conecte-se conosco


Moda e Beleza

Noivas deslumbrantes que dispensaram os vestidos brancos

Publicado

Ou até mesmo qualquer vestido para seus casamentos

Se toda tradição pode esconder sentidos originais questionáveis ou serem usadas para repressões diversas, com o passar do tempo tais tradições podem e devem ser subvertidas, ganhar novos sentidos, ou simplesmente ser transformadas ou mesmo abandonadas: ao gosto do freguês, certas tradições podem ser mantidas ou repensadas com o significado, o formato, a estética ou a roupagem que quisermos. No caso dos vestidos de noiva, a mudança de roupagem pode ser literal – e é cada vez mais comum não só a mudança na cor da indumentária de um casamento, como também na própria peça, e cada vez mais noivas decidem casar usando não somente vestidos coloridos, como simplesmente outras roupas que não vestidos. É ao redor desse tema que as fotos (e noivas) foram aqui reunidas – e aplaudidas.

Os primeiros registros oficiais de noivas em vestidos brancos vem do século XV, mas foi a rainha Vitória, da Inglaterra, em seu casamento com o Principe Alberto em 1840 que tornou a peça popular por todo o ocidente, criando assim tal tradição – a relação com pureza ou virgindade na cor da roupa da noiva não existia em sua origem. Curiosamente, até a Idade Média era recomendado que as noivas vestissem peças coloridas, representando culturas mas principalmente suntuosidade e riqueza, e mesmo até meados do século XX o branco do vestido era adornado por detalhes e peças típicas do estilo de cada lugar ou época.

Na Escandinávia, por exemplo, o preto era cor recomendado para o casamento, e na França o branco era a cor do luto em tradições da realeza. Assim, noivas coloridas ou mesmo vestindo indumentárias diferentes de um vestido não deveriam escandalizar ninguém: o vestido branco é uma tradição recente e sem uma origem profunda: nada além do que a cor preferida da Rainha da Inglaterra cerca de 200 anos atrás.

Mas o fato é que pra muita gente tal tradição foi transformada em tabu – como tantas outras ligadas à instituição do casamento – e por isso uma noiva trajando cores fortes ou mesmo se casando de calças, por exemplo, ainda provoca reações. Por isso reunimos aqui uma série de exemplos de noivas que decidiram ousar e foram além do vestido branco com felicidade e beleza, a partir de reportagem publicada no site Tudo Interessante.

Felizmente tais reações são cada vez mais positivas e em celebração: importante mesmo, afinal, é que as pessoas se casando estejam felizes, sentindo-se bonitas e bem-acompanhadas, seja qual for a roupa, o gênero das pessoas se casando, a religião sob a qual a cerimônia acontece, ou mesmo a ausência de religião. Para além do vestido e da tradição, importante mesmo é o amor.

Leia mais:  Franja lateral – Como usar, harmonizar, cortar em casa e inspirações
publicidade

Moda e Beleza

Beaded bags voltam a ser tendência

Publicado

Vintage e descolada, a beaded bag volta como tendência para o verão 2022. Com o charme “handmade”, a bolsa feita de miçangas é a cara dos dias mais quentes, sendo que cada modelo poder ter mais de mil contas

As beaded bags figuraram como queridinhas das celebridades internacionais em 2018 e agora, mais uma vez, elas retornam como tendência para o verão 2022. Basta dar uma olhada nas redes sociais e você dará de cara com as bolsas feitas de miçangas, que são a cara dos dias mais quentes. Produzida manualmente, cada beaded bag pode ter mais de mil contas.

Acessórios feitos a mão sempre trazem um charme para o look, uma vez que são delicados e ricos em detalhes. Além disso, uma peça artesanal nunca é exatamente igual a outra. Com as beaded bags não é diferente. Cada trama de miçangas tem uma personalidade própria, acrescendo na produção uma pegada vintage e descolada.

O modelo, que vem diretamente dos anos 70, é perfeito para composições para o dia, combinado com uma camiseta ou um shortinho. Porém, ele também é uma aposta para a noite.  As contas das beaded bags costumam ter uma maravilhosa captação de brilho e, dependendo da cor, podem ser extremamente glamourosas. 

Grandes grifes já estão super de olho nessa tendência, incluindo Chanel e Fendi. Porém, por causa da característica “handmade” do modelo, são as beaded bags autorais que estão ganhando a preferência dos apaixonados por moda. Temos como exemplo Susan Korn, designer e proprietária da marca novaiorquina Susan Alexandra, que se tornou conhecida justamente por suas beaded bags coloridas e divertidas. 

De acordo com Susan Korn, ela sente leveza e alegria quando olha para suas criações, principalmente quando se encontra no cotidiano intenso e caótico de Nova York. As peças da designer já conquistaram os corações de personalidades como a youtuber Emma Chamberlain e modelo Gigi Hadid. 

No Brasil, também temos quem nos represente quando o assunto é beaded bag. A Gla Acessórios foi uma pioneira quando o modelo se tornou febre, em 2018. Também produzem a bolsa marcas como NAEH & Co, VYK, Beads to Go e a BP Beaded Bags. 

Leia mais:  3 penteados para cabelos cacheados ou ondulados que você pode fazer sozinha em casa
Continue lendo

Moda e Beleza

Truque fashion, considerado ‘cientifico’, é usado por Kate Middleton

Publicado

A duquesa de Cambridge, Kate Middleton, é um simbolo de elegância. Seus looks sempre trazem aspectos de sofisticação e praticidade. Um dos seus métodos para conseguir essa artimanha é utilizar a paleta monocromática

Kate Middleton, a duquesa de Cambridge, conhecida por composições clássicas e atemporais, inspira mulheres de diversas idades. A duquesa sempre dá preferência para peças simples, mas que ao mesmo tempo, são elegantes na sua maneira de usar.

Para não errar nessas produções, Kate usa um truque infalível: composições monocromáticas. Essa sua marca registrada é determinada em um tipo de “uniforme”, na maioria das vezes formado por suéteres e calças da mesma cor, com casacos escuros, para dar uma “quebrada” no visual, afirmam alguns stylists ao jornal Daily Mail. 

Os mesmos profissionais da moda, em entrevista para o jornal, relatam que essa escolha “científica” das cores, feita pela Kate, cria um aspecto visual simples e elegante. “Kate é uma grande fã do styling monocromático, criando com frequência combos com suéteres e casacos na mesma matiz para assegurar que esteja sempre elegante”, afirma Hannah Eichler. “Comprar roupas na mesma ‘família’ de cor é uma forma fácil de criar um guarda-roupa – suas peças vão sempre poder ser combinadas”, continua ela.

Hannah Eicher, também complementa que esse truque não é novo na família real. A própria rainha Elizabeth II também é conhecida por utilizar cores do mesmo grupo cromático.

Para você que quer aderir a essa abordagem monocromática, a consultora de estilo Juliana Marangoni em entrevista à CARAS Digital, revela maneiras de usar essa combinação sem cometer erros! De acordo com a consultora de moda, os looks monocromáticos podem ser usados em qualquer tipo de corpo e composto por diferentes tonalidades de cores.

“Uma dica bacana é usar a cor em várias tonalidades ao invés de um único tom, para não deixar o visual cansativo e muito sóbrio. Outra dica é investir nos acessórios em outras cores ou em texturas diferentes no look para ficar mais ousado e alegre”, afirma ela. “A combinação monocromática afina e alonga a silhueta por enxergar a pessoa numa linha única e não dividida em blocos de cores”, complementa Juliana.

Leia mais:  Sandália pescador: sugestões para aderir ao modelo hit do verão
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana