conecte-se conosco


Segurança

Unidades prisionais fazem doação de brinquedos a crianças

Publicado

Crianças que fazem tratamento no Hospital Infantil Francisco de Assis (Hifa) e do Orfanato Aprisco Rei Davi, ambos em Cachoeiro de Itapemirim, receberam da Secretaria da Justiça (Sejus) diversos brinquedos produzidos pelo sistema prisional.

A entrega de bonecos feitos em tecido e em crochê foi realizada, na última quinta-feira (24), por servidores da Penitenciária Regional de Cachoeiro de Itapemirim (PRCI).
Os materiais foram produzidos por internos da Penitenciária de Segurança Máxima 1 e Penitenciária de Segurança Média 1, no complexo de Viana.

O diretor da PRCI, Márcio Felipe, destacou que as doações tiveram um significado especial para as crianças.

“Muitas delas nunca ganharam um brinquedo de Natal. Foi uma maneira de tornar a data mais especial para essas crianças que passam por alguma dificuldade. A parceria com as demais unidades foi essencial para concretizar nossa ideia. Tudo partiu após uma conversa com a diretora adjunta da PRCI, Silvane Resende. O filho dela precisou realizar um tratamento no Hospital Infantil, quando ela percebeu que doações de brinquedos podem levar um pouco de alegria aos pequenos que passam por momentos adversos”, disse Marcio Felipe.


Confraternização em Colatina
A Penitenciária de Segurança Média de Colatina (PSMECOL) promoveu uma confraternização de final de ano com internos que cumprem pena na unidade. O evento contou com a banda de música da PSMECOL, composta por detentos, e do coral que a acompanha. Uma peça teatral, recitais e poemas também fizeram parte da confraternização.

Leia mais:  Governador anuncia construção de nova unidade prisional de regime fechado
publicidade

Segurança

Quase 13 mil aparelhos que burlam sinais de TV por assinatura são apreendidos pela Receita Federal

Publicado

Nos últimos quatro meses de 2020, a Receita Federal apreendeu cerca de 900 mil aparelhos do tipo

A Receita Federal apreendeu, nesta segunda-feira (25), um total de 12.800 aparelhos que burlam sinais de transmissão de canais de TV por assinatura, os conhecidos TV Box. A apreensão encontrou diversos modelos do aparelho no Porto Seco de Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro.

O trabalho foi resultado do trabalho da Divisão de Vigilância e Repressão ao Contrabando e Descaminho da Receita Federal na 7ª Região Fiscal, que compreende os estados do Rio de Janeiro e do Espírito Santo.

Esta não é a primeira apreensão do tipo. Nos últimos quatro meses de 2020, a Receita Federal apreendeu cerca de 900 mil aparelhos do tipo. Apenas no Rio de Janeiro foram aproximadamente 800 mil unidades, o equivalente a um prejuízo de R$ 600 milhões para o crime organizado.

Uma das apreensões aconteceu em outubro do ano passado. Na época, mais de 60 mil aparelhos foram apreendidos no Porto de Itaguaí e nos Portos Secos de Nova Iguaçu e Resende, em todo o Estado do Rio de Janeiro. A apreensão representou um prejuízo superior a R$ 50 milhões ao crime organizado, especificamente a grupos de milicianos que se dedicam ao contrabando e a essa modalidade criminosa.

Leia mais:  Acusado de estuprar duas filhas e três sobrinhas é preso
Continue lendo

Segurança

Irmão de um dos traficantes mais procurados do ES é preso

Publicado

Thiago Moraes Pereira Pimenta, mais conhecido como “Panda” é irmão do “Marujo”, que segundo a polícia, é responsável por comandar o tráfico de drogas nos bairros Da Penha e São Benedito

Durante a nova fase da Operação Sentinela, da Polícia Militar, seis suspeitos foram detidos na tarde desta segunda-feira (25) no Bairro da Penha, em Vitória. Entre eles está o irmão de um dos homens mais procurados do Espírito Santo.

Thiago Moraes Pereira Pimenta, mais conhecido como “Panda”, é irmão do “Marujo”, que segundo a polícia, é responsável por comandar o tráfico de drogas nos bairros Da Penha e São Benedito, na capital. Thiago já possuía dois mandados de prisão em aberto por tráfico de drogas.

A polícia também informou que esta é uma detenção de suma importância para desarticular o tráfico de drogas no Bairro Da Penha. Segundo o comandante da PM, Coronel Caus, o irmão do Marujo também chefia o tráfico de drogas no bairro e estaria diretamente ligado ao irmão.

Além dos suspeitos, a polícia também apreendeu três armas de fogo, sendo duas pistolas de 9mm e uma pistola 380, seis celulares, crack, maconha, haxixe, rádios comunicadores e munições de vários calibres. Ainda de acordo com informações da polícia, todo material apreendido foi encontrado em casas onde estavam o Thiago e os outros cinco homens detidos.

Leia mais:  Governador anuncia construção de nova unidade prisional de regime fechado
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana