conecte-se conosco


Política e Governo

Virgínia Casagrande, a primeira-dama do Espírito Santo recebeu alta e está em isolamento domiciliar

Publicado

A primeira-dama do Espírito Santo, Maria Virgínia Casagrande, recebeu alta e está em isolamento domiciliar. Ela foi internada em um hospital de Vitória na última terça-feira (26/05), após agravamento dos sintomas da Covid-19.

Maria Virgínia começou a sentir os sintomas do novo coronavírus após passar por uma internação hospitalar por causa de um pequeno acidente vascular cerebral (AVC). Além dela, o governador Renato Casagrande (PSB) também testou positivo para doença.

De acordo com a assessoria do governador, o estado de saúde de Casagrande e de Maria Virgínia é estável. O casal está em isolamento em casa.

Leia mais:  Turismo: setor já chega a R$ 5 milhões em contratação em financiamentos no Bandes
publicidade

Política e Governo

Orçamento do Estado para 2022 deve ser votado hoje na Comissão de Finanças

Publicado

Está marcada para esta segunda-feira (06) a votação na Comissão de Finanças da Assembleia do Orçamento do Estado para 2022. A peça orçamentária, no valor de R$ 20,3 bilhões, recebeu mais de 1.300 emendas dos parlamentares.

O relator da peça é o deputado Freitas, que também preside a Comissão de Finanças. Ele chegou a pedir mais tempo para apresentar o relatório, devido ao número alto de emendas, mas o regimento interno da Casa diz que o parecer deve ser apresentado e votado até o dia 5 de dezembro (que nesse ano caiu num domingo, ontem) na comissão. Por isso, ficou para hoje.

Freitas já tinha informado (no último dia 16) que iria votar na comissão e enviar a peça orçamentária para o plenário hoje. A partir daí, o presidente da Ales, Erick Musso, define a data em que a matéria será votada, podendo inclusive ser hoje mesmo. A votação do Orçamento é condição para que os deputados saiam para o recesso parlamentar.

Esse ano houve um acordo entre o governo e os parlamentares e eles poderão indicar, cada um, R$ 1,5 milhão de emenda parlamentar (antes era R$ 1 milhão) a ser paga no ano que vem. O que atende a pedidos dos deputados em boa hora, já que ano que vem é ano eleitoral e a maioria vai tentar a reeleição.

Leia mais:  Turismo: setor já chega a R$ 5 milhões em contratação em financiamentos no Bandes
Continue lendo

Política e Governo

Empresa que vai fazer gestão do FIP do Fundo Soberano participa de encontro empresarial

Publicado

A empresa Trivèlla M3 Investimentos, gestora de venture capital selecionada para administrar o fundo de investimento, que é constituído, exclusivamente, por recursos do Fundo Soberano (Funses), participa de um encontro empresarial nesta terça-feira (07). O gestor Marcel Malczewski, representante da Trivèlla M3 Investimentos, vai falar sobre o cenário de investimento para o próximo ano durante a 6ª edição Encontro Folha Business e apresentar aos empresários o modelo e a proposta de atuação do novo fundo.

Esse fundo será um dos maiores da categoria no País, com aporte inicial de R$ 250 milhões. O mecanismo financeiro vai permitir, a partir do investimento de receitas provenientes da indústria do petróleo e do gás natural, buscar o aumento da competitividade do parque fabril capixaba, com a atração de novos negócios, gerando emprego e renda para população.

A Trivèlla M3 Investimentos é a empresa classificada em primeiro lugar, no processo conduzido pelo Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes), em chamada pública para a seleção da empresa gestora do Fundo de Investimento em Participação (FIP), com recursos provenientes do Fundo Soberano do Espírito Santo.

A empresa tem papel imprescindível em todo o processo, sendo responsável pela análise das empresas, valoração, negociação, investimento, aceleração e desinvestimento. Via de regra, após a análise, negociação e diligências, o Fundo adquire um percentual das ações, ou seja, o FIP prospecta empresas e entra como sócio acionista por um período determinado.

O diretor-presidente do Bandes destaca que o mecanismo está na vanguarda das politicas publicas de desenvolvimento e que potencializa o novo ciclo de desenvolvimento socioeconômico capixaba.

“Com a estruturação desta FIP, com recursos do Fundo Soberano, o Estado tem um mecanismo que possibilita o desenvolvimento de novos negócios no Espírito Santo. É um processo que contribui para a diversificação da economia capixaba, gerando novas oportunidades para as gerações futuras. A gestora de Venture Capital selecionada tem papel importante em todo o processo, sendo responsável pela orientação das empresas, investimento, aceleração e desinvestimento”, destacou o diretor-presidente do Bandes, Munir Abud de Oliveira.

O evento, organizado em conjunto pela Apex Partners e Rede Vitória, reúne empresários e lideranças de diferentes segmentos e áreas de atuação. O objetivo do encontro é fazer uma análise sobre o ano. A 6ª edição Encontro Folha Business tem como participantes Mansueto Almeida, economista-chefe do BTG Pactual; Marcel Malczewski, fundador e CEO da TM3 Capital; Filipe Caldas, sócio-fundador da Carbyne Investimentos; Marcus Buaiz, empreendedor e embaixador da Apex News; e Fábio Faria, ministro das Comunicações.

Na mesa temática, o ministro Fábio Faria vai abordar o recente leilão promovido pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a respeito do 5G, a nova geração de internet móvel. A iniciativa deve impactar os serviços de telecomunicações no Brasil, com a instalação pelas operadoras da infraestrutura necessária para que a tecnologia chegue às pessoas.

Leia mais:  Estado assina com a União termo que possibilita a regularização de imóveis nos bairros Mário Cypreste e Vila Rubim
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana