conecte-se conosco


Segurança

Sejus recebe representantes de esposas e familiares de presos

Publicado

Os cuidados que o momento de pandemia da Covid-19 demanda fez com que a Secretaria da Justiça (Sejus) mudasse algumas rotinas, entre elas as visitas sociais, suspensas momentaneamente. Nesse momento, os procedimentos realizados no ambiente prisional visam também a prevenção e contenção da doença. O subsecretário para Assuntos do Sistema Penal, Alessandro Ferreira de Souza, recebeu um grupo formado por familiares de presos para apresentar as ações que têm sido tomadas, bem como para ouvir as demandas dessas famílias.

“A Sejus tem se empenhado para promover a segurança e contribuir com manutenção da saúde de todos no ambiente prisional. Esse encontro  nos permite explicar as medidas adotadas e conhecer os anseios e demandas dos familiares. Vamos manter esse trabalho em conjunto para que, ao final desse período, essas famílias tenham ainda mais confiança no trabalho que desenvolvemos”, informou.

O subsecretário lembra que, desde o início da pandemia, a Secretaria reforçou a limpeza das unidades prisionais e adotou medidas para prevenir que a doença entre internos e servidores. As equipes que atuam no sistema prisional receberam treinamento sobre a doença e atuaram como multiplicadores, repassando informações sobre prevenção e sintomas aos internos, inspetores e demais servidores dos presídios.

Leia mais:  Sefaz apreende quase 20 mil litros de cerveja com nota fiscal irregular

Todas as unidades prisionais contam com atendimento médico e celas de isolamento foram delimitadas em todas as unidades para acompanhamento dos apenados com sintomas gripais. Essas e outras medidas foram abordadas no encontro.

Membro da Comissão de Mães de Detentos do Espírito Santo, Margareth Francisco do Nascimento considera o encontro importante para a transparência e atualização dos familiares dos internos quanto às medidas adotadas para prevenção e controle do novo coronavírus no ambiente prisional.

“A Sejus sempre teve um diálogo muito aberto com os familiares de presos. A gente entende que a situação de hoje é um problema mundial e vemos que o sistema prisional está muito bem assistido. Nós estamos sendo informados, temos acesso e contato com os diretores dos presídios, sempre transparentes, e entendemos que a suspensão de visitas é primordial para o controle do Covid-19. Esse encontro com o subsecretário ajuda a aliviar a ansiedade e as preocupações das mães e esposas que estão aqui fora”, declarou.

publicidade

Segurança

Corpo com sinais de estrangulamento é encontrado dentro de saco plástico em Viana

Publicado

O corpo estava dentro de um saco plástico preto. A vítima é um homem que estava sem documentos e, por isso, ele ainda não foi identificado pela polícia

Um corpo foi encontrado nas proximidades da estação de tratamento de esgoto do bairro Arlindo Vilaschi, em Viana, na madrugada desta sexta-feira (19). A situação chamou a atenção de quem passava pela região.

O corpo estava dentro de um saco plástico preto. A vítima é um homem que estava sem documentos e, por isso, ele ainda não foi identificado pela polícia.

Segundo a polícia, o corpo foi encontrado por volta das 5 horas desta sexta, por moradores que passavam na região. O homem teve as pernas cortadas e o criminoso teria tentado estrangular a vítima com uma camisa.

A Polícia Militar e a perícia da Polícia Civil foram acionadas e estiveram no local, mas a motivação do crime ainda é um mistério.

O corpo foi encaminhado para o Departamento Médico Legal (DML) de Vitória e o caso será investigado.

Leia mais:  Polícia prende falso noivo que roubou R$ 1 milhão de mulher no dia do casamento
Continue lendo

Segurança

Operação contra corrupção e tráfico de drogas cumpre mandados no ES

Publicado

Ao todo, estão sendo cumpridos dois mandados de prisão e 31 mandados de busca e apreensão em casas, empresas e escritórios

A Receita Federal e a Polícia Federal deflagraram, na manhã desta quarta-feira (17), a Operação Ártemis, com o propósito de desarticular possível organização criminosa composta por agentes públicos, empresários e relacionados, que tinha por finalidade a suposta prática de crimes relacionados ao comércio exterior, corrupção, tráfico de drogas e lavagem de dinheiro.

Estão sendo cumpridos dois mandados de prisão e 31 mandados de busca e apreensão em residências, empresas e escritórios, expedidos pela 2ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, dos quais 26 desses apontam para empresários e outras pessoas relacionadas. 

Além de Vitória, no Espírito Santo, as ações ocorrem nos municípios do Rio de Janeiro e Itaguaí, no Rio de Janeiro, Santos e São Vicente, em São Paulo, Belo Horizonte, em Minas Gerais, e Maceió, em Alagoas.

Na Receita Federal, a investigação foi conduzida por sua Corregedoria e teve início em 2020, a partir das ações corretivas coordenadas no Porto de Itaguaí pela Superintendência da Receita Federal na 7ª Região Fiscal (RJ/ES).

Leia mais:  Polícia prende suspeito de usar aplicativo para vender drogas em Vila Velha

Por parte da Receita Federal, a operação tem a participação de 25 auditores-fiscais e 23 analistas tributários, e conta com o apoio de duas equipes especializadas: a Divisão de Repressão ao Contrabando e Descaminho da Superintendência da 7ª Região Fiscal e a Equipe Nacional de Pronta Resposta.

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana