conecte-se conosco


Política e Governo

Secretaria da Saúde confirma primeiro caso do novo coronavírus no Espírito Santo

Publicado

Na tarde dessa quinta-feira (05), o secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, e o coordenador do Centro de Operações Estratégicas (COE), Luiz Carlos Reblin, confirmaram o primeiro caso do novo coronavírus no Espírito Santo. O resultado foi confirmado pelo Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz). Trata-se de um residente da Grande Vitória que têm histórico de viagem recente a um dos países relacionados nos critérios do Ministério da Saúde para definição de caso suspeito do Covid-19.

O anúncio foi feito durante uma coletiva de imprensa concedida na sede da Secretaria da Saúde (Sesa), na Enseada do Suá, em Vitória.

Segundo o secretário, a introdução do vírus já era prevista por meio de casos importados, mas reforçou que não há motivo para pânico, já que não há transmissão local da doença. “Todas as medidas tomadas, tanto na assistência quanto de vigilância, são suficientes para atender qualquer situação que seja necessário. Além disso, há uma rede de hospitais em todo Espírito Santo que são referências para atendimento a casos graves”, destacou Nésio Fernandes.

O secretário lembrou ainda que desde janeiro deste ano, o Espírito Santo passou a adotar as medidas para se preparar para a possível chegada do novo coronavírus. “Estamos com mais de 60 pessoas atuando na atualização do Plano de Contingência que envolve atores do Estado, dos municípios de da Organização Pan Americana de Saúde (OPAS), e acompanhando o comportamento da epidemia no mundo e também no Brasil”, frisou.

De acordo com o coordenador do COE, Luiz Carlos Reblin,  a partir do momento em que este paciente teve seu quadro de saúde definido como suspeito, ele imediatamente recebeu a orientação do isolamento, primeiro no hospital onde foi atendido e, na alta médica, para que mantivesse o isolamento domiciliar. “Os familiares desses pacientes são considerados contatos e também foram orientados a manter o isolamento em casa para evitar uma possível transmissão do vírus. Eles estão sendo monitorados para, na eventualidade do aparecimento de algum sintoma, também passará a ser considerada uma pessoa com possibilidade de coronavírus”, explicou.

O novo coronavírus é um novo vírus que tem causado doença respiratória. O período de incubação é o tempo que leva para os primeiros sintomas aparecerem desde a infecção por coronavírus, que pode ser de 2 a 14 dias.

Plano de Contingência

Desde o início dos primeiros casos de Covid-19 na China, o Espírito Santo elaborou um plano de contingência para evitar a circulação do vírus no Estado. Entre as definições apresentadas estão os hospitais de referência, que serão o Hospital Infantil Nossa Senhora da Glória (HINSG), em Vitória, referência em atendimento pediátrico, e o Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves (HEJSN), na Serra, que tem a expertise de atendimento aos casos graves.

A remoção dos pacientes com casos suspeitos para os hospitais de referência, de acordo com o plano, ficará a cargo do Serviço Móvel de Urgência (Samu 192) e do serviço de remoção estadual nos municípios que não têm Samu.

Em relação ao atendimento a ser realizado nos municípios, que poderão ser a porta de entrada de casos suspeitos, todos os profissionais já estão sendo orientados e capacitados para a identificação da infecção. Os municípios também estão orientados a realizarem a comunicação obrigatória, por meio do FormSUS, para que haja a notificação imediata dos possíveis casos.

O Lacen/ES fica responsável pelas análises das amostras enviadas pelas unidades de saúde. No local, as amostras serão analisadas para triagem de outras viroses e, caso os resultados descartem casos de influenza ou outras viroses, o material será enviado para o laboratório de referência nacional (Fiocruz), para a confirmação ou descarte do caso. O Plano Estadual de Prevenção e Controle do Covid-19 pode ser acessado clicando aqui.

Definição de casos suspeitos

Estão enquadradas dentro da definição de casos suspeitos do Covid-19 pessoas que apresentarem febre e mais um sintoma gripal, como tosse ou falta de ar, e que estiveram recentemente na Alemanha, Austrália, Camboja, China, Coreia do Norte, Coreia do Sul,

Emirados Árabes, Estados Unidos, Filipinas, França, Irã, Itália, Japão, Malásia, Singapura, Tailândia e Vietnã.

Como evitar doenças respiratórias:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Ficar em casa quando estiver doente;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Leia mais:  Coser, Gandini e Pazolini estão empatados em Vitória
publicidade

Política e Governo

Sedu recebe secretário da Educação de Mato Grosso para compartilhar boas práticas

Publicado

A Secretaria da Educação (Sedu) recebeu, na segunda-feira (18), o secretário da Educação de Mato Grosso, Alan Porto, que veio ao Estado com o objetivo de conhecer as boas práticas que levaram a Educação do Espírito Santo a alcançar, junto com Goiás, a melhor avaliação do Ensino Médio da Rede Pública do País, no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

Pela manhã, o secretário da Educação de Mato Grosso foi recebido na Sedu pelo secretário de Estado da Educação, Vitor de Angelo, para conhecer e entender como funciona as Superintendências Regionais de Educação (SRE), o serviço terceirizado da merenda escolar, a climatização das escolas, a municipalização das unidades do Ensino Fundamental, o Bônus Desempenho, entre outras ações.

No período da tarde, Vitor de Angelo levou Alan Porto para conhecer o Centro Estadual de Ensino Médio em Tempo Integral (CEEMTI) Fernando Duarte Rabello, a Escola Estadual de Ensino Médio (EEEM) Irmã Maria Horta, ambas em Vitória, e a Superintendência Regional de Educação (SRE) Carapina, no município da Serra.

“O Governo de Mato Grosso está em busca de melhores práticas para transformar a educação do nosso Estado em uma das melhores do País”, disse o secretário Alan Porto.

 

Leia mais:  Governador entrega comenda Jerônymo Monteiro ao presidente do STJ, ministro Humberto Martins

Continue lendo

Política e Governo

Espírito Santo é o Estado que mais fez investimentos em 2021

Publicado

Governo do Espírito Santo foi o que mais realizou investimentos, de janeiro a agosto de 2021, segundo aponta o Relatório Resumido de Execução Orçamentária (RREO), divulgado pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN), do Ministério da Economia

De acordo com o relatório, de todas as despesas liquidadas pelo Governo Estadual, 10% foram utilizadas para investimentos em infraestrutura, saúde, esporte, segurança pública, entre outras áreas. Ainda segundo informações divulgadas pela Secretaria do Tesouro Nacional, os estados de Alagoas, Maranhão e Rio Grande do Sul aparecem na segunda colocação, tendo utilizado 8% dos recursos para a realização de investimentos. 

“Esses investimentos podem ser feitos, porque estamos bem organizados. O Espírito Santo mantém equilibrados os gastos com pessoal e encargos sociais, custeio e serviço da dívida, para que cresçam os investimentos em áreas relevância social”, avaliou o secretário de Estado da Fazenda, Marcelo Altoé.

“O Relatório Resumido de Execução Orçamentária, divulgado pela Secretaria do Tesouro Nacional, mostra como o Espirito Santo é beneficiado por uma gestão que cuida das contas públicas de forma responsável, com controle de gastos, o que faz com que o Estado avance em investimentos e realize políticas públicas inovadoras, que beneficiam a população capixaba”, ressaltou o secretário de Estado de Economia e Planejamento, Álvaro Duboc.

Duboc explicou que na proposta orçamentária para 2022, enviada à Assembleia Legislativa, o valor previsto para investimentos é de, aproximadamente, R$ 2,7 bilhões, representando quase 20% da receita líquida de impostos.

Marcelo Altoé também parabenizou as equipes das Secretarias da Fazenda (Sefaz) e de Economia e Planejamento (SEP), pelo trabalho técnico que vem desenvolvendo em conjunto. “Constantemente, as equipes da Sefaz e da SEP se reúnem para analisar as despesas, receitas e investimentos feitos pelo Governo Estadual. Esse acompanhamento diário dos números da gestão refletem o zelo que temos para com as contas públicas”, pontuou.

Leia mais:  Apex-Brasil lança nova etapa do programa de capacitação para exportação no Espírito Santo
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana