conecte-se conosco


São Mateus

São Mateus ganha Centro de Referência das Juventudes (CRJ)

Publicado

O governador do Estado, Renato Casagrande, inaugurou, nesta quinta-feira (14), o quinto Centro de Referência das Juventudes (CRJ) no Espírito Santo. Desta vez, o município contemplado foi São Mateus, localizado na microrregião Nordeste. Principal projeto do eixo de proteção social do Programa Estado Presente em Defesa da Vida, o equipamento é um espaço moderno e acolhedor para jovens de 15 a 24 anos fazerem gratuitamente cursos, oficinas para geração de renda, entre outras atividades.

O CRJ São Mateus vai oferecer gratuitamente cursos, oficinas de geração de renda, sala de informática, passeios e acompanhamento de equipe interdisciplinar. O espaço está localizado na Avenida Gileno Santos, nº 495, no bairro Ayrton Senna. O imóvel, cedido pela Mitra Arquidiocesana de São Mateus, tem dois pavimentos, com salas multiuso, espaços de dança, laboratório temático de informática e refeitório. Além disso, contará com equipe multidisciplinar com psicólogo, terapeuta ocupacional, educador e assistente social.

A inauguração teve uma apresentação cultural, além da visita ao local onde funcionará o CRJ São Mateus com a exposição dos serviços ao governador Casagrande, que destacou a relevância de mais esse equipamento. “Estamos fazendo história no Norte do Estado e em São Mateus com todos os investimentos que estamos realizando. Aqui no CRJ os jovens poderão usar essa política pública na busca de oportunidades. Esse é um espaço de integração e de capacitação permanentes, além de inclusão social”, disse.

Leia mais:  Lixo e mato continuam tomando conta da maioria dos bairros de São Mateus

A secretária de Estado de Direitos Humanos, Nara Borgo, falou sobre a emoção de inaugurar mais esse CRJ, assim como o potencial de transformação da vida dos jovens. “Transformamos a vida das juventudes por meio da cultura, do lazer, do emprego, e de tudo o que o CRJ tem a oferecer. Quando transformamos a juventude, transformamos também as famílias. Um jovem que modifica a sua família também o faz com seu território. A nossa ideia é trazer para a região de Ayrton Senna ainda mais vida com uma juventude que pulsa e é potente”, afirmou.

Parceria

Com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), o CRJ São Mateus é fruto do trabalho da Secretaria de Direitos Humanos, em parceria com a Organização da Sociedade Civil (OSC) Instituição Abequar – que integra a Rede Salesiana Brasil de Ação Social -, definida após ampla seleção pública.

“Nossa alegria é grande em poder executar uma política pública que tem uma metodologia interessante e inovadora, que tem tudo a ver com a nossa realidade estatutária. A Rede Salesiana Brasil tem uma felicidade muito grande em poder contribuir principalmente com as juventudes de São Mateus, um município que apresenta uma cultura muito forte e uma juventude muito expressiva. A nossa alegria está em poder provocar impacto e permanência do serviço junto com a política pública, o Poder Executivo Municipal e o Governo do Estado”, disse o membro do conselho curador do Instituto Abequar, Claiton Haroldo Monte.

Estado Presente

Leia mais:  Daniel Santana apresenta ao governador proposta para nova captação de água potável

O Projeto Estado Presente: Segurança Cidadã é uma iniciativa do Governo do Estado do Espírito Santo, que conta com financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para a implementação de ações de prevenção e combate à violência. O objetivo é contribuir para a redução dos elevados índices de crimes violentos (homicídios e roubos) entre jovens de 15 a 24 anos, nas regiões de maior vulnerabilidade social e, historicamente, mais atingidas pela violência.

Dentro desse projeto, serão implantados 14 CRJs em todo o Estado. A previsão é de que eles estejam em funcionamento neste ano, atendendo 65 mil jovens por ano. Quatro CRJs já estão em pleno funcionamento: Terra Vermelha, em Vila Velha; Feu Rosa, na Serra; Cachoeiro de Itapemirim; Aracruz e, agora, o quinto equipamento em São Mateus. Em breve, haverá novas unidades em Vitória, Serra, Cariacica, Vila Velha, Guarapari, Linhares e Colatina.

publicidade

São Mateus

Placas educativas revelam flora e fauna da restinga e encantam frequentadores da orla de Guriri

Publicado

As placas educativas instaladas na orla de Guriri compõem a estratégia de informação e conscientização do Projeto Nossa Restinga. As fotos estampadas, que revelam em detalhes a biodiversidade da restinga

Lançado em abril de 2022, o Projeto surgiu da necessidade de preservar aquele ecossistema, que contém plantas que fixam as dunas e impedem seu avanço em direção à parte urbanizada da orla, e é também a fronteira vegetal entre a Mata Atlântica e o oceano, com um importante papel para a diversidade da fauna.

O secretário municipal de Meio-Ambiente, Ricardo Louzada, lembrou que as ações de preservação e recuperação começaram com a demarcação da área de proteção e a construção das passarelas. “O Projeto Nossa Restinga é uma continuidade desse processo. A consciência ambiental coletiva é um dos objetivos mais importantes. Sem ela, não existe preservação”. 

FUNDAMENTAÇÃO CIENTÍFICA

 

As belas fotos das placas exigiram mais que apenas um olhar fotográfico atento. A preferência é para as imagens produzidas por pesquisadores da área ambiental, o que enriquece o aspecto educativo da ação.

Leia mais:  Paulo Fundão diz que não procedem boatos de anexar Meleiras a São Mateus

A nomenclatura científica, o nome popular e outras informações ajudam na familiarização com as espécies. “As pessoas precisam saber o que é da restinga e o que é invasor. Muita gente acha que castanheiras, casuarinas e coqueiros, por exemplo, são nativos e não são” – complementa Ricardo Louzada.

PRATA DA CASA

A consciência ambiental vem crescendo também junto aos mateenses. Entre os fotógrafos que tiveram suas fotos selecionadas está a pesquisadora local Bárbara Teixeira Costa, autora de uma das fotos que ilustra a matéria. Ela é moradora de São Mateus e cursa o oitavo e último período de Ciências Biológicas no Ceunes.

A foto escolhida foi a de uma Libélula, que ela flagrou em uma mata na Estrada das Meleiras. “Vi a mata, peguei a máquina e entrei com a certeza de que teria belas imagens. E foi o que aconteceu” – contou Bárbara, que tem 21 anos e fotografa “mato e bichos desde os 15.”

Conforme contou a orgulhosa mãe de Bárbara, Otília Maria dos Santos Costa Coelho, servidora municipal, “aos 15 anos ela escolheu um equipamento fotográfico ao invés de uma festa. De lá para cá está constantemente se aperfeiçoando em fotografia, ao mesmo tempo em que se dedica com afinco aos estudos e pesquisa ambiental.”

Leia mais:  Feiras livres em São Mateus estão liberadas apenas para feirantes do município

Continue lendo

São Mateus

Oficina de educação ambiental acontece em São Mateus

Publicado

O Grupo de Trabalho responsável pela construção da Política Municipal de Educação Ambiental (PMEA – Decreto nº 13.873/2022), promove na próxima terça-feira (05), às 18h30, no Centro Comunitário Daniel Comboni, a segunda oficina participativa para a construção da política. São convidados os moradores dos seguintes bairros: Alvorada, Aroeira, Ayrton Senna, Parque das Brisas, Vila dos Ventos, Bonsucesso, Colina, São Miguel, Litorâneo, Jambeiro, Villages, Morada do Lago, Nova São Mateus, Novo Horizonte, Santa Tereza (Ponte), Santo Antônio, São Pedro, Vila Nova, Vila Verde e Vitória.

Segundo a organização, as oficinas são espaços para que a população tenha oportunidade de trazer propostas sobre Educação Ambiental. “Os participantes são convidados a refletir qual a Educação Ambiental que eles pensam para o Município. Depois, divididos em grupos por temas, identificam as potencialidades e fragilidades de cada um, a fim de fazer propostas para a PMEA. Até o final do ano, o Grupo, junto aos delegados eleitos em cada oficina, proporá uma minuta de Projeto de Lei que será validada em audiência pública, para então, a Prefeitura, encaminhar à Câmara para aprovação” – detalha Nóslen Motta de Andrade, coordenador do Grupo de Trabalho.

Leia mais:  US3 terá plantão sábado e domingo para atendimento a pacientes de oftalmologia e angiologia previamente agendados pela CRM

AGENDA DE OFICINAS

Ao todo o município realizará nove oficinas. A próxima acontece no dia no dia 26 de julho onde serão ouvidos os professores das Redes de Ensino Municipal, Estadual e Privada, a partir das 14h, no Auditório do Batalhão da PM.

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana