conecte-se conosco


Moda e Beleza

Trança é destaque nos penteados das atletas de Tóquio, inspire-se

Publicado

Representantes de diferentes esportes e países usaram os cabelos presos e trançados de diversas maneiras

As atletas que participam das Olimpíadas de Tóquio 2020 precisam estar com os cabelos sempre presos para que os fios não atrapalhem seus desempenhos durante as competições. Muitas delas, além de prendê-los, usam tranças – seja para dar mais firmeza ou charme ao penteado. Confira exemplos e inspire-se.

A norte-americana Sunisa Lee prendeu os cabelos em um coque e usou uma trança na horizontal para enfeitar o penteado na última quinta-feira (29), quando ganhou a medalha de ouro na prova individual geral da ginástica artística

A norte-americana Sunisa Lee prendeu os cabelos em um coque e usou uma trança na horizontal para enfeitar o penteado na última quinta-feira (29), quando ganhou a medalha de ouro na prova individual geral da ginástica artística.

De outro ângulo, é possível ver mais detalhes de seu penteado

De outro ângulo, é possível ver mais detalhes de seu penteado.

Jade Carey, que também integra a seleção feminina de ginástica artística do Estados Unidos, usou tranças presas de lado e um laço para incrementar o tradicional rabo de cavalo

Jade Carey, que também integra a seleção feminina de ginástica artística do Estados Unidos, usou tranças presas de lado e um laço para incrementar o tradicional rabo de cavalo.

Entre as atletas do handebol, também já houve muitos exemplos de tranças. Ana Paula Belo, do Brasil, usou a do tipo raiz - também chamada de nagô - ao entrar em campo contra a Hungria na terça-feira (27). Essas são as mais tradicionais tranças africanas. Rentes ao couro cabeludo, elas se caracterizam por formar desenhos no topo e na lateral da cabeça

Entre as atletas do handebol, também já houve muitos exemplos de tranças. Ana Paula Belo, do Brasil, usou a do tipo raiz – também chamada de nagô – ao entrar em campo contra a Hungria na terça-feira (27). Essas são as mais tradicionais tranças africanas. Rentes ao couro cabeludo, elas se caracterizam por formar desenhos no topo e na lateral da cabeça.

Larissa Araujo mostrou carisma e deixou as tranças em evidência nesta foto registrada enquanto ela comemorava um gol feito na partida contra a Hungria

Larissa Araujo mostrou carisma e deixou as tranças em evidência nesta foto registrada enquanto ela comemorava um gol feito na partida contra a Hungria.

Tamires Araujo, também da seleção feminina de handebol do Brasil, combinou tranças e coque para amarrar os cabelos durante o jogo

Tamires Araujo, também da seleção feminina de handebol do Brasil, combinou tranças e coque para amarrar os cabelos durante o jogo.

Bruna Paula, outra representante do Brasil no handebol, estava com o cabelo todo trançado e preso em um coque durante o jogo com a Espanha na quinta-feira (29), no qual ela marcou gol

Bruna Paula, outra representante do Brasil no handebol, estava com o cabelo todo trançado e preso em um coque durante o jogo com a Espanha na quinta-feira (29), no qual ela marcou gol.

Tina Graudina, da Letônia, também estava de tranças na quarta-feira (28), quando venceu a dupla brasileira no vôlei de praia

Tina Graudina, da Letônia, também estava de tranças na quarta-feira (28), quando venceu a dupla brasileira no vôlei de praia.

Leia mais:  Tendência de maquiagem 2020: tudo que vai estar na moda
publicidade

Moda e Beleza

Especial Setembro Amarelo: Como o mercado da beleza pode levar ao suicídio?

Publicado

Por Luzia Costa

Setembro é o mês dedicado a valorização da vida e a prevenção do suicídio. Um assunto preocupante que deve ser levado a sério por todos. Muitas vezes um amigo, um parente, alguém muito próximo que convive com você diariamente pode demonstrar ser divertido, estar bem, mas pode passar por problemas que desconhecemos. E pasmem, na maioria das vezes estão enfrentando momentos difíceis, sozinhos, e não percebemos.

Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontam que por ano mais de 1 milhão de pessoas se suicidam no mundo. Impressionante este número, não é mesmo?! No Brasil, anualmente há um registro de 13 mil casos.

É muito comum vermos cada vez mais jovens preocupados com a aparência, com status e com a necessidade de mostrar uma vida feliz e estável nas redes sociais. A procura por um corpo e rosto perfeitos acabam sendo metas de vida nos dias de hoje.

Quantas pessoas do seu convívio que você já ouviu dizer: “quero ser magra”, “queria um nariz igual da atriz”, “quero emagrecer”, “queria meu cabelo assim”, e vários outros discursos como esses no dia a dia?!

Leia mais:  Macacão jeans: confira looks com a peça
Na Sóbrancelhas, nossa rede de embelezamento do olhar e da face, frequentemente lidamos com situações parecidas, onde clientes chegam até nossas lojas com fotos de atrizes e influenciadoras, querendo as sobrancelhas idênticas, por exemplo. Porém, não é possível, afinal cada rosto tem seu desenho e sua própria beleza.

Percebemos uma excessiva imposição a um padrão de beleza por essa geração. A mídia, principalmente a internet sempre pregou o que é bonito, o que é melhor, e se você não faz parte desse modelo, você está fora, não serve, ou você é inferior aos demais.

Há estudos que comprovam que na área profissional também é afetada por todo essa exigência. Muitas esteticistas competentes também sofrem esse tipo de preconceito por não fazer parte do padrão “magro”.

E todo esse bombardeio pelo padrão da beleza gera a dificuldade de lidar com a vida real, o que pode acarretar desde quadros de ansiedade à depressão, podendo levar até ao suicídio.

O que precisamos fazer, principalmente nós da área da beleza é incentivar as pessoas a se aceitarem como elas são, dar importância a beleza natural. É possível e importante ter a autoestima elevada do jeito que somos, das mais diversas formas que cada ser humano é. Jamais transforme em um refém do padrão de beleza que nos é imposto!

Leia mais:  Como montar looks com tipos de xadrez tradicionais para o inverno
Lembrem-se: tenham empatia com você mesmo e com o próximo.

Continue lendo

Moda e Beleza

Esta é a estampa que você vai querer usar no próximo verão

Publicado

O cogumelo invadiu a moda nas coleções apresentadas na semana de moda de Nova York

Ingrediente comentado do momento, seja como base para indústrias como a da beleza ou por seu uso medicinal, o cogumelo invadiu também a moda. 

Monse (Foto: Reprodução/ Instagram)

Depois de servir como matéria-prima para um novo material alternativo ao couro, produzido a partir do micélio (as “raízes” do fungo), no qual estão apostando marcas como Stella McCartney e Hermès, ele também vem protagonizando estampas, bordados e bijoux.

Brandon Maxwell (Foto: ImaxTree)

“Ele é universalmente entendido como estranho e maravilhoso”, diz Polly Walters, da agência de previsão de tendências WGSN, explicando que a imagem do ingrediente estaria diretamente associada a um símbolo de bem-estar. 

Rodarte (Foto: ImaxTree)

Nas passarelas de Nova York, apareceu nos looks de verão 2022 das grifes Brandon Maxwell, Rodarte e Monse.

Monse (Foto: Reprodução/ Instagram)

Leia mais:  'Cabelo de praia': Como manter o efeito o ano todo
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana