conecte-se conosco


Internacional

Vídeo – Homem humilha esposa e filha jogando 80 mil moedas de 1 centavo como última pensão

Publicado

Um caso recente chama a atenção de muitos internautas nas redes sociais. Isso porque um homem tomou uma atitude inusitada – considerada revoltante por alguns – despejando milhares de moedas como forma de pagamento para a pensão da filha.
O caso aconteceu na Virgínia, nos Estados Unidos, e rapidamente provocou repercussão, considerando que um vídeo do episódio foi gravado e posteriormente compartilhado nas redes sociais.
Segundo veículos de comunicação locais, a atitude do homem seria para humilhar sua ex-esposa. O pagamento da pensão da filha, que acaba de completar 18 anos, foi realizado com 80 mil moedas de 1 centavo.
https://www.youtube.com/watch?v=Xd00uT2b2Ko
O pai da jovem Avery Sanford, que não teve o nome revelado, levou um veículo até a frente da casa da ex-mulher e derramou as milhares de moedas. As imagens foram gravadas por câmeras de segurança do local.
O dinheiro foi jogado dentro do jardim da casa onde Avery e sua mãe vivem. A pensão foi no valor de US $ 800, que equivale a cerca de R$ 4.036. A estudante falou sobre o assunto: “Minha mãe apareceu e disse: ‘O que você está jogando no meu jardim?. Ela não sabia quem era até que ele gritou: ‘É o seu último pagamento de pensão alimentícia’“, desabafou a garota.
Avery se mostrou extremamente chateada com a atitude do pai: “É irritante que ele não tenha pensado nisso antes de fazer“, dispara a jovem, que está prestes a se formar no colégio. O dinheiro despejado pelo homem foi recolhido pela ex-mulher e pela filha para uma instituição de luta contra a violência doméstica.

Leia mais:  Países suspendem vacina da AstraZeneca após casos de coágulos sanguíneos
publicidade

Internacional

Japão prorroga estado de emergência por covid-19

Publicado

País registra um aumento de casos da doença uma semana depois do início dos Jogos Olímpicos de Tóquio

O Japão prorrogou nesta sexta-feira (30) a emergência sanitária por covid-19 em Tóquio e a ampliou para outras quatro regiões, após o aumento dos contágios, uma semana depois do início dos Jogos Olímpicos.

“Decretamos o estado de emergência para Saitama, Chiba, Kanagawa e Osaka”, afirmou o primeiro-ministro Yoshihide Suga, antes de acrescentar que a medida, já em vigor em Tóquio e Okinawa (sul), foi estendida até 31 de agosto.

Na quinta-feira (29), o Japão registrou mais de 10 mil casos de coronavírus pela primeira vez, o que levou autoridades e especialistas a advertirem para o risco que implica a propagação da variante Delta.

O surto no país é comparativamente pequeno. Desde o início da pandemia, foram registradas 15.000 mortes, e o governo nunca adotou medidas de confinamento rígido. Apenas 25% da população está completamente vacinada.

O recorde de casos acontece em pleno desenvolvimento dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Nas últimas 24 horas, foram registrados 27 novos contágios, o maior número diário desde o início do evento esportivo, segundo o comitê organizador.

“O contágio está se espalhando a uma velocidade nunca antes vista”, especialmente dentro e ao redor da região de Tóquio, disse o primeiro-ministro Suga.

“A variante delta altamente contagiosa se impõe rapidamente e, se o aumento de infectados, não parar é possível que os hospitais fiquem lotados”, alertou.

Anteriormente, a ministra da Saúde, Norihisa Tamura, afirmou que o governo queria enviar uma “mensagem forte” ao prorrogar o estado de emergência, já que a variante Delta agora responde por “mais de 50% dos casos” em Tóquio.

O atual estado de emergência em Tóquio restringe o horário de funcionamento de bares e restaurantes e proíbe a venda de bebidas alcoólicas. Os especialistas alertam para um relaxamento de seu cumprimento e um aumento de casos entre os jovens.

Leia mais:  Médicos não querem operar marca de nascença de bebê e pais se revoltam
Continue lendo

Internacional

Com mais de 3 mil casos, Tóquio bate novo recorde de casos de Covid-19 em meio às Olimpíadas

Publicado

É o segundo dia seguido com recorde de casos; foram 16 pessoas ligadas ao jogos diagnosticadas com a doença, mas nenhum atleta

Em meio a Olimpíadas, Tóquio registrou pelo segundo dia consecutivo um novo recorde de casos de Covid-19 em um só dia desde o início da pandemia. Foram 3.177 pessoas infectadas com o novo coronavírus nas últimas 24 horas. Na terça-feira, foram 2.848 pessoas diagnosticadas com a doença.

Nas últimas 24 horas, 16 pessoas ligadas aos jogos olímpicos testaram positivo para a Covid-19, mas nenhum atleta. Ontem foram sete casos, o número mais baixo de casos desde o dia 19 de julho, quando apenas 3 ocorrências ligadas aos Jogos foram registradas. O número total agora é de 176 casos, sendo 18 deles de atletas.

Leia mais:  Reino Unido convoca embaixador do Irã em Londres
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana