conecte-se conosco


Política e Governo

Secult realiza lançamento coletivo de livros contemplados em Edital de literatura

Publicado

Foram dezessete obras lançadas em uma noite que reuniu autores dos livros para distribuição, comemoração e autógrafos.

Dezessete livros de temas como crônicas, infanto-juvenil, contos, poesias, biografias e romance foram lançados juntos em uma noite dedicada à literatura capixaba. O tradicional evento de Lançamento Coletivo de livros premiados nos Editais da Secult aconteceu na última quinta-feira (28), no Salão São Tiago, no Palácio Anchieta, em Vitória, e contou com a presença de amantes da literatura que tiveram a oportunidade de conhecer os autores das obras e levar para casa um exemplar autografado de cada um. Ao todo, foram distribuídos 1700 livros para o público que passou pelo evento.

  A diretora da Biblioteca Pública do Espírito Santo (BPES), Ana Maria Silva, abriu a cerimônia com um trecho do texto “O livro” do escritor argentino Jorge Luis Borges: “Dos diversos instrumentos do homem, o mais assombroso, sem dúvida, é o livro. Os demais são extensões de seu corpo. O microscópio, o telescópio, são extensões de sua vista; o telefone é extensão da voz; depois temos o arado e a espada, extensões de seu braço. Mas o livro é outra coisa: o livro é uma extensão da memória e da imaginação”.

Em seguida, uma das autoras que lançou sua obra, Rita Uliana, fez um discurso representando os escritores. Ela falou sobre a importância de um edital de incentivo à literatura, que garanta a publicação e a distribuição gratuita para todo o Estado. “Isso faz com que a obra não se restrinja aos espaços metropolitano ou classes abastadas. A ascensão da minha obra me motivou a escrever uma segunda, uma terceira. Isso só foi possível porque a aprovação da banca me mostrou que era possível. A obra escrita só tem vida se houver leitor”.

O secretário de Estado da Cultura, Fabricio Noronha, comentou sobre o papel central da cultura na nossa vida, nas transformações sociais e no senso de pertencimento. “Eu acredito na cultura em todas as suas dimensões, simbólica, cidadã e econômica. A Secult enxerga a potência do livro e da leitura como parte desse atalho. Seja no espaço de nossas bibliotecas, seja agora, através do financiamento da produção e difusão dessas obras e colocando em circulação, só nessa leva de editais de literatura, mais de 18 mil exemplares”, afirmou.

Fabricio Noronha ainda explicou sobre a difusão e distribuição das obras. “São mais de 4500 livros distribuídos gratuitamente nas bibliotecas de todos os 78 municípios da Grande Vitória, nas dez bibliotecas dos terminais de ônibus da Grande Vitória e nos dois carros da Biblioteca Móvel, com atuação itinerante por bairros de Vitória.

Após a cerimônia de abertura, foi dada a largada para a noite de autógrafos e a distribuição dos livros para o público presente.

 

Leia mais:  Governo realiza pagamento da segunda etapa do auxílio Cartão Reconstrução ES 2020

 

Confira a lista de livros lançados:

EDITAL Nº 007/2018

_Fabíola Mazzini Leone, Rotina dos ossos;

_Marciel da Silva Cordeiro, Caminho para o Texas;

_Getulio Sérgio Souza Pinto, Calor Outro;

_Gabriel Bourguignon Vogas, Golo;

_Fausto Ramos dos Santos, O Padrão dos Dedos;

_Rita Uliana, Trechos de Trilhas: Memórias;

_Jonas Rosa dos Reis, A lenda do lagarto azul;

_Danyel Ferreira Sueth, Depois que o sol se põe;

_Fernanda Broedel, Labirinto Mínimo;

_Neusa Maria Jordem Almança Possatti, Menina Inventada;

_Marília Carreiro Fernandes, Lama.

EDITAL Nº 008/2018

_Cínthia Ferreira de Souza Vogas, O piano e seu conjunto: vida e obra de Hélio Mendes;

_Lívia de Azevedo Silveira Rangel, Lídia Besouchet e Newton Freitas: Intelectuais Fronteiriços (1938-1950);

_Juliano Motta Silva, Lembranças do Rio Marinho: Aspectos de história e memória de um rio capixaba;

_Osvaldo Martins de Oliveira, Projeto político de um território negro: memória, cultura e identidade quilombola em Retiro, Santa Leopoldina; 

_Genildo Coelho Hautequestt Filho, Arquitetura urbana do café em Muqui;

_Elda Alvarenga, Professoras primárias: As pioneiras na feminização do magistério capixaba (1845-1920).

Leia mais:  Vacinação contra a covid-19 no ES começa ainda em janeiro, diz secretário
publicidade

Política e Governo

Estado começa a receber compensações da Lei Kandir

Publicado

O Governo do Estado recebeu, nesta quarta-feira (20), R$ 115 milhões do Governo Federal a título de compensação pela Lei Kandir. Este pagamento é relativo ao ano de 2020 e a expectativa é que ainda este mês chegue a parcela que diz respeito a janeiro de 2021, equivalente a R$ 11,99 milhões.

Ao longo de 2021 o Estado deve receber R$ 144 milhões. Desse total, cerca de R$ 108 milhões (75%) ficam com o Governo do Estado e R$ 36 milhões (25%) vão ser divididos com as administrações municipais, seguindo o Índice de Participação dos Municípios (IPM).

De acordo com a Lei Complementar 176/20, entre 2020 e 2037 o Governo Federal irá repassar R$ 58 bilhões para estados e municípios para compensar as perdas por desoneração de exportações. Dos R$ 58 bilhões, R$ 4 bilhões serão entregues a cada ano entre 2020 e 2030. De 2031 a 2037, os valores vão diminuindo R$ 500 milhões ao ano.

O secretário de Estado da Fazenda em exercício, Bruno Pires Dias, destaca a importância desse ressarcimento feito pelo Governo Federal. “A Lei Kandir gerou um grande débito da União para com os Estados. A compensação que começa a ser paga pelo Governo Federal põe fim a uma situação que se arrasta por décadas”, avalia.

Leia mais:  Casagrande entrega obras e anuncia unidade do Corpo de Bombeiros em São Gabriel da Palha
Continue lendo

Política e Governo

Governo do Estado inaugura novo acesso à região de Santo Antônio pela Segunda Ponte

Publicado

Atenção motoristas que chegam a Vitória pela Segunda Ponte: A região ganhou um novo acesso para a região de Santo Antônio. Foi liberado nesta quarta-feira (20) o trânsito de uma nova pista na descida da ponte. Antes o motorista precisava acessar a Ponte Seca para fazer o retorno para Santo Antônio. Com a liberação da nova pista, os motoristas já podem fazer o retorno acessando a nova alça, já na descida da Segunda Ponte, pela faixa da esquerda.


As intervenções fazem parte das obras do Portal do Príncipe que estão em andamento na Capital e atualmente contam com diversas frentes de trabalho, avançando dentro do cronograma e sem a necessidade de interdição de vias nos horários de pico. Um muro está em fase avançada de construção na área desapropriada ao lado da Avenida Alexandre Buaiz. Ele servirá de sustentação para as novas faixas que serão implantadas na avenida, dobrando a capacidade da via.


As obras do Portal do Príncipe são um conjunto de intervenções viárias que vão melhorar o trânsito na chegada à Capital pela Segunda Ponte. Ao todo, o investimento será de R$ 42 milhões. O prazo para execução das obras termina em novembro deste ano. A área do Portal é de 95.674 metros quadrados.

Durante a liberação do novo acesso, o governador Renato Casagrande destacou que a intervenção vai repercutir positivamente na redução do gargalo no trânsito da região.

“Estamos abrindo esse acesso direto para as regiões de Santo Antônio e São Pedro. Já ficou muito bonito até aqui, qualificando uma parte das obras do Portal do Príncipe, que já está com 40% das intervenções concluídas. Vamos ampliar de duas para seis faixas na Avenida Alexandre Buaiz, dando fluxo a quem vem de Vila Velha e Cariacica, reduzindo o gargalo que temos todas as manhãs logo cedo. Também vamos qualificar toda essa região, com a implantação de áreas de lazer e esporte para que a comunidade possa desfrutar e conviver entre si. Teremos um ambiente muito melhor para quem chega a Vitória e para quem mora aqui”, afirmou Casagrande.

O Portal do Príncipe é uma das obras prioritárias do Governo do Estado na área da mobilidade e vai beneficiar tanto quem chega a Vitória via Segunda Ponte quanto a comunidade que mora ou frequenta a região.

Além da implantação e alargamento de vias, as obras contemplam também uma reconfiguração urbanística do local, com uma nova iluminação, implantação de praças, quadras poliesportivas, parquinho, academia ao ar livre etc. Também serão realizadas melhorias nos acessos e saídas do Porto de Vitória.

Melhorias previstas:

Leia mais:  Governo realiza pagamento da segunda etapa do auxílio Cartão Reconstrução ES 2020

– Implantação e alargamento de vias;
– Implantação de rede subterrânea de cabeamento;
– Nova iluminação pública;
– Pavimentação e drenagem;
– Nova sinalização de trânsito com instalação de semáforos inteligentes, para a melhor fluidez do trânsito;
– Melhorias nos acessos e saídas do Porto, permitindo a operação 24 horas;
– Ponte Seca passa a ser exclusiva para pedestres;
– Novas calçadas e ciclovias;
– Urbanização de áreas remanescentes, com a implantação de quadras poliesportivas, pista de skate, áreas de lazer, parquinho, academia ao ar livre, bicicletário, pista de caminhada, sanitários e uma nova urbanização.

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana