About us
William Bonner usa rede social para denunciar golpe em nome do filho: ‘Não pediu auxílio nenhum’ – PORTAL JORNAL DO NORTE
conecte-se conosco


Entretenimento

William Bonner usa rede social para denunciar golpe em nome do filho: ‘Não pediu auxílio nenhum’

Publicado

“Estelionatários têm usado há 3 anos o nome e do CPF de meu filho para fraudes, como a abertura de empresas ou a contratação de serviços de TV por assinatura”, disse o apresentador

William Bonner estava afastado das redes sociais há algum tempo. No entanto, o jornalista disse que precisou voltar para o Twitter para fazer uma denúncia e desabafar sobre golpes que estão sendo aplicados em nome de seu filho, Vinicius Bonemer, fruto da relação com Fátima Bernardes.

Na manhã desta quinta-feira, dia 21, ele publicou um longo desabafo sobre a situação:

“Interrompo meu silêncio no Twitter para denunciar uma injustiça e uma fraude com dinheiro público. Primeiro, a injustiça. Estelionatários têm usado há 3 anos o nome e do CPF de meu filho para fraudes, como a abertura de empresas ou a contratação de serviços de TV por assinatura, entre outras. Constituí advogados para encerrar todas as falcatruas, devidamente denunciadas à polícia, com queixas registradas em boletins de ocorrência. A repetição de fraudes chegou ao ponto de tornar recomendável uma troca do CPF. Mas, no Brasil, a vítima de golpes dessa natureza precisa passar por uma longa provação, em que tempo e dinheiro se esvaem no desenrolar do processo burocrático.Por justiça, não deveria ser assim. Meu filho e qualquer cidadão vítima de estelionato precisariam ser defendidos pela burocracia, em vez de punidos por ela. Somos brasileiros. Temos combatido cada nova fraude com persistência e resignação.Mas elas não param, escreveu o apresentador.

Ele ainda contou que a situação ficou ainda pior quando descobriu que o número do documento de Vinicius havia sido usado por golpistas para tentar o saque do auxílio emergencial do governo – cedido por causa da pandemia do novo coronavírus. Para a surpresa da família, o saque foi concedido:

E aí entramos na questão da proteção do dinheiro público. Na terça, dia 19, fui informado de que o jornal Meia Hora tinha obtido documentos do suposto registro de meu filho no programa de auxílio emergencial do governo. Meu filho não pediu auxílio nenhum, não autorizou ninguém a fazer isso por ele. Mais uma fraude, obviamente. Apresentados os fatos, o jornal corretamente não publicou a matéria.

Bonner garante que Vinicius tem como provar que é vítima da fraude, reafirmando que não foi solicitado nenhum auxílio por parte do rapaz. Ele também questiona a segurança do programa contra fraudes:

Mas, desta vez, o que vem à tona é ainda mais grave. Pelos critérios do programa de auxílio emergencial, alguém nas condições sócio-econômicas do meu filho não tem direito aos 600 reais da ajuda. Portanto, quem quer que viesse a usar o nome, o CPF e dados pessoais dele deveria receber como resposta ao pleito um “não”. Mas, pelo que vimos ao consultar o site do Dataprev, o pedido de auxílio feito por um fraudador foi aprovado.O fraudador provavelmente indicou que não tinha conta bancária e abriu a conta específica da Caixa – a que, obviamente, meu filho não tem acesso. Portanto, sequer sabemos se o dinheiro foi depositado e se foi sacado.Leio no Globo que a Dataprev não verificou na Receita se os CPFs, embora pertencentes a pessoas sem renda própria, eram de dependentes de cidadãos com renda (como filhos, filhas,parceiros,parceiras). Quantos entre esses foram vítimas de fraudadores, como aconteceu com meu filho? Quantos entre esses realmente fraudaram o programa? Meu filho não fraudou, é vítima e pode provar. Não se zelou pela aplicação do dinheiro público? Quem protege os cofres públicos da ação de estelionatários ou de pessoas mal intencionadas? Como já informei, há 3 anos meu filho tem sido alvo de golpes de estelionatários, denunciados à polícia. Neste caso, o crime é contra ele, contra todos os que tiveram seus nomes indevidamente usados, e também contra todos os brasileiros, porque ataca os cofres públicos. De nossa parte, apresentaremos nova queixa-crime. Da parte dos gestores do auxílio emergencial, esperamos apuração rápida da fraude, para que se resguardem o patrimônio público e a confiança dos cidadãos nos mecanismos de controle desse programa. E para que o controle eficaz do programa não prejudique ainda mais aqueles cidadãos que realmente precisam do auxílio neste momento tão doloroso.

Leia mais:  Galvão provou ‘Viagra Natural’ horas antes de passar mal
publicidade

Entretenimento

Rachel Sheherazade processa SBT e pode embolsar R$ 30 milhões

Publicado

Rachel Sheherazade resolveu entrar com uma ação contra o SBT, sua antiga empresa, para receber direitos trabalhistas. O processo, que corre na 3ª Vara do Trabalho de Osasco, na Grande São Paulo, pode chegar a nada menos que R$ 30 milhões.

De acordo com o “Uol”, a apresentadora alega que trabalhava como uma funcionária de carteira assinada, com horário fixo para desempenhar suas funções, além de precisar fazer horas extras e plantões, mas era contratada oficialmente como pessoa jurídica.

Durante seus 11 anos à frente do “SBT Brasil”, Rachel Sheherazade recebia um salário de cerca de R$ 200 mil, além de R$ 30 mil de auxílio moradia.

Rachel Sheherazade foi âncora do “SBT Brasil” por mais de uma década. Acabou sendo dispensada do telejornal após falar mal do presidente Jair Bolsonaro – a quem Silvio Santos já mostrou publicamente seu apoio

Vale lembrar que a jornalista foi dispensada em setembro do ano passado, um mês antes do fim de seu contrato com o canal do Homem do Baú. O fato ocorreu logo após a profissional criticar o presidente Jair Bolsonaro – a quem Silvio Santos já mostrou abertamente seu apoio.

Leia mais:  Ex-Ministro diz que Carlinhos Maia pode responder por crime sanitário
Continue lendo

Entretenimento

Marina Ruy Barbosa passa temporada em fazenda com deputado

Publicado

PERTO DE ASSUMIR NAMORO, MARINA RUY BARBOSA PASSA TEMPORADA EM FAZENDA DE GUILHERME MUSSI E É VISTA POR MORADORES

Na, rua, na chuva, na fazenda e nenhuma casinha de sapê. Falta pouco para Marina Ruy Barbosa assumir o relacionamento com Guilherme Mussi. A atriz e o deputado federal (PP) estão passando uma temporada no campo, na Fazenda Santa Rosa, propriedade da família dele em Capão Bonito, no interior de São Paulo, onde ele nasceu e fez seu berço político. O casal chegou na cidade no dia 1º, para passar o feriado de Páscoa, e não se embrenhou totalmente no meio do mato, como informam os moradores.

Ao passar pelo comércio da cidade, Marina e Mussi parararam numa drogaria. Os dois desceram juntos para comprar produtos de higiene, mas não demoraram. De qualquer maneira, foi tempo suficiente para os funcionários a reconhecerem, mesmo usando máscara, e com o cabelo ruivo preso num rabo de cavalo. Mussi, figurinha carimbada por lá, ainda foi abordado ao sair do estabelecimento, antes de entrar no carro, onde Marina já estava.

A cena foi filmada por um morador e enviada ao perfil do Subcelebrities, no Instagram. O tititi em Capão Bonito foi à boca miúda, já que Mussi tem reduto eleitoral por lá e “ninguém quer fazer fofoca do deputado”, diz um cidadão local. No domingo de Páscoa, Mussi deixou a fazenda e foi até um bairro da periferia da cidade para distribuir ovos de chocolate. Marina não o acompanhou para não causar alarde. Mas fato é que ela já não quer mais esconder o namoro. Assim como não quis no início da relação com Xandinho, em janeiro de 2016, descoberta pelo Extra.

Separada de Xandinho Negrão oficialmente desde o início de janeiro (mas não oficialmente há bem mais tempo que isso), Marina manteve a discrição o quanto pôde. Mas ao postar as fotos de sua rotina no campo, posando num pomar, cuidando de horta e andando a cavalo, a atriz deixou pistas no ar. Mussi também, ao curtir um dos registros.

Basta dar uma garimpada nas redes sociais oficiais do político para dar de cara com fotos dele na mesma fazenda, com a vegetação típica, o mesmo lago e o mesmo caminho de terra batida. Aos 38 anos, Mussi é um destes prodígios que nasceram no interior, se criaram em escolas e universidades estrangeiras, e retornaram ao país para fazer carreira na política. Suas aspirações não são modestas. Há quem diga que o moço tem pretensões de se candidatar a prefeito de São Paulo em breve.

Guilherme Mussi curtiu a foto de Marina Ruy Barbosa em sua fazenda

Mussi e Marina se conheceram nas altas rodas da capital. Alexandre Negrão é amigo do irmão dele, Eduardo, do qual foi padrinho de casamento junto com a atriz. A mulher de Eduardo, Maysa Mussi, morreu ano passado num acidente de avião quando ia para a Península de Maraú, onde a família do deputado tem uma enorme propriedade.

Guilherme Mussi em sua fazenda no interior de São Paulo

Guilherme Mussi, dois casamentos e festas na pandemia

A fama de conquistador de Guilherme Mussi é grande. O deputado tem no currículo algumas beldades e dois casamentos. O primeiro deles, em 2008, foi com Luciana Tranchesi, filha de Eliana Tranchesi, a toda poderosa da boutique Daslu, em São Paulo, morta em 2012, vítima de câncer. A cerimônia de luxo para 1300 convidados foi um marco para a alta sociedade paulistana. Um ano depois, eles se separaram.

Guilherme Mussi em seu primeiro casamento, em 2008, com Lu Tranchesi

Guilherme Mussi em seu primeiro casamento, em 2008, com Lu Tranchesi

Entre uma namoarada e outra, Mussi se envolveu com Carol Magalhães, neta de ACM, mas a relação não durou muito tempo. Em 2014, o deputado começou a namorar Rebeca Abravanel, filha de Silvio Santos, e de forma bem discreta os dois se casaram em agosto de 2015. Nove meses depois, eles se divorciaram no meio da maior crise política do país com o impeachment de Dilma Rousseff, pelo qual Mussi votou a favor.

Guilherme Mussi namorou Carol Magalhães

Em 2017, ele foi acusado de ser um dos deputados com maior número de faltas na Câmara em Brasília, e no ano passado, em plena pandemia, Mussi foi pauta do “Fantástico”, que mostrou, após várias denúncias, as festas que varavam as madrugadas em sua casa, num bairro obre da capital paulistana.

Guilherme Mussi e Rebeca Abravanel ficaram casados apenas nove meses

Guilherme Mussi e Rebeca Abravanel ficaram casados apenas nove meses

Guilherme Mussi em jantar com Silvio Santos e Luciano Huck

Guilherme Mussi em jantar com Silvio Santos e Luciano Huck

Leia mais:  Neymar avisa: 'Estarei desfalcando o Carnaval. Não terá polêmica'
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana