conecte-se conosco


Segurança

Três pessoas são detidas após denúncia de aglomeração e som alto

Publicado

Durante a confusão, o dono da caixa de som tentou jogar uma moto contra a equipe e tentou agredir um policial

Três pessoas foram detidas após uma confusão no bairro Nova Carapina 1, na Serra. A Polícia Militar informou que recebeu uma denúncia de aglomeração e som alto na região, e assim que chegou ao local, a equipe se deparou com cerca de 20 pessoas ouvindo música em uma rua.  

Uma delas, segundo a polícia, se apresentou como dono de uma caixa de som que estava sendo usada, se exaltou e desobedeceu a ordem de desligar o aparelho. Após o ocorrido, o grupo foi para uma casa e o som, novamente, foi ligado. Desacatando os policiais, o dono do aparelho teria dito ainda que dentro da residência ninguém desligaria o som. 

A polícia deu voz de prisão e exigiu que o homem saísse da residência. Diante disso, segundo a PM, o homem pediu que os moradores agredissem os policiais para evitar a prisão. Durante a confusão, o dono da caixa de som ainda tentou jogar uma moto contra a equipe e tentou agredir um policial.

Assim que os policiais entraram na casa, dois homens tentaram jogar copos de vidro em direção à eles, além do dono da casa também ter jogado uma garrafa de vinho contra a equipe. Os policiais então fizeram disparos de arma não letal, mas o suspeito não se rendeu e pegou até um facão. 

Depois de tanta confusão, a polícia conseguiu conter o homem, que precisou ser levado para hospital por conta de ferimentos. Em seguida, ele foi encaminhado para a Delegacia Regional da Serra. Duas pessoas que se envolveram na briga também acabaram detidas. 

A Polícia Civil informou que o conduzido de 37 anos foi autuado em flagrante pelos crimes de resistência e desacato, pagou fiança estipulada pela autoridade policial e vai responder em liberdade. Os outros dois foram autuados por resistência, assinaram Termo Circunstanciado e vão responder em liberdade.

Leia mais:  Homem que estuprou e engravidou sobrinha de 10 anos no ES é condenado a 44 anos de prisão
publicidade

Segurança

Mototaxista de 43 anos é morto á tiros em São Gabriel da Palha

Publicado

O crime aconteceu no final da noite detsa quarta-feira (5), próximo a quadra de esportes do bairro Boa Vista, em São Gabriel da Palha, segundo informações da Polícia Militar, o CCO foi acionado por volta das 23h20min com a informação que havia um motoqueiro baleado no local.

Ao chegar no local os policiais constataram que se tratava de um mototaxista e já estava sem vida, segundo a PM, o mototaxista foi identificado por Marcelo Pelegrini, 43 anos, ele estava caído com sua moto sobre o corpo e foi atingido por disparos de arma de fogo. Durante o trabalho da perícia foi encontrado em seu bolso 2 papelotes de cocaína e um envólucro com 59 pedras de crack.

A PM recebeu uma denúncia anônima informando que o mototaxista estava parado próximo a quadro de esportes falando no telefone quando um indivíduo em uma moto se aproximou e efetuou cerca de quatro disparos, em seguida fugiu em direção ao bairro Santa Helena. O local do crime, segundo a PM tem uma atuação intensa do tráfico de drogas.

Investigadores da Polícia Civil estiveram no local em busca de informações que auxilie na investigação. Qualquer informação pode ser passada de forma anônima pelo 181 ou 3727-3770.

Leia mais:  Benefício da saída temporária é compatível com prisão domiciliar por falta de vagas em semiaberto
Continue lendo

Segurança

Corpo de jovem é encontrado parcialmente carbonizado em lavoura de café

Publicado

A vítima foi até a cidade de Mantenópolis na companhia de um amigo para resolver algumas pendências. A motivação do crime ainda é desconhecida

O corpo de um homem foi encontrado nesta quarta-feira (03), parcialmente carbonizado em uma lavoura de café, em Mantenópolis, no noroeste do Espírito Santo. A vítima foi identificada como João Pedro Vargas, de 25 anos. 

De acordo com a Polícia Militar, uma pessoa encontrou o corpo e acionou a equipe. A polícia informou que, após o corpo ser encontrado, o amigo da vítima foi até o local e reconheceu o rapaz pelas roupas. 

A Polícia Civil foi questionada sobre a investigação do caso, mas até a publicação desta reportagem, não foi dado um retorno. Assim que informações forem enviadas, o conteúdo será atualizado. 

Leia mais:  Missionária é baleada em Ulisses Guimarães; mulher protegeu amiga e criança com o corpo
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana