conecte-se conosco


Entretenimento

Viúva de Gugu vai à Justiça para ser reconhecida como herdeira: ‘Nunca tive outro homem’

Publicado

Pessoas ligadas à família afirmam que Rose Miriam era apenas amiga do apresentador e mãe das crianças

Um dos maiores patrimônios já amealhados na televisão brasileira será objeto de disputa judicial: a médica Rose Miriam Souza di Matteo, mãe dos três filhos de Gugu Liberato, vai acionar a Justiça pedindo o reconhecimento de união estável com o apresentador, com quem se relacionou por duas décadas. Com isso, ela se coloca em choque direto com os irmãos e os sobrinhos de Gugu.

Em comunicado divulgado pela assessoria de imprensa, a irmã de Gugu Liberato, Aparecida Liberato, afirmou que a viúva do apresentador, Rose Miriam Di Matteo, está sendo assediada por advogados dos Estados Unidos e do Brasil.

“Vale ressaltar que desde o momento da triste fatalidade, Rose Miriam Di Matteo vem sendo assediada por inúmeros advogados, tanto nos EUA, como no Brasil, que por vários meios e argumentações sugerem representá-la, ocultando o fato de que uma eventual disputa seria, dela Rose, contra seus filhos, reconhecidos herdeiros”, diz o texto assinado pela assessora de imprensa Esther Rocha.

O comunicado foi motivado por uma matéria da colunista Mônica Bergamo na qual advogados, que alegam representar Rose Miriam, dizem que a viúva de Gugu Liberato estaria sendo constrangida por pessoas mal-intencionadas. No texto, porém, Aparecida Liberato nega que o escritório represente a cunhada.

Segundo Aparecida, Gugu deixou seus bens, em quase sua totalidade, para os três filhos: João Augusto, Marina e Sofia. O testamento foi lido na presença dos familiares e assinados por Rose o João Augusto, único filho maior de idade. Aparecida foi nomeada, pelo irmão, ainda em vida, como a inventariante.

“Ocorre que após tal ato legal e solene, a mãe dos herdeiros, Rose Miriam Di Matteo e João Augusto, filho do apresentador, foram levados por seus parentes, às 9 horas da noite, a residência de um outro advogado, que não obstante, mesmo sabendo que a mesma já havia constituído advogado para si e para seus filhos, foi levada a assinar uma outra procuração, constituindo um segundo advogado, Dr. Nelson Willis & Associados. João Augusto se recusou a assinar qualquer papel. Ciente posteriormente de que tal fato poderia ocasionar problemas ao espólio, o que fatalmente acarretaria uma disputa judicial entre mãe e filhos, houve por bem, por parte de Rose Miriam, redigir e enviar carta de punho próprio revogando e retirando a representação deste segundo advogado”, argumenta Aparecida Liberato.

Leia mais:  Mauricio Manieri sofre infarto e é internado em hospital

Gugu Liberato morreu, aos 60 anos, no dia 22 de novembro de 2019, após sofrer um acidente doméstico em Orlando, nos Estados Unidos.

Confira a íntegra do comunicado:

Diferentemente do que foi divulgado na coluna de hoje da colunista Mônica Bergamo, Aparecida Liberato, irmã e a inventariante do espólio do saudoso Antonio Augusto Moraes Liberato, o Gugu, vem a público esclarecer que:

Antonio Augusto de Moraes Liberato, em plenas capacidades físicas e mentais, deixou testamento, onde expressa suas últimas vontades e dispõe dos seus bens moveis, imóveis, materiais e imateriais, contemplando seus familiares e principalmente, em quase sua totalidade os seus três filhos, João Augusto, Marina e Sofia.

Tal testamento foi lido na presença de tabelião e notário, com a presença da mãe de seus filhos, seus filhos e familiares de Gugu, sendo que naquela data, o testamento foi por todos reconhecido e assinado espontaneamente, inclusive por Rose Miriam Di Matteo. O irmão de Rose estava presente.

Ocorre que após tal ato legal e solene, a mãe dos herdeiros, Rose Miriam Di Matteo e João Augusto, filho do apresentador, foram levados por seus parentes, às 9 horas da noite, a residência de um outro advogado, que não obstante, mesmo sabendo que a mesma já havia constituído advogado para si e para seus filhos, foi levada a assinar uma outra procuração, constituindo um segundo advogado, Dr. Nelson Willis & Associados. João Augusto se recusou a assinar qualquer papel.

Leia mais:  Fricassê de pernil com queijo para uma refeição irresistível

Ciente posteriormente de que tal fato poderia ocasionar problemas ao espólio, o que fatalmente acarretaria uma disputa judicial entre mãe e filhos, houve por bem, por parte de Rose Miriam, redigir e enviar carta de punho próprio revogando e retirando a representação deste segundo advogado. Isto posto, percebe-se que a indução e mal aconselhamento está vindo de terceiros não contemplados no aludido testamento. Terceiros estes que usam de má fé para criar problemas constituindo novos advogados com a única finalidade de obstruir a vontade legitima de Antonio Augusto Moraes Liberato, tão bem expressa em seu testamento, que por legítimo é incontestável.

Outrossim, vale ressaltar que desde o momento da triste fatalidade, Rose Miriam Di Matteo vem sendo assediada por inúmeros advogados, tanto nos EUA, como no Brasil, que por vários meios e argumentações sugerem representá-la, ocultando o fato de que uma eventual disputa seria, dela Rose, contra seus filhos, reconhecidos herdeiros. O apresentador nomeou como Inventariante e curadora legal dos filhos menores, sua própria irmã, Aparecida Liberato, por reconhece-la apta e capaz de levar a bom termo a liquidação do testamento e de sua expressa vontade.

Dr. Carlos Eduardo Farnesi Regina, por mais de vinte anos advogado de Antonio Augusto Moraes Liberato, foi o responsável pela leitura do testamento, reunião esta registrada em cartório e ata pública e nesta data reconhecido por Rose Miriam e seus filhos como seu legitimo advogado, sendo que este reconhecimento veio a ser reforçado posteriormente por carta de punho próprio escrita por Rose e também pelo depoimento de seu filho, João Augusto, maior de idade, que recusou-se a assinar procuração para o referido segundo advogado, Dr. Nelson Willis & Associados, no mesmo dia da abertura do testamento.

publicidade

Entretenimento

Leo Dias é condenado a detenção pela Justiça após treta com Tiago Leifert

Publicado

Colunista do Metrópoles foi condenado pela Justiça do Rio de Janeiro após publicação em que fez acusações ao pai do ex-apresentador do BBB

O colunista Leo Dias, do Metrópoles, pode ser preso. Isso porque ele foi condenado pela Justiça do Rio de Janeiro a uma pena de um ano e três meses após uma treta que protagonizou com Tiago Leifert e o pai do ex-apresentador. 

A ação foi movida pelo próprio ex-Globo e pelo pai dele, Gilberto Leifert

O imbróglio todo aconteceu porque, em 2020, o colunista publicou uma matéria em que dizia: “Homem forte do CONAR, que atacou Gusttavo Lima, é pai de Tiago Leifert”. Advogados do apresentador foram à Justiça alegando que o texto era “sensacionalista” e “mentirosa”. 

Na nota, o jornalista foi acusado de fazer ilações e insinuar que Gilberto Leifert teria influenciado a abertura de uma investigação contra Gusttavo Lima. Gilberto também é ex-funcionário da Globo. 

Na decisão, o juiz Flávio Itabaiana concordou com Leifert. “O conteúdo da matéria transmite aos leitores a falsa impressão de que Gilberto estaria disposto a utilizar o respeito e prestígio conquistado ao longo de décadas de trabalho, para atingir o cantor Gustavo Lima, pessoa com quem ele nunca esteve e de quem não tem nada contra”, diz a petição, segundo informações da Contigo.

Leia mais:  Rachel Sheherazade processa SBT e pode embolsar R$ 30 milhões

À época, o próprio Tiago Leifert se pronunciou sobre o assunto e criticou a matéria. 

Em 2021, Leo Dias também se retratou pela publicação. 

O jornalista, de acordo com o Em Off, ainda pode ter que pagar indenizações de até R$ 80 mil a Tiago e ao pai. 

Continue lendo

Entretenimento

Vidente dos famosos diz que cidade será destruída e divulga números da Mega-Sena

Publicado

Chaline, que tem mais de meio milhão de fãs só no Instagram, fez previsões inusitadas e publicou sobre os temas em suas redes sociais

Uma vidente bastante conhecida na internet fez previsões para lá de inusitadas para o futuro do Brasil e da cidade de Balneário Camboriú. 

Chaline, que é famosa como “a vidente das estrelas”, publicou dois vídeos em suas redes sociais em que fala sobre uma possível guerra no País, uma catástrofe e ainda divulgou os números que devem ser sorteados na Mega-Sena. 

Com mais de 539 mil seguidores só no Instagram, Chaline disse ter visto algo terrível que deve acontecer em Balneário Camboriú. 

“Eu via Balneário Camboriú totalmente destruída. Algumas pessoas com as casas destruídas. Eu começo a partir de agora pedir oração porque vai acontecer uma catástrofe ambiental terrível! Vejo algumas pessoas sendo pisoteadas por cavalos e um local fechado como se fosse um cinema que incendeia”, disse.

Na outra previsão, destacava: “Tive uma visão nítida de algo acontecendo. A primeira visão que eu tive foi de pessoas de outros países vindo para o Brasil por conta de uma ameaça de guerra. Uma cena que eu vejo na minha cabeça é de muitas crianças e mulheres com sacolinhas nas costas vindo para o Brasil, mas o Brasil também é ameaçado! No Brasil existe um local, um ginásio, onde colocam todos esses refugiados e o Brasil entra em alerta. E um homem, que tem um cabelo preto e uma gravata vermelha, se revolta contra o Brasil. Vocês se preparem porque o que está vindo aí não é nada bom. O que está vindo para o Brasil é tenebroso”.

Leia mais:  Musical Italiano será grande atração da Festa do Imigrante em Santa Teresa

Sobre os números da loteria, a vidente aconselhou os seguidores a apostarem e ainda entregou o que acredita ser o resultado do jogo para ficar multimilionário.

“Eu também vi números da Mega-Sena e vi que muitas pessoas iriam ganhar ao mesmo tempo! Os números que eu vi foram 09-10-17-20-25-35. Eu também vou jogar, né, com certeza!”, alertou.

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana