conecte-se conosco


Camisa 10

WSL: Filipinho, Italo Ferreira e Chumbinho estreiam com vitória em Margaret River

Publicado

Samuel, Jadson, Deivid, Caio e Miguel caem para a repescagem. Etapa do Oeste da Austrália vai definir os 22 surfistas que seguem na disputa pelo título da temporada

Embalado pelo título em Bells Beach e vestindo a camisa amarela de líder pela primeira vez na temporada, Filipe Toledo estreou com vitória em Margaret River na quinta e decisiva etapa da Liga Mundial de Surfe (WSL), na Austrália. No evento que vai definir os 22 surfistas que vão seguir na briga pelo título da temporada, Italo Ferreira e João Chianca, o Chumbinho, também venceram na abertura e avançaram direto para a terceira fase na madrugada desta sexta-feira. Já Samuel Pupo, Jadson André, Deivid Silva, Caio Ibelli e Miguel Pupo caíram para a repescagem.

Com um total de 13 pontos, Filipinho derrotou dois australianos para avançar direto para a terceira fase. Segundo na bateria com 9,63, Owen Wright também se classificou, enquanto o convidado Jack Tomas caiu para a repescagem com apenas 6,90.

– Têm sido divertido os últimos dias, foram vários dias off e tivemos tempo para ficarmos prontos para a estreia. Hoje de manhã vimos que estava grande. Eu só fiquei esperando por essas ondas mais limpas e tentei remar nas ondas certas, fazendo boas escolhas. Essa é a chave aqui – disse Filipinho, em entrevista à WSL.

Depois de 4 adiamentos seguidos, os homens foram para a água com ondas grandes, em torno de 4m de altura, no Main Break de Margaret. Samuel Pupo foi o primeiro brasileiro a entrar em ação contra Callum Robson (AUS) e Imaikalani deVault (HAV).

Quem também caiu para a repescagem na terceira bateria do dia foi o 11 vezes campeão mundial Kelly Slater. Já o bicampeão da etapa de Margaret John John Florence teve uma das melhores apresentações do dia e avançou para a terceira fase com um total de 15,60 pontos.

Filipe Toledo busca o bicampeonato em Margaret River — Foto: Dunbar/WSL

Italo Ferreira faz 7.50 na sétima bateria, em Margaret River, pelo Mundial de Surfe.

Líder Filipinho estreia a camisa amarela

Atual campeão da etapa de Margaret, Filipinho começou a defesa do seu título contra dois surfistas locais – Owen Wright e o convidado Jack Thomas – e vestindo pela primeira vez no ano a camisa amarela de líder da temporada após a vitória em Bells Beach. E o surfista de Ubatuba já abriu a bateria na frente com uma nota 6 em uma direita intermediária.

Surfando de backside, Owen tirou um 5.93 em uma onda bem parecida com a do brasileiro, enquanto o Thomas conseguiu um 4,23 e um 2,67 para assumir a liderança em um momento de poucas ondas. Só que Owen tirou um 3,70 e passou o compatriota, com 9,63 no placar, a 8 minutos do fim da bateria.

Filipinho só pegou sua segunda onda faltando 4 minutos para a sirene tocar. Ele abriu acertando uma bela rasgada, seguida de um cutback e uma batida na junção: nota 7. Com 13 pontos no total, o brasileiro assegurou o primeiro lugar da bateria e avançou direto para o terceiro round, com Owen em segundo.

Italo vence; Jadson cai para a repescagem

Em situações opostas no ranking, Italo e Jadson vieram na bateria seguinte com o americano Jake Marshall. Na 28ª posição do ranking, Jadson estreou em Margaret com a pressão de ter que avançar para subir pelo menos 6 posições para se manter na segunda metade da temporada, enquanto Italo, número 7 do mundo, segue em busca de um lugar entre os 5 melhores que vão disputar o título na WSL Finals.

Leia mais:  Atacante Richarlison da Seleção Brasileira acompanha treino do Nova Venécia

E foi o campeão olímpico quem começou a bateria acelerando e conseguindo rápido um 6,67 e um 4,50 para assumir a liderança. Só que Jake tirou um 7,83 e um 5,43 e pulou para primeiro, enquanto Jadson não conseguia se encontrar na bateria. Com uma sequência de duas batidas e uma rasgada de backside, Italo tirou um 7,50 e voltou para primeiro.

Com apenas 6,17 na soma de suas ondas, Jadson acabou ficando em terceiro e agora vai ter que passar pelas repescagens para manter viva a chance de se classificar entre os 22 sufistas que vão seguir na temporada, após corte da etapa de Margaret.

Confira os resultados da 1ª fase:

1: Callum Robson (AUS) 12,17 x Samuel Pupo (BRA) 9,83 x Imaikalani deVault (HAV) 10,00
2: Barron Mamiya (HAV) 10,77 x Jackson Baker (AUS) 12,03 x Matthew McGillvray (AFS) 10,17
3: Kelly Slater (EUA) 9,20 x Ezekiel Lau (HAV) 15,00 x Ryan Callinan (AUS) 13,37
4: John John Florence (HAV) 15,60 x Lucca Mesinas (PER) 8,93 x Jacob Willcox (AUS) 8,44
5: Kanoa Igarashi (JPN) 13,10 x Conner Coffin (EUA) 8,50 x Ben Spence (AUS) 7,70
6: Filipe Toledo (BRA) 13,00 x Owen Wright (AUS) 9,63 x Jack Thomas (AUS) 6,90
7: Italo Ferreira (BRA) 14,17 x Jake Marshall (EUA) 13,26 x Jadson Andre (BRA) 6,17
8: Ethan Ewing (AUS) 13,70 x Nat Young (USA) 10.90 x Deivid Silva (BRA) 7,63
9: Caio Ibelli (BRA) 9,24 x Connor O’Leary (AUS) 13,80 x Morgan Cibilic (AUS) 12,90
10: Miguel Pupo (BRA) 6,27 x Kolohe Andino (EUA) 11,87 x Joao Chianca (BRA) 12,43
11: Seth Moniz (HAV) 6,50 x Jordy Smith (AFS) 11,17 x Leonardo Fioravanti (ITA) 11,33
12: Griffin Colapinto (EUA) 14,07 x Jack Robinson (AUS) 11,47 x Frederico Morais (PRT) 11,43

publicidade

Camisa 10

Estádio na Barra: Flamengo e Prefeitura avançam em negociação

Publicado

O Flamengo avançou mais uma casa na procura de um espaço para construir seu estádio próprio. Com o objetivo de conseguir a liberação de uma área na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, o presidente Rodolfo Landim se encontrou com o prefeito carioca Eduardo Paes no último domingo (03). Na conversa, o dirigente rubro-negro, que estava acompanhado do CEO Reinaldo Belotti, apresentou os projetos de terrenos que estão na mira do Mais Querido e recebeu o apoio de Paes.

Eduardo Paes se comprometeu em colaborar com o Flamengo e verificar a disponibilidade dos locais selecionados. O principal foco do Mengo é o Parque Olímpico, porém, por ser privado, seu uso requer a liberação das cinco entidades que o controlam, sendo elas: Governo Federal, Prefeitura do Rio, Concessionária Rio Mais, Comitê Olímpico do Brasil (COB) e a empresa GL Events. A concessionária, dona do terreno, já expressou publicamente sua vontade de liberar o espaço, o que pode facilitar os trâmites. O plano de Landim é construir o estádio na área em que estava localizado o parque aquático, e hoje está vazia.

Leia mais:  Sesport publica portaria de regulamenta procedimentos para cadastro de projetos da Lei de Incentivo ao Esporte

O plano rubro-negro não incluiria o Parque Aquático Maria Lenk e a Jeunesse Arena, por serem construções mais distantes da área planejada. O Flamengo ainda estuda outras possibilidades para o projeto, todas localizadas nas redondezas da Zona Oeste, como o terreno do extinto Parque Terra Encantada. O local também é privado, pertence ao grupo mobiliário Cyrela, e já foi descartado em 2017 pelos altos valores pedidos na negociação da época.

O desejo do estádio próprio segue cada vez mais em alta no Mengo, em especial em meio as discussões sobre a concessão definitiva do Maracanã. Na última semana, após uma briga na Justiça, o Vasco ganhou o direito de usar o estádio a revelia de Flamengo e Fluminense, os atuais donos da licença.

Continue lendo

Camisa 10

Cebolinha participa do primeiro treino com o elenco do Mengão

Publicado

O Flamengo iniciou a preparação nesta segunda-feira (04), com foco na partida contra o Tolima (COL), pelo duelo de volta das oitavas de final da Libertadores. Durante a atividade, o técnico Dorival Júnior teve uma grande novidade: a presença do atacante Everton Cebolinha, ex-Benfica (POR), que foi contratado no início do mês de junho. O Rubro-Negro, como de costume, divulgou as primeiras imagens do jogador treinando com o grupo rubro-negro.

Apesar da presença de Everton Cebolinha no treinamento desta segunda-feira (04), o atacante não estará à disposição do técnico Dorival Júnior para o confronto contra o Tolima (COL). O jogador só poderá ser relacionado pelo Flamengo depois do dia 18 de julho, quando abre a janela de transferência internacional. Antes disso, o atleta ficará no CT Ninho do Urubu se preparando fisicamente.

Sem Everton Cebolinha, o Flamengo intensifica a preparação e o treinador Dorival Júnior ganhou retornos importantes. O jovem João Gomes já cumpriu suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo e existe a expectativa de que o volante Willian Arão teste negativo para Covid-19. Além do mais, Rodrigo Caio, que estava com uma tendinite no joelho, se recuperou fisicamente e treinou normalmente com o grupo.

Leia mais:  Copa do Brasil: veja os confrontos das oitavas de final definidos em sorteio

Como mencionado, o confronto entre Flamengo x Tolima será realizada no Maracanã, nesta quarta-feira (06), a partir das 21h30 (horário de Brasília). A partida é válida pelas oitavas de final da Libertadores da América, e terá exibição da ESPN, na TV fechada. Contudo, como de costume, o Coluna do Fla traz a transmissão mais rubro-negra da internet, via YouTube.

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana