida das pessoas e está avançando na área da infraestrutura e no maior pacote de investimentos em macrodrenagem da história do Espírito Santo. Na manhã desta quinta-feira (21), o governador Renato Casagrande anunciou a construção de dois viadutos na Rodovia Darly Santos e também novas obras de macrodrenagem no município de Vila Velha. São quase R$ 90 milhões em investimentos.

Foi publicado o edital para a construção dos viadutos, o primeiro localizado no entroncamento da ES-471 (Corredor Leste-Oeste) com 143 metros e o segundo, no entroncamento da ES-060 (acesso à Darly Santos), com 79 metros. A licitação será feita na modalidade de Regime Diferenciado de Contratação (RDC), ou seja, a empresa que vencer o processo licitatório, é quem vai executar o projeto e realizar a obra.


As obras serão executadas pelo Departamento de Edificações e de Rodovias do Espírito Santo (DER-ES). Os novos viadutos vão beneficiar diretamente os moradores da região de Araçás, Novo México, Jardim Asteca e Praia das Gaivotas, além de todos os motoristas que trafegam pela região. O investimento previsto é de R$ 34 milhões.

Na área de macrodrenagem, a Estação de Bombeamento de Águas Pluviais (EBAP) Pontal das Garças, terá a capacidade de bombeamento de 18.000.000 litros/hora, através de duas bombas, auxiliando na drenagem das águas que chegam no Canal do Dique, bombeando para o Rio Jucu, beneficiando diretamente o bairro Pontal das Garças. Com investimento de R$ 20,9 milhões, a EBAP será construída na margem direita do Canal do Dique, em frente à Avenida Gaivotas, no bairro Pontal das Garças, com acesso voltado para a Estrada do Dique.

Já para a construção da EBAP Bigossi, serão investidos pelo Governo do Estado um total de R$ 34,5 milhões. A unidade, que será construída na Rua Presidente Lima, terá a capacidade de bombeamento de 14.400.000 litros/hora, através de duas bombas, auxiliando na drenagem das águas que chegam no Canal Bigossi, evitando os alagamentos que ocorrem no entorno do Terminal de Vila Velha e na alça da Terceira Ponte, bombeando através de linhas de recalque na Prainha de Vila Velha, beneficiando diretamente os bairros Cristóvão Colombo, Ilha dos Ayres, Divino Espírito Santo, Centro, Itapoã e Praia da Costa.

As duas estações poderão ser operadas remotamente, por serem totalmente automatizadas, dando mais segurança à sua operação, já que não é necessário que o operador vá até o local para ligar as bombas. Os editais das obras de macrodrenagem já foram publicados no Diário Oficial do Estado.

“São obras que estamos contratando agora e ficarão prontas no final de 2022. As obras já contratadas serão concluídas no meio do ano que vem, quando sentiremos os resultados mais expressivos desses investimentos. Já tivemos resultados com a limpeza de rios e canais, contudo, o êxito dessas obras depende também da atitude da população, que precisa ajudar não jogando lixo nos canais. Além das nove estações de bombeamento, faremos diversas galerias e também investimentos em calçamento e infraestrutura. Algumas regiões mudarão completamente após os investimentos do Estado”, afirmou o governador Casagrande.

O prefeito de Vila Velha, Arnaldinho Borgo, agradeceu pelos investimentos do Governo do Estado no município. “Represento todas as lideranças da cidade neste evento. O senhor governador tem honrado sua palavra e com todas as promessas feitas aos cidadãos de Vila Velha. Nossa cidade é o maior canteiro de obras do Espírito Santo. Os investimentos que estão sendo feitos vão transformar a vida das pessoas de nosso município”, declarou.

Para o secretário de Estado de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano, Marcus Vicente, os investimentos demonstram o trabalho do Governo para solucionar os problemas com alagamentos no município. “Vila Velha concentra o maior número de investimentos em macrodrenagem da história. O objetivo é diminuir a possibilidade de alagamentos durante tempestades torrenciais, como as que já aconteceram por várias vezes. Vamos trabalhar de forma intensa para finalizar as entregas para a população o mais rápido possível, mas, claro, dependemos das condições do tempo para isso, ao todo são nove estações de bombeamento de águas pluviais”, explicou.

Também estiveram presentes a vice-governadora do Estado, Jacqueline Moraes; o secretário de Estado de Governo, Gilson Daniel; os deputados estaduais Rafael Favatto, Janete de Sá, coronel Alexandre Quintino e Luciano Machado; além de vereadores e lideranças locais.

Estações de Bombeamento (EBAPS) em Vila Velha:

Leia mais:  Imprensa da capital destaca placar da arrecadação de Barra de São Francisco

EBAP Bigossi
Endereço: Rua Presidente Lima, Vila Velha.
Valor: R$ 34.530.453,84

EBAP Pontal das Garças
Endereço: Margem direita do Canal do Dique, em frente à Avenida Gaivotas, bairro Pontal das Garças.
Valor: R$ 20.985.695,33

EBAP Marinho
Endereço: Foz do Canal Marinho, ao lado do CRE Metropolitano.
Valor: R$ 42.572.345,68

Sistema de bombeamento da Grande Cobilândia
Endereço: A EBAP Cobilândia nas proximidades da Quinta Avenida e a EBAP Marilândia na Rua Demétrio Ribeiro, bairro Cobilândia.
Valor: R$ 42.710.552,34

EBAP Foz do Costa
Endereço: Foz do Canal da Costa.
Valor: R$ 35.541.527,52

EBAP Laranja
Endereço: Estrada do dique do Jucu.
Valor: R$ 34.582.061,79

EBAP Aribiri
Endereço: Avenida Jerônimo Monteiro, próximo ao encontro dos dois braços do Rio Aribiri.
Valor: R$ 16.556.098,82

Galerias Avenidas Pedro Laranja, Primeira Avenida e João Francisco Laranja
Endereço: Avenidas Pedro Laranja, Primeira Avenida e João Francisco Laranja.
Valor: R$ 7.482.941,41

Galerias Fluviópolis e Brasilândia
Endereço: bairro Cobilândia, município de Vila Velha.
Valor: R$ 5.447.702,58

Leia mais:  Detran retomará aplicação de provas teóricas e práticas em maio
Continue lendo

Cidades

Detran entrega Sala de Biometria para processos de Habilitação em Vargem Alta

Publicado

Com o objetivo de beneficiar os moradores de Vargem Alta, no sul do Estado, que querem tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), renovar o documento ou que precisam fazer curso de reciclagem, o Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES) inaugurou, nesta quarta-feira (20), a nova Sala de Biometria na agência de atendimento do município, localizada na rua Willian Rose, s/nº, no Centro.

A unidade tem horário de funcionamento de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. A solenidade de entrega do espaço e do novo serviço contou com a participação do diretor geral do Detran|ES, Givaldo Vieira, e do prefeito do Município, Elieser Rabello. 

Até então, os vargem-altenses tinham de se descolar até os municípios mais próximos, como Cachoeiro de Itapemirim, para a coleta da biometria e da fotografia exigidas em processos de Habilitação, o que significa percorrerem distâncias de cerca de 30 quilômetros. A novidade contemplará, aproximadamente, sete mil condutores habilitados na cidade. De acordo com Givaldo Vieira levar os serviços públicos para mais perto dos capixabas de todas as regiões é uma premissa do Governo do Estado.

“Com a implantação da Sala de Biometria em Vargem Alta, atendemos a uma demanda dos moradores, porque representa mais facilidade e comodidade para que realizem procedimentos, sobretudo àqueles que utilizam a CNH para trabalhar, para tarefas do dia a dia ou até mesmo para passear. Vale lembrar que o sistema biométrico visa a garantir mais transparência e segurança aos procedimentos de trânsito e temos investido cada vez mais em ferramentas tecnológicas para combater fraudes”, disse.

O diretor geral do Detran prosseguiu: “aliamos um acesso melhor dos vargem-altenses, sobretudo, os que moram nas comunidades rurais, a serviços do Detran|ES, que antes, tinham que se submeter aos riscos de estradas. Isso, com um impulso ao desenvolvimento do município a partir do avanço tecnológico, o que fortalece também as empresas credenciadas da região, como autoescolas e clínicas médico/psicológicas”, destacou Givaldo Vieira, que anunciou ainda a implantação de provas teóricas, em breve, no município e que trabalhará para viabilizar as avaliações práticas. 

Durante a cerimônia, o prefeito de Vargem Alta, Elieser Rabello, agradeceu o comprometimento do Detran|ES com o município. “Só tenho a agradecer ao diretor do Detran|ES, Givaldo Vieira, e ao governador do Estado, Renato Casagrande, por mais essa ação em nosso município. Em maio, nos reunimos com Givaldo, em Vitória, onde fizemos diversas solicitações, e fomos prontamente atendidos pelo Detran. Hoje, vemos máquinas renovando a sinalização viária na sede do município e agora poderemos contar com biometria para emissão e renovação da CNH no município. Futuramente, o Detran também se comprometeu a buscar a viabilização de um local para a realização de provas práticas em Vargem Alta. Muito obrigado Givaldo e muito obrigado Casagrande! O povo de Vargem Alta está vendo o compromisso de vocês para com nossa cidade”, agradeceu.

O motorista profissional Marcos Dias fez a coleta biométrica para o seu processo de Renovação da CNH da categoria D e aprovou a nova sala em Vargem Alta. “O local ficou bom, porque eu teria que ir até Cachoeiro de Itapemirim. Tendo a biometria aqui é bem melhor, porque evita o deslocamento para outra cidade e é importante para o município também, porque gera renda e atrai outros profissionais para nossa cidade”, apontou.

Participaram também da inauguração da Sala de Biometria de Vargem Alta o vice-prefeito da cidade, Alan Lopes Altoé; o diretor presidente do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal (Idaf), Mário Louzada, além dos vereadores Mara David, Anna Gaburo, Alessandra Fassarella, Walace Pizetta, Célio Sartório, Ikinho Fávero e Ana Thomazini. 

Leia mais:  Imprensa da capital destaca placar da arrecadação de Barra de São Francisco
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana