conecte-se conosco


Cidades

Veja as regras para reabertura de lojas em 72 municípios do ES

Publicado

O horário de funcionamento, por exemplo, passa a ser de 10 às 16 horas, e todos os funcionários deverão usar máscaras obrigatoriamente

Os comércios de 72 municípios do Espírito Santo já podem voltar a funcionar. As novas regras estabelecidas pelo governo do Espírito Santo já valem desde segunda-feira (20), mas devido aos feriados, em grande parte dos locais liberados, a reabertura deve ocorrer somente a partir desta quarta-feira (22).

Para a flexibilização, os comerciantes deverão cumprir algumas regras. O horário de funcionamento, por exemplo, passa a ser de 10 às 16 horas, e todos os funcionários deverão usar máscaras obrigatoriamente, sendo mantida a recomendação para os clientes.

A decisão foi anunciada pelo governador Renato Casagrande, durante entrevista coletiva, por meio da internet, realizada no sábado (18). De acordo com ele, as lojas ainda devem manter o distanciamento entre os clientes, sendo 1 cliente a cada 10 metros quadrados.

As regras valem para municípios com risco considerado baixo e moderado. Galerias e centros comerciais devem funcionar com metade da capacidade, ou seja, um cliente a cada 14 metros quadrados. Ficam de fora apenas os municípios da Grande Vitória e de Alfredo Chaves, onde permanecem valendo as medidas anunciadas anteriormente.

Nos municípios da Grande Vitória, algumas alterações serão realizadas, de forma especial, no transporte público. Entre as regras citadas por Casagrande estão a restrição de passageiros sentados, a instalação de dispensers de álcool em gel nos terminais e a obrigatoriedade do uso de máscaras.

De acordo com Casagrande, os municípios podem ainda definir novas regras, com base nas orientações do governo. Segundo ele, caso alguma cidade descumpra a recomendação, o decreto pode ser alterado para o município específico.

Áreas de risco

Casagrande disse que pretende analisar cada município para determinar medidas de contenção do novo coronavírus. O governador apresentou tabelas de medidas restritivas que foram elaboradas de acordo com o risco que cada município oferece em relação ao contágio da covid-19.

“Classificamos os municípios do Estado, em relação à contaminação, em ‘leve’, ‘moderado’ e ‘severo’. Em casos de cidades com até 23 contaminados por 100 mil habitantes, que são 63 municípios de baixo risco, ou risco leve. Em risco moderado, temos os municípios que tem acima de 23/100 mil habitantes até 34/100 mil habitantes. São os 10 que fazem divisa com a Grande Vitória. E com risco severo, com contaminação acima de 35/100 mil habitantes estão os cinco municípios da Grande Vitória mais Alfredo Chaves, que tem um índice de 76/100 mil habitantes”

Veja as medidas que devem ser respeitadas pelos municípios de acordo com sua classificação:

Risco Baixo: VERDE

Medidas Sociais:

– Orientação/conscientização para isolamento social e distanciamento social (Disk Aglomeração);

– Orientação/conscientização para adoção de medidas de proteção (máscaras e higiene);

– Abordagem às pessoas para orientação;

– Comunicação social, por meio de rádio, carros de som e outros;

– Monitoramento de casos suspeitos e infectados;

– Instalação do Sistema de Comando de Operações e elaboração de plano de contingência;

– Municípios acima de 50 mil habitantes deverão instalar um centro de comando geral e um centro de comando em saúde;

– Recomendação para que as pessoas dos grupos de risco permaneçam em isolamento total.

Medidas Comerciais:

– Funcionamento de todos os estabelecimentos com medidas qualificadas: um cliente por dez metros quadrados, obrigatoriedade do uso de máscaras para funcionários e observação do distanciamento social em filas;

– Escalonamento de horários de funcionamento por, no mínimo, dois turnos em municípios acima de 70 mil habitantes, com organização a critério do Município;

– Galerias e centros comerciais devem funcionar com 50% da ocupação (uma pessoa por 14 metros quadrados).

Transporte Público:

– Higienização de veículos em nível Covid-19;

– Proteção obrigatória para tripulação (máscaras, álcool e luvas);

– Distanciamento entre pessoas em filas para embarque;

Limites municipais:

– Orientação para controle de entrada no município com barreiras sanitárias, por meio da autoridade municipal;

– Barreira sanitária nas rodoviárias.

Risco Moderado: AMARELO

Medidas Sociais:

– Adoção de todas as medidas previstas para municípios do grupo de Risco Leve;

– Recomendação do isolamento social com intervenção local da autoridade pública;

– Recomendação das medidas de proteção (uso de máscara e ampliação das medidas de higiene);

– Abordagem às pessoas para recomendação;

– Monitoramento casos confirmados e suspeitos;

Medidas Comerciais:

– Funcionamento de todos os estabelecimentos com medidas qualificadas com obrigatoriedade do uso de máscaras para funcionários e clientes;

– Escalonamento de horários de funcionamento por, no mínimo, dois turnos em municípios acima de 70 mil habitantes, com organização a critério do Município;

– Lojas em galerias e centros comerciais devem funcionar em apenas um dos dois turnos previstos.

Transporte Público:

– Limitação de pessoas por veículo (redução de 35% da frota);

– Recomendação da utilização do CartãoGV (válido para a Grande Vitória);

– Lavagem dos pontos de ônibus com água e sabão pelo Município;

– Diminuição da oferta do serviço “bacurau” e suspensão do serviço aos domingos;

– Higienização dos veículos nos terminais por período;

– Suspensão da utilização do transporte público por idosos em horários de pico.

Limites Municipais:

– Orientação para controle de entrada no município com barreiras sanitárias, por meio de autoridade municipal;

– Barreira sanitária nas rodoviárias.

Risco Alto: VERMELHO

Medidas Sociais:

– Adoção de todas as medidas previstas para municípios dos grupos de Risco Leve e Moderado;

– Determinação de isolamento social com intervenção local e aplicação de sanção;

– Determinação às pessoas para uso de máscaras;

– Monitoramento casos suspeitos e infectados.

Medidas Comerciais:

– Funcionamento dos estabelecimentos considerados essenciais e de estabelecimentos autorizados por regras dispostas em decretos com medidas qualificadas, definidas em protocolos específicos;

– Aplicação de multa;

Transporte Público:

– Restrição de passageiros em pé;

– Instalação de dispositivos de álcool em gel nos terminais;

– Obrigatoriedade do uso de máscaras para tripulantes e passageiros;

– Suspensão do serviço “bacurau” e aos finais de semana (sábado a partir das 14 horas).

Limites Municipais:

– Barreiras sanitárias nos limites dos municípios com controle rigoroso, por meio de autoridades municipal e estadual com o apoio das Forças Armadas;

– Barreira sanitária nas rodoviárias.

Leia mais:  Seag realiza ato de fechamento de comporta da barragem em Montanha
publicidade

Cidades

Banestes libera mais de R$ 100 milhões em microcrédito em 2020As linhas beneficiaram mais de 11,5 mil pequenos empreendedores de todos os municípios do Estado

Publicado

As linhas de Microcrédito operadas pelo Banco do Estado do Espírito Santo (Banestes), durante o ano de 2020, atingiram volume recorde de liberações na história do banco, no valor total de R$ 103 milhões em concessões de crédito, para mais de 11,5 mil pequenos empreendedores de todas as regiões do Espírito Santo.

Devido aos impactos econômicos causados pela pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), o Microcrédito foi um mecanismo muito importante de apoio ao empreendedorismo capixaba. O Banestes operou linhas de microcrédito emergencial, com condições especiais, por meio do Programa Nossocrédito e em parceria com a Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo (Aderes).

Além disso, o banco realizou a operação da linha de microcrédito de até R$ 5 mil a juros zero, com a garantia do Fundo de Aval, mecanismo garantidor à contratação de operações do crédito criado pelo Governo do Estado do Espírito Santo, em parceria também com o Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes).

O presidente do Banestes, José Amarildo Casagrande, celebra o resultado e enfatiza a atuação de destaque do Banestes no cenário nacional, nas operações do microcrédito. “O Banestes é uma referência em microcrédito no Brasil. Por meio da operação das linhas, fazemos a diferença na vida dos capixabas, na oferta de crédito com condições diferenciadas aos empreendedores de menor porte, até mesmo aos informais, que não possuem renda comprovada. Temos o compromisso de atuar em prol do fortalecimento econômico do Espírito Santo”, destaca Casagrande.

Em 2020, o produto teve seus processos modernizados, para tornar os trâmites ainda mais ágeis. Para 2021, a expectativa é a permanência da atuação emergencial, enquanto perdurar a situação de calamidade pública, e de mais investimentos em prol da digitalização dos processos de Microcrédito, além de novas imersões e treinamentos com as equipes da Rede de Agências do Banestes, para aprimorar ainda mais os atendimentos aos capixabas.

Sobre o Programa Nossocrédito

O Programa Nossocrédito, do Governo do Estado, é fruto da parceria entre Banestes, Aderes, Bandes, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Espírito Santo (Sebrae-ES) e prefeituras.

O Nossocrédito está presente em todos os 78 municípios do Estado, oferecendo crédito produtivo de maneira simples e com taxas reduzidas, além de fornecer orientação técnica aos empreendedores capixabas.

Projeto Crescemos Juntas

Em dezembro de 2020, o Governo do Estado, por meio da Aderes e do Banestes, anunciou ainda o lançamento do Projeto Crescemos Juntas, que oferece, além da assessoria de especialistas, linhas especiais de microcrédito para empreendedoras capixabas. O projeto tem como objetivo fomentar o empreendedorismo feminino no Estado.

Duas novas linhas especiais de microcrédito foram disponibilizadas pelo Banestes para o Projeto Crescemos Juntas. As linhas de crédito destinam-se, exclusivamente, para as mulheres que participarem das capacitações realizadas na trilha do empreendedorismo, ofertadas pelo Programa Agenda Mulher.

Informações completas estão disponíveis em:
https://www.banestes.com.br/informes/2020/2020_12_11_01.html

Leia mais:  ES: Resultado do Processo Seletivo para Professores em Designação Temporária
Continue lendo

Cidades

VÍDEO | Parte de montanha se desprende e assusta moradores em Água Doce do Norte

Publicado

A pedra ficou poucos centímetros de distância do muro da casa em Vila Augusta

Os moradores de Vila Augusta, em Água Doce do Norte, levaram um susto no início da tarde desta sexta-feira (26), quando uma pedra se desprendeu de uma montanha e, por pouco, não atingiu o muro de uma residência. 

De acordo com informações da Defesa Civil do município, que foi ao local fazer as vistorias, o desplacamento da rocha, ou seja, quando a pedra solta sozinha, pode ser explicado pelas fortes chuvas que atingiram a região nos ´últimos dias. O coordenador da Defesa Civil Irenildo Adriano alertou ainda para possíveis ocorrências após as análises feitas. “A pedra da qual a rocha soltou é muito alta e outros desplacamentos podem ocorrer”, alertou. 

As pessoas que estavam no local na hora do ocorrido filmaram o momento. 

A estrada foi liberada e não houve feridos. A família da casa foi encaminhada para outro local. Ainda segundo informações da Defesa Civil, a casa fica na direção da pedra, por isso, a precaução em tirar as pessoas. 

A Secretaria de Obras de Água Doce do Norte disse que estuda formas para evitar que a situação se repita. “Pela graça de Deus ninguém foi atingido, mas para que não aconteça uma tragédia da próxima vez, vamos pensar em uma proteção para as casas da região, como um muro de rochas, semelhante aos muros de arrimo”, explicou Irenildo. 

Entenda o que aconteceu

Desplacamento de rochas consiste no movimento ocasionado pelo desprendimento de fragmentos ou placas de rochas ao longo da superfície de estruturas geológicas (xistosidade, acamamento, fraturamento), devido principalmente às variações térmicas ou à alívios de tensão.

Fonte: Folha Vitória.

Leia mais:  ES: Resultado do Processo Seletivo para Professores em Designação Temporária
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana