conecte-se conosco


Política e Governo

Vídeo marca o 13° Lançamento da Colheita do Café no Espírito Santo

Publicado

Um vídeo lançado nesta quinta-feira (14) marcou o 13° Lançamento da Colheita de Café do Espírito Santo. A iniciativa do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) e da Secretaria da Agricultura, Abastecimento Aquicultura e Pesca (Seag) celebrou a data oficial do início da colheita de café no Estado.

Por lei, o dia 14 de maio é a data oficial do início da colheita de café conilon. A data foi estabelecida com o objetivo de estimular o produtor a colher o café no momento mais adequado, quando cerca de 80% dos frutos estão maduros, o que eleva o rendimento e garante mais qualidade aos grãos.

O lançamento da colheita é um marco importante para a cafeicultura capixaba. O evento sempre atraiu centenas de produtores envolvidos na cadeia produtiva do café, mas este ano foi realizado de uma maneira diferente: por meio de um vídeo gravado na Fazenda Experimental do Incaper de Marilândia, que será exibido nas redes sociais da Seag e do Incaper.

Desta forma, todos os capixabas foram contemplados com informações a respeito da cafeicultura capixaba, conhecendo a importância desta que é a principal atividade agrícola do Espírito Santo e fazendo parte dos resultados que o café traz para o Estado.

O governador Renato Casagrande destacou a importância econômica da cafeicultura para o Estado e ressaltou os cuidados que devem ser tomados, especialmente neste momento de pandemia. Além disso, Casagrande anunciou a realização de um concurso estadual de café de qualidade.

“O Espírito Santo é o segundo produtor de café do Brasil e primeiro produtor de conilon. Este ano nossa expectativa é grande, apesar da pandemia que está preocupando a população mundial. Foi por isso que foi elaborada uma cartilha, com orientação aos produtores para evitar contágio neste momento de colheita. É preciso continuar trabalhando e incentivando a atividade. Por isso, vamos lançar um prêmio de cafés especiais e sustentáveis para estimular os produtores e premiar os cafés de excelente qualidade”, afirmou. 

cartilha foi lançada recentemente e traz recomendações de prevenção e estratégias para evitar a contaminação e transmissão do novo Coronavírus (Covid-19), durante a colheita do café deste ano. O objetivo do documento é preservar a vida dos trabalhadores e das famílias rurais do Estado.

“A cartilha é o resultado de um trabalho em conjunto com vários parceiros que atuam no setor cafeeiro do Espírito Santo. O documento fornece orientações gerais aos produtores de café, tais como medidas de prevenção do contágio do Coronavírus, adoção de boas práticas nos refeitórios, transporte, além de recomendações específicas para o início da colheita. É importante e necessário que os produtores adotem essas orientações para que possamos passar por esse momento tão complicado de forma segura”, ressaltou o secretário de Estado da Agricultura, Paulo Foletto.

“Enquanto vários segmentos estão em crise por causa da pandemia, a agricultura, mais uma vez, ajuda a equilibrar a economia capixaba. O trabalho no campo não para. A colheita está só começando e o Incaper tem lançado mão de atendimento remoto e de todas as medidas seguras possíveis para continuar acompanhando os agricultores capixabas, promovendo soluções tecnológicas e sociais, por meio de ações integradas de pesquisa, assistência técnica e extensão rural. Isso gera emprego e renda no campo e na cidade, e movimenta outros setores, como a indústria e o comércio”, disse o diretor-presidente do Incaper, Antônio Carlos Machado.

Para Antônio Carlos Machado, o lançamento da colheita é um marco importante, pois mostra a força que a cafeicultura capixaba tem. “Este ano, estamos fazendo as coisas de um jeito diferente e isso demonstra nossa preocupação e nosso cuidado com a saúde, o bem estar e a qualidade de vida das pessoas”, completou.

O pesquisador do Incaper e coordenador técnico de cafeicultura, Abraão Carlos Verdin Filho, apontou que a adoção de tecnologias desenvolvidas e recomendadas pelo Instituto é fundamental para o bom desempenho da cafeicultura capixaba, mesmo diante de crise causada pela pandemia do novo Coronavírus.

“Um ponto que chama atenção é a modernização do parque cafeeiro do Estado, por meio da renovação das lavouras tanto de arábica quanto de conilon. As velhas plantações, menos produtivas, foram substituídas dando lugar às mais novas. O cafeicultor capixaba está plantando as variedades lançadas pelo Incaper e aplicando as tecnologias desenvolvidas e recomendadas pelo Instituto. Isso contribui substancialmente para melhorar as expectativas com relação à produtividade, à redução de custos e à qualidade”, disse o pesquisador do Incaper.

Sobre a cafeicultura capixaba

A produção de cafés no Espírito Santo em 2020 deve chegar a 14,1 milhões de sacas, segundo estimativa da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Deste total, espera-se colher cerca de 9,8 milhões de sacas de conilon e, aproximadamente, 4,3 milhões de sacas de arábica. O Estado ocupa a segunda posição com mais de 27% da produção nacional. É o maior produtor de conilon do Brasil, responsável por cerca de 20% do café robusta do mundo.

 “São, aproximadamente, 78 mil famílias envolvidas na atividade e 40 mil propriedades em 77 municípios. O café representa 37,48% do Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBPA)”, observou  Verdin.

Segundo o pesquisador do Incaper, nos últimos anos, o café conilon vem ganhando espaço em produção e consumo em níveis brasileiro e mundial. Os principais motivos dessa crescente demanda devem-se ao menor custo de produção em relação ao café arábica, além de ser mais rústico e produtivo. “Ele vem sendo misturado ao café arábica, com participação de até 50%, pelos seguintes motivos: boa solubilidade e por possuir bebida neutra, pelo seu maior valor industrial,  por ser mais encorpado, ser um café de preço mais baixo e por não interferir negativamente na bebida do arábica, desde que seja de qualidade superior”, explicou Verdin.

Leia mais:  Governador abre IV Fórum Estadual de Vereadores no Palácio Anchieta
publicidade

Política e Governo

Governador anuncia R$ 34 milhões em investimentos para Marechal Floriano

Publicado

O governador do Estado, Renato Casagrande, esteve, na manhã desta quinta-feira (22), no município de Marechal Floriano, para o anúncio e a entrega de mais de R$ 34 milhões em investimentos. São diversas obras nas áreas de saneamento básico, infraestrutura e educação, que estão transformando a vida dos moradores da região serrana do Espírito Santo. Alguns dos destaques são a assinatura do convênio para construção da Terceira Ponte de Marechal Floriano, além das inaugurações de uma creche e das obras de ampliação do sistema de esgotamento sanitário.

“A obra da Terceira Ponte de Marechal Floriano é muito importante. Não pelo valor, mas pelo que ela representa para a comunidade, assim como para o senhor Juca, que está aqui presente e será beneficiado por essa ponte. Essa obra é tão fundamental quanto outras que estamos fazendo em outras cidades – que têm uma proporção e valores maiores. Esse é o sentimento que precisamos ter. Realizar ações que mudam a vida das pessoas”, afirmou o governador.

Casagrande prosseguiu: “estamos fazendo um conjunto de investimentos aqui em Marechal Floriano. Não paramos o trabalho na pandemia. Focamos nosso trabalho em salvar vidas e ainda estamos focados, mas sem deixar de investir em outras áreas. Olha como é importante ter uma creche, uma sinalização viária ou uma ponte. Essas obras, essas entregas, transformam a vida dessas pessoas que vivem aqui e como Marechal é uma cidade turística, vai estar muito mais bonita para receber muito bem quem vier visitá-la.”

O prefeito de Marechal Floriano, Cacau Lorenzoni, destacou que a parceria entre o Estado e o Município está transformando a vida dos moradores. “Quero agradecer ao governador Casagrande pela parceria nas obras que estão sendo realizadas e pelas entregas já feitas, que estão mudando a cara da nossa cidade”, declarou.

Também estiverem presentes na agenda, a vice-governadora do Estado, Jacqueline Moraes; os secretários de Estado, Tyago Hoffmann (Inovação e Desenvolvimento), Paulo Foletto (Agricultura), Junior Abreu (Esportes e Lazer), Vitor de Angelo (Educação) e Coronel Aguiar (Casa Militar); o diretor presidente da Companhia Espírito Santense de Saneamento (Cesan), Carlos Aurélio Linhalis, o Cael; além de subsecretários de Estado, secretários municipais, vereadores e lideranças locais.

Terceira Ponte

Para melhorar o acesso às áreas urbanas de Marechal Floriano, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano (Sedurb), vai construir a Terceira Ponte no município. A Ordem de Serviço foi assinada pelo governador Renato Casagrande. O investimento total é de R$ 2.518.275,88.

“A construção da ponte na rua de ligação entre a Avenida Arthur Haese e Rua Presidente Kennedy no centro da cidade, irá beneficiar a população local e visitantes, proporcionando melhores condições de segurança, acessibilidade e mobilidade, viabilizando investimentos em infraestrutura para um maior desenvolvimento da região”, explicou o secretário de Estado de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano, Marcus Vicente.

Saneamento básico

Foi assinada a Ordem de Início de Serviço para as obras de ampliação do sistema de abastecimento de água de Marechal Floriano. Com investimento superior a R$ 22,3 milhões, o empreendimento vai beneficiar mais de 16 mil pessoas, incluindo também o município de Domingos Martins.

Durante a solenidade, o diretor presidente da Cesan falou sobre a importância do projeto para resolver as questões relativas à escassez de água dos dois municípios. “Esse investimento vai dar segurança hídrica para os moradores e visitantes, alavancando a economia local e fortalecendo o potencial turístico da região. Em dois anos, que é o tempo de execução das obras, vamos pôr um fim nesses períodos mais desafiadores que tanto impactam a economia local”, disse.

Cael Linhalis também abordou a ampliação do sistema de esgotamento sanitário da região sudoeste serrana e Caparaó, concluída em junho do ano passado. “Foram R$ 5 milhões investidos em infraestrutura sanitária, provenientes de financiamento junto ao Banco Mundial, para atender 5.278 moradores da área urbana do distrito sede de Marechal Floriano: dos bairros Santa Rita, parte do Jarbinhas e do Centro, e Alto Marechal. Agora, estamos dando esse importante passo no serviço de água. Uma demonstração, na prática, que o saneamento básico é prioridade do governo Renato Casagrande.”


Nova creche

Leia mais:  Marcos Garcia pede redução da burocracia no registro de óbitos de vítimas do coronavírus

Ainda durante a agenda oficial, o governador Casagrande participou da inauguração do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Leonor Miguel Feu Rosa. Foram repassados ao Município quase R$ 2 milhões pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação (Sedu), para a execução da obra. Com as novas dependências, será possível atender à demanda de vagas na Educação Infantil da comunidade, ampliando a oferta com mais 59 vagas para alunos de 0 a 3 anos na rede pública municipal. Ao todo, serão atendidas de 150 a 180 crianças da Educação Infantil.

As obras incluíram a construção de sete salas de aula, dois depósitos de material de limpeza, banheiros para adultos, banheiros infantis e para pessoa com deficiência, um fraldário, um escovário, sala de professores, secretaria, recepção, sala da direção, sala da pedagogia, da coordenação, área de serviço, cozinha, refeitório, varanda e pátio interno.

O secretário de Estado da Educação, Vitor de Angelo, reforçou que, além das obras de melhoria na infraestrutura das escolas da rede própria e de todas as ações pedagógicas, o Estado também investe no apoio aos municípios. “Lançamos há alguns dias um edital do Pacto pela Aprendizagem no Espírito Santo (PAES), que é um regime de colaboração com os municípios. São previstos R$ 200 milhões em investimentos apenas com recursos do Estado nas escolas municipais”, apontou.

Para o secretário, essa é uma ação importante do atual governo, pois não há precedente em gestões anteriores de um investimento tão forte na rede física escolar da Rede Estadual e municipal. “Para nós, é uma alegria muito grande hoje celebrar a entrega desse CMEI, que fez parte dos investimentos públicos deste governo. É um equipamento novo e que aumenta o número de vagas para o município, que é uma questão fundamental para as famílias”, completou Vitor de Angelo.

Calçamento rural e equipamento agrícola

O município de Marechal Floriano vai receber mais de R$ 700 mil em investimentos para melhoria da infraestrutura rural. Foi assinada a ordem de fornecimento de uma escavadeira hidráulica que servirá para reforçar a frota do município, no valor de R$ 334 mil. Além disso, o Governo do Estado, por meio da Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), vai melhorar a trafegabilidade nas comunidades de Batatal, Costa Pereira e Soído Baixo.

Serão doados ao Município um total de 6.457,60 metros quadrados de blocos tipo holandês e 2.929,00 metros de meio-fio para a realização das intervenções. A obra faz parte do Programa Calçamento Rural e tem investimento de R$ 400 mil.

O secretário de Estado da Agricultura, Paulo Foletto, ressaltou que mesmo com a pandemia, o Governo vem realizando investimentos para melhorar a agricultura capixaba. “Essas ações impulsionam o setor mais forte da economia do município: a agricultura, principalmente, a realizada pelos pequenos produtores. É nosso papel buscar caminhos para o desenvolvimento econômico e social do interior”, observou.

O subsecretário de Estado de Infraestrutura Rural, Rodrigo Vaccari, lembrou que, desde o início de 2019, já foram disponibilizadas 8.974 máquinas, equipamentos e acessórios agrícolas em um investimento total de mais de R$ 53 milhões. “Graças a um trabalho sério em prol da agricultura capixaba, também foi possível que 146 comunidades de mais de 40 municípios do Estado fossem beneficiadas com o Programa Calçamento Rural, totalizando um investimento de aproximadamente de R$ 15,5 milhões”, comentou.

Nova quadra de alto padrão

Leia mais:  Governador Renato Casagrande visita comunidade da Piedade em Vitória

O governador Renato Casagrande também assinou o protocolo de intenção para construção de uma quadra poliesportiva coberta na comunidade de Santa Maria. O equipamento, de alto padrão, contará ainda com arquibancada e ocupará um espaço de 32,10 x 24,40 metros quadrados, com previsão de R$ 1,8 milhão de investimento.

“É um orgulho muito grande para todos nós estarmos aqui em Marechal Floriano, ao lado do governador Renato Casagrande, realizando essa série de entregas. Na área do esporte, vamos assinar mais um protocolo de intenção para a construção dessa quadra poliesportiva de alto padrão, que será uma parceria entre a Secretaria de Esportes e Lazer (Sesport) e o Departamento de Edificações e de Rodovias do Espírito Santo (DER-ES), com a Prefeitura Municipal. Uma obra muito importante para a localidade de Santa Maria e entorno, pois, além de proporcionar um espaço de qualidade para a prática esportiva de crianças, adolescentes e adultos, vai poder sediar vários eventos culturais e comunitários”, informou o secretário de Estado de Esportes e Lazer, Júnior Abreu.

Sinalização viária

A solenidade incluiu também a assinatura da Ordem de Serviço para início da sinalização viária no município, que será realizada pelo Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES). Os serviços englobam a implantação e manutenção de sinalização viária horizontal e vertical nas vias da cidade com investimento no valor de R$ 92.805,93, por meio de recursos oriundos de multas de trânsito, conforme determina o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

“Essa iniciativa do Governo do Estado é imprescindível para orientar os motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres quanto às leis de trânsito, representadas por placas, marcações, faixas, dentre outros, e que precisam ser obedecidas por todos. O objetivo das ações do Detran|ES, seja por meio de sinalização, fiscalização ou educação, é sempre proteger a vida das pessoas tanto na cidade quanto nos distritos. Além disso, em parceria com a Secretaria de Turismo (Setur), também fazemos a sinalização de orientação turística dos municípios, como em Marechal Floriano, que tem grande potencial para atração de turistas”, salientou o diretor geral do Detran|ES, Givaldo Vieira.

Os projetos de sinalização são revisados pelos engenheiros e técnicos do Detran|ES, com base em estudos e levantamentos realizados em cada município, com a participação das prefeituras, autoridades, Polícia Militar e sociedade civil organizada buscando atender às principais necessidades do trânsito nas localidades.

Dentre as intervenções relacionadas à sinalização horizontal estão, por exemplo, a demarcação de faixa elevada para travessia de pedestres; faixa de travessia de pedestres; marca de delimitação e controle de estacionamento; demarcação de vaga para Pessoa com Deficiência e para idoso; além de outros dispositivos. Já a sinalização vertical, compreende o pórtico e semipórtico na chegada dos municípios; placa indicativa turística; placas de regulamentação, dentre outros.

Continue lendo

Política e Governo

Autorizado repasse para aquisição de Pen Modem e pacote de dados para alunos da Rede Estadual

Publicado

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação (Sedu) publicou, no Diário Oficial do Espírito Santo, nesta quinta-feira (22), a Portaria 170-R, que autoriza o repasse de R$  6.164.200,00 para os Conselhos de Escola adquirirem pacotes de dados móveis e Pen Modem, acessório que permite ao aluno o acesso à internet por meio de Chromebooks, que serão entregues a alunos do Ensino Médio e da Educação de Jovens e Adultos (EJA) da Rede Estadual. Ao todo, foram adquiridos 60 mil equipamentos e os primeiros 12 mil serão entregues em breve.

Serão contemplados 8.330 alunos matriculados em escolas da Rede Pública Estadual no Ensino Médio Regular e Médio noturno (EJA). O governador do Estado, Renato Casagrande, destacou que “os alunos vão receber esses equipamentos que vão permitir que eles tenham acesso ao conteúdo de estudos. São praticamente 12 mil computadores dos 60 mil que foram adquiridos e que representam quase R$ 6 milhões em investimentos para ajudar a recuperar a educação neste momento de pandemia”, afirmou.

O secretário de Estado da Educação, Vitor de Angelo, lembrou que as escolas vão adquirir os Pen Modem para os alunos, tanto do Ensino Médio quanto da EJA, bem como fará a aquisição do pacote de dados que vai permitir ao aluno acessar a internet e fazer uso do equipamento para realizar as atividades. Em breve, entregaremos os computadores e o Pen Modem. A portaria que será publicada se refere a esses primeiros computadores”, destacou. 

Confira AQUI a Portaria nº 170-R 

Leia mais:  Governo do Estado dá início à revisão do Planejamento Estratégico 2020-2022
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana