conecte-se conosco


Cidades

Suzano integra o Índice Carbono Eficiente da B3

Publicado

Companhia faz parte da lista de empresas reconhecidas por suas boas práticas sustentáveis e pela transparência na gestão de emissões de Gases do Efeito Estufa.

Suzano, referência global na fabricação de bioprodutos desenvolvidos a partir do cultivo de eucalipto, foi selecionada para compor o Índice Carbono Eficiente da B3 (ICO2 B3). A lista de empresas da carteira tem vigência até 30 de abril de 2021 e reúne 62 ações de 58 companhias listadas na Bolsa brasileira. Todas elas pertencem ao IBrX 100, indicador composto pelos 100 ativos mais negociados do mercado de capitais nacional. 

Criado pela B3 em 2010, o Índice Carbono Eficiente contribui para fomentar o desenvolvimento sustentável das empresas na busca por uma sociedade mais consciente e com menos emissão de Gases do Efeito Estufa (GEE). Isso porque as emissões de GEEs são uma das variáveis analisadas para a composição do ICO2 B3, que é rebalanceado a cada quatro meses.

O ingresso da Suzano no ICO2 B3 reitera o comprometimento da companhia com as metas de longo prazo que preveem, entre outras ações, a captura de 40 milhões de toneladas adicionais de carbono da atmosfera até 2030.

“Iniciamos 2021 com mais um reconhecimento à gestão e à transparência da Suzano no tema Mudanças Climáticas. Buscamos constantemente soluções que nos permitam alcançar operações ainda mais eficientes e promover a substituição de produtos de origem fóssil. Ao mesmo tempo, por meio das nossas florestas nativas e dos plantios de eucalipto, contribuímos diretamente para a remoção de CO₂ da atmosfera”, afirma Marcelo Bacci, diretor executivo de Finanças e Relações com Investidores da Suzano.

Além do ICO2 B3, a Suzano também integra o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) e o Índice Dow Jones de Sustentabilidade – Mercados Emergentes (DJSI Emerging Markets). Também foi a segunda companhia do mundo e a primeira do Hemisfério Sul e das Américas a emitir títulos sustentáveis (Sustainability-linked bonds) em empréstimos atrelados a metas ambientais. Essas conquistas marcaram o ano de 2020 e colocaram a Suzano em destaque internacional por sua jornada ESG (Environmental, Social, and Corporate Governance, ou Ambiental, Social e de Governança Corporativa, em português).

Leia mais:  Municípios fazem balanço das arboviroses registradas em 2019
publicidade

Cidades

Jaguaré recebe primeira remessa de doses da Vacina contra COVID

Publicado

Quarta-feira, dia 20 de Janeiro de 2021, um dia histórico para a saúde pública de Jaguaré. A Secretaria Municipal de Saúde, através da Vigilância Epidemiológica, recebeu a primeira remessa contendo 113 doses da Vacina contra a Covid-19. 


Seguindo as orientações do Governo do Estado, as primeiras 113 doses recebidas do imunizante produzido pela Sinovac/Instituto Butantan, foram entregues pela Regional Norte, e serão aplicadas em alguns profissionais da saúde que estão na linha de frente do combate à Pandemia.
A Enfermeira Elaine Moreschi, da ESF Jirau, foi a primeira profissional à receber a dose do imunizante. A Vigilância Epidemiológica informou que a sequência da vacinação vai seguir alguns protocolos de distribuição.
De acordo com o Prefeito Marcos Guerra, a chegada da vacina representa a esperança de dias melhores: “o momento é de alegria, que Deus possa nos abençoar, e que em breve toda a população possa estar vacinada.”

Leia mais:  Aeroporto de Vitória é apontado como o 2º melhor do Sudeste
Continue lendo

Cidades

Comércio poderá funcionar normalmente no Carnaval, informa Fecomércio-ES

Publicado

A Fecomércio destaca que o empregador pode estabelecer o trabalho normal do empregador ou negociar com os funcionários a dispensa do trabalho mediante acordo de compensação.

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Espírito Santo (Fecomércio-ES), informou, por meio de nota, que o comércio poderá funcionar normalmente no Carnaval 2021. O comunicado, divulgado nesta terça-feira (19), lembra que a data é apenas tradição e não se enquadra como feriado. 

“Esclarecemos, que em alguns Estados e municípios brasileiros, a terça-feira de Carnaval e a Quarta-feira de Cinzas são reconhecidos como ‘feriados’ por determinação de lei, e por isso, estão sendo transferidos para outros dias do corrente ano, em razão das consequências geradas pela pandemia. No Estado do Espírito Santo, porém, não há norma estadual. E, quanto ao reconhecimento do Carnaval como feriado pelos Municípios do Estado do Espírito Santo, deverão ser consultadas a legislação de cada municipalidade”, diz a nota.

A Fecomércio destaca que o empregador pode estabelecer o trabalho normal do empregador ou negociar com os funcionários a dispensa do trabalho mediante acordo de compensação. Além disso, nas localidades onde a data não é considerada feriado, a segunda e a terça-feira, além da Quarta-Feira de Cinzas, podem ser ou não definidas como trabalho facultativo.

Veja o comunicado!

Leia mais:  Municípios fazem balanço das arboviroses registradas em 2019
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana