conecte-se conosco


Camisa 10

Técnica búlgara realiza treinamento intensivo com ginastas capixabas

Publicado

A técnica de ginástica rítmica da Bulgária, Valya Mashova, inicia, nesta quarta-feira (29), um período de treinamento intensivo com ginastas capixabas. Valya passará 15 dias no Estado treinando as atletas na sede da Secretaria de Esportes e Lazer (Sesport), em Vitória. Os treinos acontecerão no Ginásio de Ginástica Rítmica e Artística Eduarda Mello Queiroz até o dia 12 de fevereiro.

Ao todo, 13 ginastas participarão das sessões de treinamento, sendo 12 capixabas e uma atleta convidada da Bahia. Natalia Gaudio, medalha de bronze nos Jogos Pan-Americanos de 2019; Geovanna Santos, que conquistou quatro ouros nos Jogos Escolares da Juventude (JEJ) em 2019; e Emanuelle Felberk, campeã sul-americana em 2018, são algumas das atletas que participarão das sessões de treino.

Além das ginastas, a ex-técnica da Seleção Brasileira de ginástica rítmica e atual treinadora das ginastas capixabas, Mônica Queiroz, acompanhará também o período de treinamento com a técnica Búlgara.


A treinadora das capixabas comentou sobre a importância desse estágio preparatório. “É muito importante ter esse estágio coordenado pela treinadora búlgara com nossas ginastas, pois esperamos que esse seja o passo inicial para um ano muito proveitoso”, frisou Mônica Queiroz.

Multicampeã dos JEJ do ano passado, Geovanna Santos afirmou que já teve a oportunidade de treinar com Valya no passado e espera que a experiência desta vez seja tão boa quanto a da última visita da treinadora.

“Quando eu tinha oito anos treinei com ela na Sesport e foi uma experiência incrível, um verdadeiro aprendizado, afinal fora do Brasil a ginástica é mais valorizada e a convivência nos permite aprender isso e nos aprimorar ainda mais”, comentou a atleta que se prepara para disputar um campeonato internacional de ginástica em maio, na cidade de Portimão, em Portugal.

Treinos

Leia mais:  Goleiro do Flamengo testa positivo para Covid-19 e não pega o Bahia

Para aproveitar ao máximo o período da treinadora no Brasil, as sessões de treinamento das ginastas serão ampliadas. Em vez de treinar só na parte da tarde, os treinos com Valya acontecerão em dois turnos, sempre pela manhã e à tarde.

publicidade

Camisa 10

Arrascaeta é convocado e vira desfalque do Flamengo no Cariocão 2021

Publicado

Além do uruguaio, outros jogadores do rubro-negro tem a chance de serem convocados para defenderem suas seleções

A seleção uruguaia anunciou a convocação oficial para os próximos compromissos, diante de Argentina, dia 26 de março (fora), e Bolívia, dia 30 (em casa), pelas eliminatórias sul-americanas da Copa do Mundo de 2022. Como já esperado pela diretoria do Flamengo, o meio-campista Arrascaeta foi convocado e será o primeiro desfalque do time no mês.

Assim como o restante do elenco principal, Arrascaeta se reapresentará no clube no dia 15 de março, após o recesso do final da última temporada. Dessa forma, o uruguaio deve ser baixa no rubro-negro nos jogos contra Botafogo (dia 23), Boavista (27) e Bangu (31), pelas 5ª, 6ª e 7ª rodadas do Cariocão 2021, respectivamente. O anúncio da convocação foi nesta sexta-feira (5).

Pode ser até que o meia se reapresente após o clássico contra o Botafogo ou antes de enfrentar o Bangu, mas pelo curto espaço de tempo a tendência é que ele seja desfalque mesmo nas duas partidas.

Além de Arrascaeta, o Flamengo deve perder Maurício Isla, do Chile, nome carimbado em sua seleção. E o risco de perder brasileiros também é grande, já que as convocações podem ser apenas de jogadores que atuam no continente sul-americano. Entre os rubro-negros que já foram chamados em outras oportunidades, estão Everton Ribeiro, Gabigol e Pedro.

Ainda sem o time principal e o técnico Rogério Ceni, o Flamengo de Maurício de Souza e dos garotos do Ninho volta à campo neste sábado, às 18h, contra o Macaé, no Maracanã, em duelo válido pela 2ª rodada do Cariocão 2021.

Leia mais:  Holyfield afirma acreditar em novo duelo contra Mike Tyson e desafia: "Vamos fazer isso, baby"
Continue lendo

Camisa 10

Ministério Público recomenda que CBF suspenda o futebol no Brasil

Publicado

Presidente da Comissão Nacional de Combate e Prevenção à Violência nos Estádios, do MP, quer a suspensão de todas as competições nacionais como medida para conter o avanço da Covid-19

O Ministério Público vai recomendar à CBF a suspensão de todas as partidas de futebol no Brasil. A carta deverá ser assinada em conjunto pelos presidentes das comissões estaduais que tratam da segurança nos estádio.

– A Comissão Nacional decidiu emitir uma nota técnica recomendando à CBF a suspensão de toda e qualquer competição por ela organizada, em face da situação que hoje o Brasil atravessa, com o crescente número de pessoas falecidas e contaminadas. (Valberto Lira)

– Todos os colegas que integram a comissão entendem que se não houver o acatamento dessa recomendação, serão ajuizadas ações em todos os estados. Vivemos uma situação que preocupa a todos e esses deslocamentos de equipes de um estado para outro trará mais possibilidade de contágio – explicou o presidente da Comissão Nacional de Combate e Prevenção à Violência nos Estádios do Ministério Público.

Mais cedo, Valberto Lira já havia se posicionado contra a realização de partidas de futebol na Paraíba. Em ofício que será enviado à CBF, ele recomendou que a partida entre Treze x Altos, pela Copa do Nordeste, marcada para sábado, seja cancelada. O mesmo vale o jogo Campinense x Bahia, na próxima terça-feira, pela Copa do Brasil.

– Futebol não é atividade essencial. As atividades essenciais estão elencadas no decreto do governo do estado. Nós estamos dizendo à CBF que não poderão acontecer esses jogos. Estamos recomendando também à Polícia Militar para impedir esses jogos no estado da Paraíba – disse Valberto, que também é presidente da Comissão de Combate e Prevenção à Violência nos Estádios da Paraíba.

Valberto Lira, presidente da Comissão Nacional de Prevenção e Combate à violência nos estádios, pede a suspensão do futebol no país — Foto: Lucas Barros / GloboEsporte.com

Valberto Lira, presidente da Comissão Nacional de Prevenção e Combate à violência nos estádios, pede a suspensão do futebol no país

Leia mais:  Inter perde para o Sport e desperdiça chance de disparar na ponta
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana