conecte-se conosco


Segurança

Vila Velha – Guarda Municipal captura 82 foragidos e recupera 217 veículos em um ano

Publicado

A Guarda Municipal atendeu 843 ocorrências de natureza policial no período de janeiro a novembro deste ano. O número foi 34.2% superior ao registrado no mesmo período do ano passado, que ficou com 628 ocorrências, com uma diferença de 215 entre um ano e o outro. A corporação registrou ao longo do ano mais de 8 mil atendimentos, o mesmo alcançado em 2018, nas diversas áreas, a maioria relacionados ao trânsito e a pequenos conflitos nos bairros.

A evolução dos números alcançados foi atribuído ao novo padrão operacional adotado pela instituição. Neste ano, as equipes da Guarda Municipal efetuaram a prisão de 82 criminosos que estavam foragidos na cidade. Também recuperaram ao longo do ano 217 veículos, além de 29 armas de fogo que foram retiradas de circulação. No período, foram apreendidas 5 mil pinos de cocaína, duas mil buchas de maconha e mil pedras de crack.

“As novas diretrizes operacionais inspiradas em um conceito de polícia comunitária, que obedecem princípios da territorialidade, da delegação de poder e da continuidade, estão trazendo mais eficácia nas ações do dia a dia da corporação”, justificou o secretário municipal de Defesa Social e Trânsito, cel. Oberacy Emmerich.

E continuou: “A ação ordinária da corporação também têm contribuído com o aumento da proteção e segurança dos munícipes, além de ajudar na redução da violência no âmbito municipal”, argumentou Emmerich. As ações da Guarda Municipal têm alcançado resultados práticos mais efetivas no plano na segurança pública.

O juiz Leonardo Augusto de Oliveira Rangel, da Vara dos Juizados Especiais de Itapemirim, fez questão de registrar por escrito um elogio público à Guarda Municipal em virtude de uma ação rápida e bem-sucedida da corporação, no final de novembro, que culminou com a prisão dos autores de um roubo e recuperação de celulares de três jovens, entre eles o filho do magistrado, que estavam na Praia de Itaparica praticando esportes.

Leia mais:  Sejus reforça revistas nos presídios com aquisição de scanners corporais
publicidade

Segurança

Polícia prende seis pessoas e desarticula um dos grupos mais violentos do município da Serra

Publicado

Segundo a polícia, quatro dos detidos tem suspeita de envolvimento em um homicídio ocorrido na estrada de Queimados, na Serra

A Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) da Serra prendeu seis supeitos de integrarem uma associação criminosa responsável por vários homicídios no município e no interior do Estado.

De acordo com a polícia, as principais áreas de atuação do grupo são os bairros André Carloni e Carapina Grande, na Serra, e o município de Santa Maria de Jetibá. A prisão desses indivíduos desarticulou um dos grupos criminosos mais violentos do município da Serra.

Dos seis presos, quatro são suspeitos de estarem envolvidos no homicídio ocorrido no dia 22 de julho deste ano, na Estrada de Queimados, Serra. Na ocasião, um homem foi morto com vários disparos de arma de fogo. Segundo a polícia, a vítima foi levada até o local pelos suspeitos para ser assassinado.

Um homem que passava pela região viu o corpo do rapaz por volta das 4h da madrugada, mas somente às 6h da manhã a polícia foi acionada.

Os policiais acreditam que o rapaz tenha sido levado para o local por estar vestido com meia, mas sem o tênis. A perícia constatou pelo menos 15 perfurações em todo o corpo, sendo a maioria no tórax e na cabeça.

O grupo foi preso em diversas operações realizadas pela DHPP Serra, entre julho e setembro.

Mais informações sobre a prisão serão repassadas pela Polícia Civil nesta terça-feira.

Eles foram presos em diversas operações realizadas pela DHPP Serra, entre julho e setembro.

Leia mais:  Coelho é encontrado dentro de mochila com maconha e vai parar na delegacia no ES
Continue lendo

Segurança

Motorista morre carbonizado em grave acidente na BR-101

Publicado

Outras duas pessoas foram socorridas com ferimentos e encaminhadas ao hospital

Um motorista morreu e outros dois ficaram feridos em um grave acidente seguido de incêndio na madrugada deste domingo (24), no km 339 da BR-101, em Guarapari .

A colisão envolvendo um carro, um caminhão e uma carreta aconteceu por volta de 01h.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o motorista do Corolla teria tentado fazer uma ultrapassagem na curva e colidiu de frente com a carreta, atingindo também um outro caminhão que tentava ultrapassar. Diante disso, os três automóveis pegaram fogo.

O motorista do Corolla morreu no local, carbonizado. Os outros dois condutores dos caminhões, segundo o Corpo de Bombeiros, foram socorridos para unidades de saúde de Cachoeiro de Itapemirim e para a UPA de Guarapari.

Em nota, a Polícia Civil informou que não houve conduzidos à Delegacia Regional de Guarapari, envolvidos no acidente. O fato seguirá sob investigação da Delegacia de Infrações Penais e Outras (Dipo) de Guarapari.

O corpo da vítima foi encaminhado para o Departamento Médico Legal (DML) de Vitória, para ser liberado para os familiares e para ser feito o exame cadavérico, que apontará a causa da morte.

Por conta do acidente, a pista foi interditada nos dois sentidos durante a madrugada.

 

Leia mais:  Sejus reforça revistas nos presídios com aquisição de scanners corporais

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana