conecte-se conosco


São Mateus

São Mateus segue em risco alto pelo Mapa de Risco Covid-19

Publicado

O Governo do Estado anunciou, nesta sexta-feira (15), o 40º Mapa de Risco Covid-19, que terá vigência entre a próxima segunda-feira (18) e o domingo (24). Dos 78 municípios capixabas, 18 estão classificados em Risco Baixo e 52 estão em Risco Moderado. Oito municípios (Anchieta, Apiacá, Bom Jesus do Norte, Conceição do Castelo, Guaçuí, Iúna, Mimoso do Sul e São Mateus) estão classificados como Risco Alto.

A Matriz de Risco de Convivência considera no eixo de ameaça: o coeficiente de casos ativos por município dos últimos 28 dias, além da quantidade de testes realizados por grupo de mil habitantes e a média móvel de óbitos dos últimos 14 dias. Já o eixo de vulnerabilidade considera a taxa de ocupação de leitos potenciais de UTI exclusivos para tratamento da Covid-19, isto é, a disponibilidade máxima de leitos para tratamento da doença. A estratégia de mapeamento de risco teve início no dia 20 de abril.

O Mapa de Risco segue as orientações dos boletins epidemiológicos do Ministério da Saúde e recomendações da equipe de especialistas do Centro de Comando e Controle (CCC) Covid-19 no Espírito Santo, que é composto pelo Corpo de Bombeiros Militar, Defesa Civil, Secretaria da Saúde (Sesa), Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) e do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes). As decisões adotadas pelo Governo do Estado seguem parâmetros técnicos.

Confira a classificação de todos os municípios capixabas:

RISCO ALTO: Anchieta, Apiacá, Bom Jesus do Norte, Conceição do Castelo, Guaçuí, Iúna, Mimoso do Sul e São Mateus.

RISCO MODERADO: Afonso Cláudio, Águia Branca, Alegre, Alfredo Chaves, Aracruz, Atílio Vivácqua, Baixo Guandu, Barra de São Francisco, Boa Esperança, Brejetuba, Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Colatina, Conceição da Barra, Divino de São Lourenço, Domingos Martins, Fundão, Governador Lindenberg, Guarapari, Ibatiba, Ibiraçu, Ibitirama, Iconha, Jaguaré, Jerônimo Monteiro, João Neiva, Linhares, Mantenópolis, Marataízes, Marilândia, Montanha, Mucurici, Muniz Freire, Pancas, Pinheiros, Piúma, Ponto Belo, Presidente Kennedy, Rio Bananal, Santa Leopoldina, Santa Teresa, São Domingos do Norte, São José do Calçado, São Roque do Canaã, Serra, Sooretama, Vargem Alta, Venda Nova do Imigrante, Viana, Vila Valério, Vila Velha e Vitória.

RISCO BAIXO: Água Doce do Norte, Alto Rio Novo, Castelo, Dores do Rio Preto, Ecoporanga, Irupi, Itaguaçu, Itapemirim, Itarana, Laranja da Terra, Marechal Floriano, Muqui, Nova Venécia, Pedro Canário, Rio Novo do Sul, Santa Maria de Jetibá, São Gabriel da Palha e Vila Pavão.

Leia mais:  Artigo: QUANDO CECIL THIRÉ ESTEVE AQUI
publicidade

São Mateus

Fixação da foz do rio Cricaré melhora a qualidade da água em São Mateus, diz Freitas

Publicado

“O abastecimento de água potável das regiões de São Mateus foi prejudicado. Por isso esse projeto que estamos apresentando, de fixação da foz do rio Cricaré, é extremamente importante. A economia da região também vem registrando queda. Outro exemplo são as embarcações de grande porte como as de petróleo, madeira e pesca, que atracavam no local e tiveram que passar a usar outros portos da redondeza. A economia pesqueira também sofreu um abalo muito forte, prejudicando muitas famílias que vivem da pescaria, principalmente em Conceição da Barra e São Mateus”, ponderou o deputado estadual Freitas (PSB), autor do projeto.

Visualização da imagem

O rio Cricaré, segundo o parlamentar, vem sofrendo com o assoreamento já há muitos anos, o que tornou a sua foz totalmente inavegável. Além disso, foi constatado também que a maré alta faz com que a água do mar chegue até o local de capitação de água potável do rio e o resultado disso é uma água salinizada saindo das torneiras das casas em São Mateus.

Freitas convidou várias lideranças das regiões Norte e Noroeste do Espírito Santo para explicar o projeto de fixação da foz do rio Cricaré e em seguida fizeram uma expedição pelo rio. O evento aconteceu na manhã de sábado (dia 27), saindo do Espaço Náutico do Zeca, que fica na Estrada Meleiras.

O parlamentar, que organizou a expedição, falou sobre o projeto no qual já vem trabalhando na busca de parcerias para que ele seja executado e proporcione melhorias de vida, conforto e segurança para os moradores da região.

Foram convidadas e estiveram presentes várias lideranças do Norte e Noroeste do Estado, entre elas subsecretários de Estado, prefeitos, vereadores, diretores e técnicos da Cesan e da Saae, Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, pescadores, lideranças comunitárias e religiosas, além de empresários e comerciantes. Após a exposição do projeto, o grupo se dividiu em vários barcos e seguiu rio abaixo até o encontro dele com o mar, em Conceição da Barra.

A bacia do rio São Mateus, também conhecido no município por rio Cricaré, possui aproximadamente 103.351 km². Banha dez municípios nos estados de Minas Gerais e do Espírito Santo, desaguando no oceano Atlântico, no município de Conceição da Barra.

O Cricaré tem como principais afluentes os rios Cotaxé, também conhecido como Braço Norte do Rio São Mateus, Preto, Mingal da Vovó, Panela Velha e Pirapococa. Além disso, o rio Cricaré tem uma característica quase única de possuir um defluente: o rio Mariricu.

Leia mais:  Freitas garante licitação para construção do novo hospital Roberto Silvares ainda no primeiro semestre de 2020
Continue lendo

São Mateus

Deputado Freitas se reúne com a Polícia Militar pedindo mais segurança para os dos quilômetros

Publicado

Também agradeceu o cerco tático feito pela PM na região

O deputado estadual Freitas (PSB) atendendo reivindicação dos moradores da região dos quilômetros, esteve reunido com o comando do 13º Batalhão da Polícia Militar para tratar de demandas do Conselho de Segurança solicitando ações e para agradecer o cerco tático naquela região efetivado pela PM.

Poucas&Boas: Cai um símbolo da Assembleia: o bigode do deputado Freitas | A  Gazeta

A região dos quilômetros (rodovia Miguel Curry Carneiro e comunidades próximas) tem sofrido com ações de bandidos que assaltam propriedades, roubam bombas e compressores e veículos, levando insegurança para seus moradores.

O deputado esteve com o comandante do 13º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Mateus Garcia, e foi acompanhado pela presidente do Conselho de Segurança, Ana Paula e dos vereadores Robertinho de Assis e Cristiano Balanga. Na oportunidade o parlamentar agradeceu o empenho da polícia e solicitou novas ações para que os moradores tenham mais segurança.

Leia mais:  Cássio tem apoio do presidente do Partido Progressista para disputar a eleição de prefeito
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana