conecte-se conosco


Cidades

Suzano abre vagas para operações florestais na Bahia, Espírito Santo e Minas Gerais

Publicado

Ao todo, serão cerca de  150 vagas para operadores(as) e mecânicos(as). Haverá também iniciativas de capacitação em parceria com o SENAI

Suzano, que é referência global na produção de bioprodutos desenvolvidos a partir do cultivo de eucalipto, está selecionando profissionais para atuar como operadores/operadoras e mecânicos/mecânicas na área de Colheita Florestal. São cerca de 150 vagas na Bahia, Espírito Santo e Minas Gerais.

As oportunidades também estão abertas para os profissionais de regiões próximas e que tenham disponibilidade para atuar nas seguintes regiões: Itabatã, Posto da Mata e Teixeira de Freitas, na Bahia; Aracruz e Sooretama, no Espírito Santo e Três Marias e Curvelo, em Minas Gerais. Em algumas frentes, haverá capacitação em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI). O processo de contratação está alinhado aos direcionadores da empresa, dentre eles o de “Gente que inspira e transforma”, que visa promover a diversidade e desenvolver profissionais com coragem e competência para fazer acontecer.

Entre os requisitos, o cargo de operador(a) de máquinas florestais necessita de formação no Ensino Fundamental, Carteira Nacional de Habilitação B e curso de operação de máquinas florestais. Já para mecânico(a) florestal, é necessário ter Ensino Fundamental, Carteira Nacional de Habilitação C, certificado do curso de mecânica básica e vivência em manutenção corretiva e preventiva de máquinas e equipamentos florestais.

Leia mais:  Detran vai parcelar taxas de serviços de Habilitação

A operação florestal da Suzano engloba os processos de Silvicultura e Colheita, atuando de forma sustentável na renovação do meio ambiente e na conservação da biodiversidade. A colheita é uma área dinâmica, com desafios e possibilidade de contribuir para a melhoria contínua do processo.

“Prezamos pela diversidade em todas as iniciativas, inclusive no processo de seleção. Na Suzano, visamos promover um ambiente diverso e inclusivo nas frentes Mulheres, Negros, LGBTQ+ (lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transsexuais, quaisquer outros grupos de gênero e sexualidade), Gerações e PCD´s (pessoas com deficiência). Dessa forma, todos que atendam aos requisitos das vagas e queiram fazer parte de um time em constante evolução serão bem-vindos ou bem-vindas!”, destaca Marisa Miranda, Gerente Executiva de Gente e Gestão da companhia.

Links para inscrição

ES:

Operador/Operadora – https://jobs.kenoby.com/Suzano/job/operadora-o-maquinas-florestais/5f47fc075d482c3c46071d36

Mecânico/Mecânica – https://jobs.kenoby.com/Suzano/job/mecanica-o-ii/5f47ffd25f5382540e131115

MG:

Operador/Operadora – https://jobs.kenoby.com/Suzano/job/operadora-o-maquina-florestal/5f3d98f53cb5ba17d60401d5

Mecânico/Mecânica – https://jobs.kenoby.com/Suzano/job/mecanico-a-ii/5f4d0b0a98ccf65910c8905a

BA:

Operador/Operadora – https://jobs.kenoby.com/Suzano/job/operadora-o-maquinas-florestais/5f48031e0c5ea73e3733eac5

Mecânico/Mecânica – https://jobs.kenoby.com/Suzano/job/mecanico-a-ii/5f4d0d818e42691effb58cd9

publicidade

Cidades

Detran leva ações do Maio Amarelo a motociclistas na Terceira Ponte

Publicado

As ações do Maio Amarelo seguem a todo vapor no Estado. Nesta quinta-feira (26), os agentes de educação do Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES) fizeram uma abordagem educativa de conscientização e cuidados no trânsito com motociclistas, na Terceira Ponte. A ação foi realizada em parceria com o Batalhão de Trânsito da Polícia Militar do Espírito Santo (BPtran), a concessionária Rodosol e com o Sindicato dos Motociclistas Profissionais do Estado do Espírito Santo (Sindimotos-ES).

A dinâmica da ação consistia em convidar pequenos grupos de motociclistas a participar de uma conversa rápida com os agentes do Detran|ES, que explicavam sobre o Maio Amarelo, seu objetivo e importância para provocar uma mudança de comportamento dos condutores e, assim, diminuir o número de multas, acidentes e mortes no trânsito.

Familiares e vítimas de acidentes de trânsito também conversaram com os motociclistas, como o senhor Izaías Moreira, que, após perder a filha em um grave acidente na Rodovia do Sol, em 2014, abraçou como missão levar a conscientização aos condutores.

“Eu sempre participo de palestras para alertar às pessoas e percebo que há campanhas educativas, ações de conscientização do Detran e de outros órgãos, mas sinto que aqueles que não passam por isso, não se interessam pelo tema e não adotam atitudes responsáveis no trânsito. A minha filha já se foi e não vai voltar, mas a minha luta hoje é pela vida de todos, quero chamar atenção das pessoas que é preciso mudar o comportamento”, comentou.

Um outro participante, Maurício Silva Junior, sofreu um acidente de trânsito na Avenida Fernando Ferrari, em Vitória, em 2018. O acidente foi tão grave que ele teve a perna esquerda amputada e ficou hospitalizado por cinco meses.

Leia mais:  16 mil professores do ES vão receber bônus até outubro

“Contando a minha história, espero levar os motociclistas a uma reflexão sobre as suas condutas ao guiar suas motos. O meu acidente poderia ter sido evitado. Estava num trajeto que não precisava ser feito durante a madrugada, acabei cochilando e sofrendo um grave acidente. Hoje vivo uma vida diferente da que eu planejava e sonhava em consequência das minhas escolhas”, afirmou.

O diretor geral do Detran|ES, Harlen da Silva, reforçou a importância dessa provocação à reflexão. Segundo ele, o Maio Amarelo está terminando, mas as ações do Órgão, não.

“O Detran|ES, durante todo o ano, desenvolve atividades de conscientização no trânsito em todo o Estado. Atuamos com palestras e atividades lúdicas, voltadas às crianças e jovens, palestras em empresas, faculdades e também abordagens nas ruas, para que assim possamos alcançar a compreensão e absorção da mensagem por públicos de todas as idades”, pontuou.

O diretor ressalta ainda a importância de ações em parceria com outras instituições. “Como o próprio tema da campanha Maio Amarelo deste ano diz, ‘Juntos salvamos vidas’. Então, é com a participação de todos os entes integrados ao trânsito, municípios e a sociedade civil que vamos alcançar um resultado mais positivo”, disse.

Luciano Ferreira Santana, membro da diretoria do Sindimotos-ES, destacou a importância e o objetivo da abordagem realizada.

‘‘Esta abordagem educativa é uma forma de mostrar a realidade de motociclistas que se acidentaram no trânsito e sofreram perdas para toda a vida. Como é o caso do produtor musical Maurício da Silva Junior, que perdeu parte de uma de suas pernas em um trágico acidente. Convidamos o Mauricio para estar presente na ação, com o intuito de mostrar aos motociclistas presentes um caso verídico”, revelou.

Leia mais:  Governo do Estado investe R$ 1,1 milhão na pavimentação de ruas em Apiacá

E continuou: “aproveito ainda, para fazer um apelo aos motociclistas: obedeçam às leis de trânsito, não conduzam a moto em alta velocidade, evitando, assim, acidentes, porque em sua casa, há uma família esperando.’’

Programação

Durante todo o mês de maio, o Detran|ES está desenvolvendo ações educativas e atividades, em parceria com outros órgãos de trânsito e instituições públicas e privadas, com os propósitos de chamar atenção da sociedade para o alto número de acidentes e reforçar a importância da participação de todos, visando à construção de um trânsito mais gentil e seguro em todos os 78 municípios capixabas.

Confira a programação do Movimento Maio Amarelo aqui.

Maio Amarelo

O Maio Amarelo é um movimento internacional de conscientização para a redução de acidentes de trânsito. As atividades realizadas neste mês no Espírito Santo e em todo o mundo têm o objetivo principal de alertar e mostrar a dimensão e o impacto que os acidentes têm no cotidiano.

O tema deste ano, “Juntos salvamos vidas”, foi definido pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e pretende mostrar à sociedade que todos nós, independentemente do nosso ofício, podemos salvar vidas, conhecendo e cumprindo as regras.

Continue lendo

Cidades

Empresa de produtos siderúrgicos anuncia investimento no Espírito Santo

Publicado

O governador do Estado, Renato Casagrande, visitou, na manhã desta quinta-feira (26), a área onde está sendo construída a terceira fábrica da Perfilados Rio Doce (PRD), no bairro Jacuhy, no município de Serra. A empresa faz parte do Grupo RDG Aços do Brasil, especializada na produção de soluções metálicas. Estão sendo investidos mais de R$ 260 milhões na implantação da nova unidade industrial. A estimativa é de geração de 100 empregos na fase de construção e de 240 empregos diretos na etapa de funcionamento.

A empresa aderiu ao Programa de Incentivo ao Investimento no Estado do Espírito Santo (Invest-ES), o que permitiu a expansão da planta industrial, além da geração dos postos de trabalho no Estado.

“É um investimento que irá gerar renda e oportunidades aos capixabas, além de mais desenvolvimento para o nosso Estado. Queremos um Espírito Santo competitivo e mais justo para todos e para chegarmos lá estamos investindo em educação, infraestrutura e demais áreas. Para isso gerar cada vez mais oportunidades aos capixabas”, afirmou o governador Casagrande.

O Grupo RGD Aços do Brasil atua no mercado nacional com uma linha de produtos para aplicação em vários segmentos industriais, como o automotivo e naval, além da construção civil. No Estado, a matriz da PRD está situada em Linhares e a segunda unidade na Serra, onde são fabricados tubos, perfis, chapas e telhas. Essas fábricas estão estrategicamente instaladas em área que totaliza mais de 30 mil metros quadrados. A empresa conta com escritórios comerciais no Espírito Santo, Bahia, Rio de Janeiro e São Paulo.

Para o secretário de Estado de Inovação e Desenvolvimento, Ricardo Pessanha, o Estado tem dado uma importante demonstração de competitividade por meio da política de incentivo fiscal, que tem sido um estímulo para empresas de diversos segmentos.

Leia mais:  Importância do rio Itaúnas é tema de aula de campo para alunos de Pedro Canário

“O Governo tem uma visão ampla da economia capixaba e do potencial de crescimento do Estado, que está em destaque no ambiente econômico nacional em função da competitividade, incentivos fiscais atraentes, segurança jurídica e institucional, qualidade da mão de obra e localização estratégica. Todo trabalho desenvolvido pela Secretaria de Inovação e Desenvolvimento é pautado no acompanhamento do mercado, do diálogo com as empresas que buscam soluções e que desejam conhecer as oportunidades para ampliar seus projetos. O resultado destas ações se reflete diretamente em oportunidades para os capixabas e na melhoria da qualidade de vida no Estado”, salientou Pessanha.

O diretor-geral do Grupo RDG, Ronaldo Roque Campo, explicou que o grupo é proprietário da PRD, sendo que a matriz em Linhares conta com uma unidade no Civit, no município da Serra. A implantação da nova unidade, no Contorno, também na Serra, permitirá a ampliação do mix de produtos da empresa.

“Hoje, atendemos boa parte do Brasil. Com a nova fábrica, vamos ampliar nossa atuação no mercado de tubos de condução, roscas e outros produtos. Esta será a terceira fábrica da Perfilados Rio Doce e o investimento será de R$ 260 milhões. A área industrial terá 54 mil metros quadrados em uma área de 150 mil metros quadrados. A localização estratégica do Espírito Santo favorece a nossa logística de distribuição de produtos”, ressaltou Campo.

Ele acrescentou que a política de incentivo fiscal adotada pelo Governo do Estado foi um motivador para viabilizar o projeto de expansão da empresa e que também terá impacto na geração de empregos no Estado. “Nosso objetivo é crescer de forma sustentável e economicamente atrativa, sendo referência no mercado de produtos metalúrgicos pela competência dos profissionais e a satisfação dos clientes”, disse o diretor geral do Grupo RDG, complementando ainda que existe a previsão de uma segunda etapa de investimento da ordem de R$ 100 milhões, que está em avaliação pelo grupo.

Leia mais:  Com poucos ônibus nas ruas, paralisação no Transcol continua

A subsecretária de Estado de Atração de Investimentos e Negócios Internacionais, Christiane Vargas, também participou da visita.

Grupo RGD

O Grupo RGD atua no mercado nacional, com uma linha de produtos para aplicação em vários segmentos industriais, como o automotivo e o naval, e também na construção civil. No Estado, a matriz da PRD está situada em Linhares e, a segunda unidade, no município de Serra, onde são fabricados tubos, perfis, chapas e telhas.

As fábricas estão estrategicamente instaladas em amplas sedes próprias, que totalizam mais de 30 mil metros quadrados de área. A empresa conta com escritórios comerciais no Espírito Santo, Bahia, Rio de Janeiro e São Paulo.

Invest- ES

O Programa de Incentivo ao Investimento no Estado do Espírito Santo (Invest-ES), regulado atualmente pela Lei nº 10.550/2016 e posteriores alterações, é um instrumento de política pública eficaz, eficiente e efetivo, que tem por objetivo contribuir para a expansão, modernização e diversificação dos setores produtivos do Espírito Santo, estimulando a realização de investimentos.

Também visa possibilitar a implantação e a utilização de armazéns e infraestruturas logísticas existentes, além da renovação tecnológica das estruturas produtivas, a otimização da atividade de importação de mercadorias e bens, e o aumento da competitividade estadual, com ênfase na geração de emprego e renda e na redução das desigualdades sociais e regionais.

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana