conecte-se conosco


Cidades

Sucessão familiar é tema de seminário em Marechal Floriano

Publicado

A sucessão familiar é um tema bastante atual. Se antes um jovem ter sucesso significava conseguir sair da roça e ir para a zona urbana, hoje essa realidade está mudando. E foi para discutir esse tema que o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incapar) realizou, na última quinta-feira (09), em Marechal Floriano, o seminário “Juventude Rural e Sucessão Familiar”.

O diretor Técnico do Incaper, Nilson Araújo Barbosa, ressaltou a importância da discussão do tema do seminário. “Fico feliz em ver essa juventude participando e tendo a noção do quanto é importante a sucessão familiar. Esse evento mostra que a busca pelo conhecimento é cada vez mais importante para a continuidade no campo”, disse.

“Tratar do tema Juventude Rural e Sucessão Familiar é imprescindível para a continuidade e evolução do setor agropecuário e da pesca capixabas. A secretaria de Agricultura tem focado na reestruturação do projeto voltado aos jovens. Essas ações permitem reflexões sobre o tema e estimula os jovens a buscarem as oportunidades que o mercado oferece, atentarem para a inovação e discutirem com a família a visão de futuro para a evolução dos negócios”, disse o subsecretário de Aquicultura, Pesca e Desenvolvimento Rural Sustentável, Michel Tesch.

O engenheiro agrônomo e analista em desenvolvimento rural do Incaper, Ênio Bérgoli, apontou em sua palestra a diferença entre herança e sucessão, além de reforçar que o jovem tem se interessado cada vez mais em permanecer no campo.

“A herança é apenas um bem que é passado para a próxima geração após a morte. A sucessão é um processo que é realizado todo em vida e que leva tempo. São no mínimo dois anos para se consolidar, podendo chegar a 10 ou até mesmo 15 anos. Antes, sucesso para o jovem era estudar para sair do campo. Hoje, cada vez mais com o advento da tecnologia no agro, o jovem estuda para voltar e empreender. O jovem tem valorizado cada vez mais o conceito de empresa rural”, afirmou.

Giucélia Souza se interessou tanto pelo tema que saiu de Afonso Cláudio para se atualizar no seminário em Marechal Floriano. “É um tema importantíssimo. Podemos aprender mais e refletir sobre ele, além de conhecermos novas pessoas que também se interessam pela sucessão familiar. A qualidade dos palestrantes também é um fator que estimula a participar”, salientou.

O engenheiro agrônomo do Incaper, Fabiano Tristão, abordou o tema “cafés especiais”. Segundo ele, é um assunto que incentiva bastante o jovem a permanecer no campo. “O consumo de grãos especiais vem crescendo muito no Brasil. Enquanto o consumo dos cafés comuns cresceu cerca de 2%, o de cafés especiais aumentou aproximadamente 15%. A produção desses grãos demanda muita tecnologia, que é uma coisa que sabemos que atrai muito o jovem. Então, temos que preparar a juventude para assumir esse negócio”, finalizou.

Leia mais:  Foz de Riacho Doce é fechada para proteção do estuário de possível chegada do óleo no ES
publicidade

Cidades

Detran esclarece sobre o funcionamento do órgão entre 14 a 18 de junho

Publicado

O Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES) informa que, em razão da Portaria nº 115-R, publicada no Diário Oficial do Estado, no último sábado (12), que trata da classificação dos municípios no Mapa de Risco Covid-19, o atendimento ao público nas unidades durante a semana compreendida entre esta segunda-feira (14) e sexta-feira (18) funcionará da seguinte maneira:

  • Municípios em risco alto: atendimento de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h.
  • Municípios em riscos moderado e baixo: atendimento de segunda a sexta-feira, de 8h às 17h.

É possível que alguns agendamentos tenham sido feitos em data anterior ao início de vigência da portaria, que é atualizada semanalmente pelo Governo do Estado, precisem ser refeitos pelo site www.agendamento.es.gov.br. O Detran|ES lamenta o transtorno.

O órgão reforça que, em atendimento a uma solicitação feita pelo Detran|ES, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) autorizou a prorrogação dos prazos de procedimentos de trânsito. Dessa forma, está prorrogado por tempo indeterminado o prazo para renovação das Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH) e das Autorizações para Conduzir Ciclomotor (ACC), vencidas desde 1º de março de 2020 e com vencimento a partir da data da publicação da Portaria do Contran nº 214/21, em 26 de março de 2021, assim como o prazo de validade das ACC, Permissão para Dirigir (PPD) e CNH vencidas no mesmo período.

O Detran|ES reafirma que, por meio do site www.detran.es.gov.br, o cidadão pode realizar cerca de 60 serviços nas áreas de habilitação, veículos e infrações, que podem ser feitos de forma on-line, sem precisar sair de casa. Dentre os principais serviços on-line estão: emissão de boletos, renovação de CNH, segunda via de CNH, licenciamento anual do veículo, comunicado de venda, recursos de multas, de suspensão, cassação e indicação do real condutor.

Confira a classificação de todos os municípios capixabas:

RISCO BAIXO: Baixo Guandu, Castelo, Colatina, Conceição do Castelo, Iconha, Itaguaçu, Itarana, Jerônimo Monteiro, João Neiva, Marilândia, Mimoso do Sul, Mucurici, Muqui, Piúma, Santa Maria de Jetibá, São Roque do Canaã, Viana e Vila Pavão.

RISCO MODERADO: Afonso Cláudio, Água Doce do Norte, Águia Branca, Alegre, Alto Rio Novo, Anchieta, Apiacá, Aracruz, Atílio Vivácqua, Barra de São Francisco, Boa Esperança, Bom Jesus do Norte, Brejetuba, Cariacica, Conceição da Barra, Divino de São Lourenço, Dores do Rio Preto, Fundão, Governador Lindenberg, Guaçuí, Guarapari, Ibiraçu, Ibitirama, Irupi, Itapemirim, Jaguaré, Laranja da Terra, Linhares, Mantenópolis, Marechal Floriano, Montanha, Muniz Freire, Nova Venécia, Pancas, Pedro Canário, Ponto Belo, Presidente Kennedy, Rio Bananal, Rio Novo do Sul, Santa Leopoldina, Santa Teresa, São Domingos do Norte, São Gabriel da Palha, São José do Calçado, São Mateus, Serra, Sooretama, Vargem Alta, Venda Nova do Imigrante, Vila Valério, Vila Velha e Vitória.

RISCO ALTO: Alfredo Chaves, Cachoeiro de Itapemirim, Domingos Martins, Ecoporanga, Ibatiba, Iúna, Marataízes e Pinheiros.

Leia mais:  Associação de moradores promove festa do bairro mais populoso de Vitória
Continue lendo

Cidades

Capixabas têm madrugada com temperaturas de até 10ºC nesta segunda. Veja previsão!

Publicado

Dados que podem informar se houve recorde de frio ainda não foram divulgados

O inverno ainda não começou de forma oficial, mas já está dando sinais de que está chegando. Quem precisou acordar cedo nesta segunda-feira (14), precisou encarar um friozinho ‘de pocar’. Os dados que podem informar se houve recorde de frio ainda não foram divulgados, mas uma prévia mostra temperaturas de até 10ºC em cidades capixabas.

De acordo com medições das estações automáticas do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), não oficiais para recordes, as menores temperaturas até as 6 h orasforam de 10,3ºC em Santa Teresa; 11,8ºC em Venda Nova do Imigrante; 16,1ºC em Alegre e 16,2ºC em Vila Velha.

Segundo informações do Incaper, a segunda-feira será com diminuição da quantidade de nuvens pelo Estado e apenas é esperada chuva rápida no início do dia nas regiões Nordeste e Grande Vitória. A madrugada é fria pelo Estado, mas ao longo do dia a temperatura diurna aumenta em todas as regiões capixabas.

Recorde de frio

Se muitos capixabas já consideram que 20º C já é motivo para se cobrir, imagina com uma temperatura de 9,5 ºC? Foi este o friozinho registrado na cidade de Venda Nova do Imigrante, por volta das 5h do dia 11 de maio. Até então, recorde de frio no Espírito Santo em 2021.

Leia mais:  Fundo Desenvolve Rio Doce empresta cerca de R$ 53 milhões para negócios de MG e do ES
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana