conecte-se conosco


Segurança

Sesp divulga plano operacional das forças de segurança para Enem

Publicado

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp) divulgou, na manhã desta sexta-feira (15), o plano operacional que será colocado em prática durante o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que será realizado entre os dias 17 de janeiro e 07 de fevereiro. Os detalhes foram apresentados em coletiva de imprensa, realizada no Gabinete de Gestão Integrada da Sesp, em Vitória.

A primeira fase da prova escrita ocorre neste domingo (17) e no próximo (24), em 38 municípios do Espírito Santo. Já o Enem Digital, novidade para esta edição, ocorrerá nos domingos dos dias 31 e 07 de fevereiro, em Cariacica, Vitória e Vila Velha, na Região Metropolitana da Grande Vitória, e em Cachoeiro de Itapemirim.

Ao todo, 1.326 policiais militares e 326 viaturas irão realizar a segurança dos locais de prova, escolta e guarda do exame durante o período de quase 30 dias da realização. Mais de 260 escolas receberão os alunos e a logística de transporte dos materiais será feita pelos Correios. O Corpo de Bombeiros Militar (CBMES) e a Polícia Civil (PCES) também estarão disponíveis para prestar apoio, caso solicitados.

Além disso, a Sesp contará com o Centro Integrado de Comando e Controle Estadual (CICC-E), que estará coordenando e monitorando todas as atividades de inteligência, para garantir a realização segura da prova.

O secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, coronel Alexandre Ramalho, afirmou que Corpo de Bombeiros, Polícia Militar (PMES), Polícia Civil e Guardas Municipais estarão atuando em conjunto com o Governo Federal para oferecer segurança não só dos locais onde os exames serão aplicados, mas também onde as provas ficarão guardadas até a sua distribuição, incluindo o transporte e escolta.

“Estaremos integrados e empenhados para levar segurança a esses candidatos. Esperamos que tudo transcorra da forma mais tranquila possível e que os candidatos estejam preparados para prestar o seu exame. Nós, como segurança pública, estaremos nestes locais cumprindo a nossa missão, além do que já estamos fazendo em relação à Operação Verão e às Fiscalizações da Covid-19”, disse o secretário.

O comandante geral da Polícia Militar, coronel Douglas Caus, lembrou que, mesmo com a Operação Enem, manterá o policiamento ordinário normal, bem como as ações da Operação Verão.

“Os policiais militares que trabalharão na Operação Enem são os militares da área administrativa, que farão o expediente operacional do domingo e estarão empregados na escolta do local de armazenamento das provas, escolta durante a distribuição e recolhimento dos exames e também o policiamento ostensivo nos locais de aplicação das provas. Onde não houver a realização do exame nacional, o policiamento não será reduzido”, destacou o comandante.

O subcomandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Félix Gomes Martins, afirmou que a Corporação irá prestar o apoio necessário em locais considerados mais propensos a aglomerações, de acordo com as determinações Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep).

“Teremos equipes realizando a orientação dos candidatos em relação ao distanciamento, uso de máscara e prevenção à Covid-19, além da fiscalização contra aglomerações que possam ocorrer. Pedimos a todos que se conscientizem e se dirijam aos locais de prova somente quem realmente necessita estar ali, como alunos e pessoas que estejam providenciando apoio a esses candidatos”, afirmou Martins.

O delegado Ricardo Almeida, da Divisão de Inteligência da Polícia Civil, destacou que os plantões das delegacias regionais estão disponíveis para o recebimento de qualquer tipo de demanda, além do trabalho integrado com as outras instituições. “Estaremos presentes no CICC-E diretamente, monitorando todas as atividades que são de nossa atribuição”, informou Almeida.

Leia mais:  Segurança Pública no município de Pinheiros é tema de reunião
publicidade

Segurança

PMES realiza formatura do estágio de adaptação de oficiais médicos do HPM

Publicado

A Polícia Militar do Espírito Santo (PMES) realizou, na manhã desta quinta-feira (4), a solenidade de conclusão do Estágio de Adaptação de Oficiais (EAO) que irão atuar no atendimento médico do Hospital da Polícia Militar (HPM), em Vitória. A agenda teve a participação do governador do Estado, Renato Casagrande, que deu as boas-vindas aos novos oficiais e os parabenizou pela conclusão do curso mesmo em momento de pandemia.


“Parabéns a todos os formandos e seus familiares. Estive aqui no início do Estágio de Adaptação e agora estão formados. Há muitos anos que não tínhamos entrada de médicos oficiais no HPM, que é uma unidade de grande importância para a Polícia Militar e também para toda a sociedade capixaba. Estamos fazendo investimento na estrutura física, contratando médicos e queremos dar passos adiante no Hospital”, afirmou o governador.


A turma de nove médicos tenentes agora está apta a prestar serviços para os pacientes do hospital. Os profissionais são especializados em neurologia; medicina do trabalho; infectologia; cardiologia; oftalmologia; e ortopedia. Além do atendimento direto aos pacientes, os novos oficiais serão empregados nas atividades da Diretoria de Saúde em apoio à administração do HPM.

O EAO foi integralmente realizado na Academia da PMES, em Tucum, Cariacica. O estágio contou com carga de 329 horas distribuídas em 22 disciplinas nas áreas jurídicas, formação policial e gestão do serviço de saúde como: Direitos Humanos; Direito Administrativo; Direito Penal Comum e Militar; Legislação e documentos de saúde; Gestão Hospitalar; Gestão de contratos; Treinamento Físico; Ordem Unida e até mesmo disciplinas eminentemente operacionais como Uso da Força e Armas de Fogo e Policiamento Ostensivo Geral.

O investimento na saúde dos policiais militares, bombeiros militares e seus dependentes retorna para a população na forma de melhor prestação de serviço. O Governo do Estado, dentro das diretrizes de reestruturação das forças de segurança do programa Estado Presente em Defesa da Vida, manteve o concurso público que resultou no reforço dos quadros da unidade pela primeira vez desde a inauguração.

Casagrande lembrou que o HPM é voltado ao atendimento dos militares, mas que também pode ser utilizado, em casos excepcionais, para o atendimento à população em geral. “Por isso, esse investimento em nossa rede pública é fundamental, ainda mais em momentos como este que estamos vivendo. As nossas forças policiais estão trabalhando e se dedicando no enfrentamento à criminalidade. Por isso, ter uma estrutura é fundamental, também na área de saúde. A criminalidade é audaciosa, mas estamos mostrando resultado”, pontuou.

Além disso, o Governo do Estado investiu em diversas reformas necessárias para o melhor atendimento e funcionamento da unidade.

O secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, coronel Alexandre Ramalho, destacou a importância da valorização dos profissionais da área, com as melhorias promovidas no HPM, sinônimo de orgulho da Corporação.

“Diariamente nossos policiais militares dedicam suas vidas para proteger a sociedade. Nada melhor do que ter estrutura para cuidar da saúde, até como forma de reconhecimento, algo que o governador Renato Casagrande tem buscado todos os dias. Investindo na estrutura

para dar as melhores condições de trabalho possíveis. O HPM é um patrimônio importante e sinônimo de orgulho. Parabenizo a todos pela formatura e desejo uma grande jornada aos novos oficiais médicos”, afirmou Ramalho.

O comandante-geral da PMES, coronel Douglas Caus, agradeceu ao Governo do Estado pelo entendimento da necessidade de recompor os quadros do HPM, ampliando o atendimento prestado aos policiais.

“Essa data representa um marco histórico da nossa instituição. Temos que agradecer ao nosso governador Renato Casagrande pelo interesse em oxigenar o HPM e realizar os investimentos. A última turma formada foi em 1993. Após 28 anos apresentamos à sociedade esses honrados profissionais. Estamos em uma busca incessante de melhorar nossos serviços para a família militar estadual. É uma necessidade diante da árdua missão que os profissionais exercem. A gente valoriza o trabalho e a dedicação dos nossos profissionais quando apresentamos investimentos nessa unidade”, expressou.

Leia mais:  Espírito Santo é o terceiro do País em queda de assassinatos e Estado Presente é destaque no Atlas da Violência
Continue lendo

Segurança

Homem é detido ao tentar furtar placa de sinalização de rua

Publicado

Ele retirou a placa do lugar no dia anterior e escondeu o objeto. Na quarta-feira, voltou ao local para concluir o furto

Um homem foi preso em flagrante depois de tentar furtar uma placa de sinalização de rua, no bairro Jabour, em Vitória. Ele foi detido pela Guarda Municipal, que disse acreditar que ele venderia o objeto para comprar drogas.

Em um vídeo registrado no momento da ação, é possível ver o homem tentando retirar a placa de sinalização do chão. Ele força de um lado para o outro, até que ela fica bamba. Segundo a Guarda Municipal, o homem foi identificado como Amarildo Corrêa Belo, de 40 anos e iniciou o crime na noite de terça-feira (02) quando a região estava vazia.

Ele escondeu a placa, mas na quarta-feira (03), voltou ao local. Amarildo foi localizado e preso em flagrante por agentes da Guarda Municipal de Vitória, na rua Aldomário Soares Pinto, que fica na região da Grande Goiabeiras. No momento da prisão, ele ficou agitado e os agentes precisaram algemá-lo.

Amarildo seria usuário de drogas e é conhecido na região pela equipe da Guarda e também por moradores. Segundo agentes, o objetivo do homem seria vender a placa de sinalização para comprar e fazer uso de drogas.

Ele foi encaminhado para a Delegacia Regional de Vitória e o caso será investigado pela Polícia Civil. Ainda de acordo com a Guarda Municipal, a depredação do patrimônio público traz muitos prejuízos para os cofres públicos.

 

Leia mais:  Mulher morre após ser atropelada em Viana, mas polícia investiga se caso foi acidente ou assassinato

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana